Mais outro real preto

Moderadores: palves, LMACHADO, numisiuris, crislaine, Jacinto Silva, Praça, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
AdrianoHS
Reinado D.Miguel
Mensagens: 317
Registado: segunda nov 26, 2018 4:47 am

Mais outro real preto

#1 Mensagem por AdrianoHS » sábado nov 02, 2019 4:46 pm

Boa tarde, amigos.

Apresento hoje este pequeno caco que ganhei. Curioso como conseguimos alguma moeda inédita no acervo e outras aparecem imediatamente do nada. Fazer o que? As aceitamos alegremente. :biglaugh:
Dimensão 24mm e peso 1,6g
Algum pormenor à mais para registro, agradeço.

Grande abraço à todos. :beer: :hallo:
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.



Avatar do Utilizador
Mmatos
Reinado D.Henrique
Mensagens: 988
Registado: segunda nov 08, 2004 4:35 pm
Localização: Lisboa/Caxias

Re: Outro real preto

#2 Mensagem por Mmatos » sábado nov 02, 2019 5:50 pm

AdrianoHS Escreveu:
sábado nov 02, 2019 4:46 pm
Boa tarde, amigos.

Apresento hoje este pequeno caco que ganhei.
...
Mas foi achada aí pelo Brasil ??? Um exemplar cunhado umas boas dezenas de anos antes de Pedro Álvares Cabral ter aportado a essas costas ?
Nada melhor do que usar a grande obra do Iúri para identificar correctamente o exemplar - http://www.forum-numismatica.com/viewto ... 9&t=124884

AdrianoHS
Reinado D.Miguel
Mensagens: 317
Registado: segunda nov 26, 2018 4:47 am

Re: Mais outro real preto

#3 Mensagem por AdrianoHS » sábado nov 02, 2019 6:21 pm

Mmatos Escreveu:
sábado nov 02, 2019 5:50 pm
AdrianoHS Escreveu:
sábado nov 02, 2019 4:46 pm
Boa tarde, amigos.

Apresento hoje este pequeno caco que ganhei.
...
Mas foi achada aí pelo Brasil ??? Um exemplar cunhado umas boas dezenas de anos antes de Pedro Álvares Cabral ter aportado a essas costas ?
Nada melhor do que usar a grande obra do Iúri para identificar correctamente o exemplar - http://www.forum-numismatica.com/viewto ... 9&t=124884
Olá, Matos.

Esta veio da Espanha, junto com umas outras moedas européias. Não veria motivos de existirem D. João I aqui, são de tempos muito recuados, de antes do Brasil ser relatado. Embora digam que Cabral apenas oficializou de direito algo que de fato era de conhecimento da coroa lusa já fazia algum tempo. Segredos de Estado, provavelmente. Moedas que tenho certeza que devam existir (de forma natural) por aqui são as D. Antônio, já cruzei com um "passarinho" e perdi a oportunidade. Vários apoiadores do Prior refugiaram-se aqui quando da derrota na Madeira. Ando lendo bastante sobre esse "êxodo". Mas creio que o teto máximo que tenho notícia foi um X reais D. João III, enterrado na Bahia. É ter paciência, algo aparece. Existem vários relatos fantasiosos de bandeiras e expedições que assinalam o encontro até de peças romanas além do fabuloso Eldorado, cito o famoso manuscrito 512 (divertido mas mais uma peça de marketing visando conseguir apoio da coroa para financiar novas expedições). Vai do espírito crer em ocupações ou contatos sólidos no território antes de D. Manuel, acho que se houve algo antes foi bem pontual, um naufrágio, um expurgo de motim de navios piratas ou não oficiais que transitaram pela costa.

http://www.scielo.br/scielo.php?script= ... 2000100008

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2221
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Mais outro real preto

#4 Mensagem por numisiuris » sábado nov 02, 2019 11:00 pm

Real preto, de arcos duplos, com cruz pátea a abrir a legenda e sem pontos na coroa. No Ag vem classificado como real de três e meia (1398—1407—8). Mas a verdade é que apareceu recentemente uma destas moedas com reverso de real branco, o que na minha opinião, fora outros argumentos, arrasta definitivamente estas moedas para o sistema posterior a 1415.

AdrianoHS
Reinado D.Miguel
Mensagens: 317
Registado: segunda nov 26, 2018 4:47 am

Re: Mais outro real preto

#5 Mensagem por AdrianoHS » sábado nov 02, 2019 11:20 pm

Olá, Iuri.

Estas linhas verticais que ladeiam o monograma à esquerda, sobrepõem os arcos do setor e interrompem o anel tem algum significado(fazem parte do cunho, não são marcas posteriores), pela sua descrição imaginei ser o que alega, mas não achei algo semelhante deste detalhe nem no AG nem em tua adorável obra (sim, está guardado já no tablet) passei a manhã lendo... parabéns, novamente.
Grato a classificação e abraços. :thumbs: :beer:

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2221
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Mais outro real preto

#6 Mensagem por numisiuris » domingo nov 03, 2019 1:03 am

Agradeço as palavras Adriano. Espero que o catálogo seja útil. Quanto às linhas, podem ser resultado de cunho rachado, ou até de corrosão. Nunca tinha visto uma coisa assim. É de lembrar também que muitas destas moedas poderão ser falsificações da época, muito difíceis de distinguir das originais. Acho que essa é uma ideia que acaba por transparecer. Naturalmente que as falsificações incidirão sempre mais nas moedas de menor valia. As mais fáceis de introduzir no mercado.

AdrianoHS
Reinado D.Miguel
Mensagens: 317
Registado: segunda nov 26, 2018 4:47 am

Re: Mais outro real preto

#7 Mensagem por AdrianoHS » domingo nov 03, 2019 1:16 am

Grato Iuri, a explicação.

As linhas são relevos análogos aos elementos remanescentes do próprio cunho, definitivamente integram a mesma batida, deixo como cunho rachado por crer ser plausível. Se falsificada, novamente sem sentido a situação, veio de brinde num lote. Sendo o caso moderna, gosto desse aspecto altruísta e franciscano dos falsificadores estrangeiros, os daqui não tem piedade. Sendo falsa de época, tanto melhor, a escolhi pelo período, vale a presença. :jumpgreen: :beer: :hallo:

Avatar do Utilizador
José Gomes
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2216
Registado: quinta jun 16, 2011 5:05 pm
Localização: Pernambuco, Brasil

Re: Mais outro real preto

#8 Mensagem por José Gomes » domingo nov 03, 2019 1:02 pm

AdrianoHS Escreveu:
sábado nov 02, 2019 6:21 pm
Mmatos Escreveu:
sábado nov 02, 2019 5:50 pm
AdrianoHS Escreveu:
sábado nov 02, 2019 4:46 pm
Boa tarde, amigos.

Apresento hoje este pequeno caco que ganhei.
...
Mas foi achada aí pelo Brasil ??? Um exemplar cunhado umas boas dezenas de anos antes de Pedro Álvares Cabral ter aportado a essas costas ?
Nada melhor do que usar a grande obra do Iúri para identificar correctamente o exemplar - http://www.forum-numismatica.com/viewto ... 9&t=124884
Olá, Matos.

Esta veio da Espanha, junto com umas outras moedas européias. Não veria motivos de existirem D. João I aqui, são de tempos muito recuados, de antes do Brasil ser relatado. Embora digam que Cabral apenas oficializou de direito algo que de fato era de conhecimento da coroa lusa já fazia algum tempo. Segredos de Estado, provavelmente. Moedas que tenho certeza que devam existir (de forma natural) por aqui são as D. Antônio, já cruzei com um "passarinho" e perdi a oportunidade. Vários apoiadores do Prior refugiaram-se aqui quando da derrota na Madeira. Ando lendo bastante sobre esse "êxodo". Mas creio que o teto máximo que tenho notícia foi um X reais D. João III, enterrado na Bahia. É ter paciência, algo aparece. Existem vários relatos fantasiosos de bandeiras e expedições que assinalam o encontro até de peças romanas além do fabuloso Eldorado, cito o famoso manuscrito 512 (divertido mas mais uma peça de marketing visando conseguir apoio da coroa para financiar novas expedições). Vai do espírito crer em ocupações ou contatos sólidos no território antes de D. Manuel, acho que se houve algo antes foi bem pontual, um naufrágio, um expurgo de motim de navios piratas ou não oficiais que transitaram pela costa.

http://www.scielo.br/scielo.php?script= ... 2000100008
Olá, saudações a todos.

Permitam-me entrar na conversa.

Muito interessante a origem da sua moeda, que veio da Espanha. Será que não valeria a pena deixar essa moedinha num banho de WD40? Aparentemente ela tem muita coisa a revelar.

Certa vez, apresentei uma dessas aqui: http://www.forum-numismatica.com/viewto ... 9&t=121413

A minha, foi encontrada nas proximidades de Porto Calvo, Alagoas. Como chegou por aqui? Só Deus sabe.

Há uns bons 20 anos, numa localidade da mata sul de Pernambuco, um lugar muito histórico chamado Camela, foi encontrado, por um agricultor, um Português de ouro, uma moeda enorme. Conheci pessoalmente a pessoa que a comprou, mas, já não está entre nós.

Coisas da nossa numismática local, que poucos sabem.

Vez ou outra aparecem coisas assim, por aqui.

AdrianoHS
Reinado D.Miguel
Mensagens: 317
Registado: segunda nov 26, 2018 4:47 am

Re: Mais outro real preto

#9 Mensagem por AdrianoHS » domingo nov 03, 2019 2:17 pm

Olá, José.

Passa, então, a ser a mais antiga que tenho notícias encontrada aqui. Tenho uma D. Sebastião encontrada na Colômbia. Vá saber suas aventuras. Ou, ainda, minha pratinha luccense, que muito perto estou de descobrir quem a trouxe em seu tempo e parar em Goiás. Sei que em Portugal muitos desses pequenos presentes que encontramos com tanto esforço parecem estar disponíveis em toda esquina lá. Mas achá-las aqui, enterradas ou perdidas nas Américas, acho fantástico e especial, ainda que na forma de uma chapinha de metal corroída. Parabéns pelo achado, José.

Avatar do Utilizador
José Gomes
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2216
Registado: quinta jun 16, 2011 5:05 pm
Localização: Pernambuco, Brasil

Re: Mais outro real preto

#10 Mensagem por José Gomes » domingo nov 03, 2019 5:38 pm

AdrianoHS Escreveu:
domingo nov 03, 2019 2:17 pm
Olá, José.

Passa, então, a ser a mais antiga que tenho notícias encontrada aqui. Tenho uma D. Sebastião encontrada na Colômbia. Vá saber suas aventuras. Ou, ainda, minha pratinha luccense, que muito perto estou de descobrir quem a trouxe em seu tempo e parar em Goiás. Sei que em Portugal muitos desses pequenos presentes que encontramos com tanto esforço parecem estar disponíveis em toda esquina lá. Mas achá-las aqui, enterradas ou perdidas nas Américas, acho fantástico e especial, ainda que na forma de uma chapinha de metal corroída. Parabéns pelo achado, José.
Penso que nós dois estamos de parabéns, não importa como a moeda chegou (sim, importa, isso é apenas força de expressão), o que importa é que a partir de agora cada moedinha dessas, inclusive a sua que carinhosamente vc chama de caquinho, vai ter uma existência digna e bem protegida numa coleção, e com certeza já escapou da morte e do esquecimento. E, isso é o que nos torna humanos. Quando paramos para apreciar um trabalho de arte de alguém do passado (sim, uma moeda é sempre uma obra de arte, concorda?), que projetou uma moeda, preparou o cunho e a emitiu numa forja, na força dos golpes pesados de um malho, estamos olhando para o passado e vendo... pessoas, histórias, projetos de vida e sonhos. O mesmo que ocorre hoje com todos nós.

Continue colecionando e pesquisando, vale a pena, mesmo!

Gomes.

Responder

Voltar para “2ª Dinastia”