600 reis,Foi moeda,foi medalha e ainda é reproduzida

Discussões sobre numismática que não se enquadrem nos restantes forums
Avatar do Utilizador
carlos47
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4489
Registado: terça jul 26, 2011 2:04 pm
Localização: olhão
Contacto:

Re: 600 reis,Foi moeda,foi medalha e ainda é reproduzida

Mensagempor carlos47 » quarta fev 17, 2016 10:05 am

ajudem-me lá a acompanhar vosso raciocinio,porque eu não consigo seguir
em que bases se apoiam para atribuir (ou equacionar) uma cunhagem a martelo para a conceição?
isto já é debatido há muito e ainda não li nada que fosse no vosso sentido

quando diz que ,cito: A produção: Até cerca de 1678 era utilizado o sistema manual do martelo que consistia no seguinte: num cunho fixo, sobre o qual se colocava o disco monetário, o moedeiro encostava, seguro por uma das mãos, o cunho móvel que, por sua vez, recebia uma pancada do martelo, empunhado pela outra mão.

ou ainda:Temos que entender que a moeda original foi batida a martelo, e nenhuma dessas das imagens o parece ter sido, será assim ?

até parece que estamos falando de coisas diferentes ( o tópico é sobre a conceição)
no alberto gomes há alguma referencia a tal possibilidade?
qual o fundamento para essas afirmações?
se não colocam nada que apoie o que suspeitam, não ajudam nada, só lança confusão e torna este tópico inútil e até nocivo
...................................................................................................

Mensagempor MCarvalho » 20 Abr 2006, 03:31

Além disso, temos as Conceições de D. João IV que foram cunhadas mecanicamente quando tudo ainda era "martelado", mas isso não implica nenhuma sobreposição de conceitos.
MCarvalho
MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques

Mensagens: 7363
Registado: 05 Nov 2004, 22:55
........................................................................................................
Topo
Mensagempor Laulo » 21 Jun 2006, 21:58

A propósito do Mário se referir à cunhagem da moeda " Conceição" anterior ao início do Balancé por D. Pedro II, achei por bem colocar este texto para comprovar que anteriormente já se tinha cunhado moeda por outra técnica que não o martelo.

"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

A "Conceição" moeda de ouro de 12.000 reis que el-Rei D. João IV mandou lavrar e também lavrada em prata valendo 600 reis , esta com o mesmo cunho mas de diâmetro maior que a de ouro e maior que os cruzados novos. A origem para que esta moeda fosse cunhada foi que D. João IV fez tributo , o Reino de Portugal à Conceição da Senhora, em cinquenta cruzados de ouro cada ano aplicados para a sua Real Capela de Vila Viçosa, jurando e tomando neste Mistério a Senhora por Protectora do Reino em Cortes no ano de 1646. Tratou logo de pagar o tributo em moeda especial, e para isso mandou abrir a França, um cunho da forma que temos dito, o qual trouxe e fez António Ruiter, a quem se deu tres mil reis, que dispendeu com a abertura do ferro, como consta do livro I , do Registo da Casa da Moeda pág 256. vers, donde inserimos que o primeiro ano em que El-Rei fez a sobredita oferta seria no ano de 1648, por ser este ano que se vê expresso na sobredita moeda, a qual desde o ano de 1651 principiou a fazer moeda corrente pela lei, que saíu para isso. E sem embargo de que no tom. 4 da História Genealógica da Casa Real, pag 187, se diga que umas e outras moedas corriam com peso de uma onça, foi equivocação, porque da mesma lei, que vem no dito tomo a página 359, se vê que as de ouro corriam com peso de 12 oitavas e valiam por 12000 reis e as de prata com peso de uma onça e corriam poor seis tostões : e peso de 12 oitavas e onça e meia.
.....................................................

aqui foi retirado parte da mensagem, e faltam mensagens
Última edição por carlos47 em sábado fev 20, 2016 12:06 am, editado 1 vez no total.

Avatar do Utilizador
carlos47
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4489
Registado: terça jul 26, 2011 2:04 pm
Localização: olhão
Contacto:

Re: 600 reis,Foi moeda,foi medalha e ainda é reproduzida

Mensagempor carlos47 » quarta fev 17, 2016 12:59 pm

recomendo que quando se faça copia de uma passagem, se identifique qual o texto de onde foi retirado,para não misturar na mesma mensagem passagens relativas a uma medalha falsa,com a moeda ou com medalha legitima
acabando por fazer uma salada incompreensivel,e induzir em erro


esperava comentarios ou informações sobre a posterior produção de medalhas mais ou menos oficiais,
explicações sobre a legalidade de serem produzidas cópias fieis da moeda original
pensava que haveria interesse nisso

parece que não :think:

até concordo que se abra um tópico sobre os moedeiros,e suas funções (interessante) mas não vejo o interesse neste tópico

aqui mais uma vez faltam mensagens
Última edição por carlos47 em sábado fev 20, 2016 12:07 am, editado 1 vez no total.

Avatar do Utilizador
EngTrig
Reinado D.Manuel II
Mensagens: 90
Registado: sexta mar 29, 2013 12:11 pm
Localização: Lisboa, Portugal
Contacto:

Re: 600 reis,Foi moeda,foi medalha e ainda é reproduzida

Mensagempor EngTrig » quarta fev 17, 2016 7:12 pm

Boa noite,
Vou intervir neste tópico tentando ser o mais conciso e directo possível, pedindo aos interessados que, caso estejam mesmo interessados na "Conceição, como Moeda, Medalha e Venera", encomendem a minha monografia com o mesmo título, editada em 2015 e da qual fiz imprimir 100 exemplares, ofereci 50, vendi 46 e ainda tenho 4 restantes, que terei todo o gosto em numerar e assinar para quem assim o deseje receber em sua casa pelo correio (custo: 10 euros, portes incluídos)

1. A Conceição foi cunhada por balancé de parafuso, adquirido em França, que chegou a Lisboa em 1649.
2. O cunho da Senhora foi gravado em França. O cunho das Armas deve ter sido gravado em Lisboa? (não há provas disso)
3. Tal como hoje ainda acontece com as mais modernas máquinas de cunhar, cada balancé tinha as suas limitações, só podia cunhar moedas /medalhas de X mm a Y mm de módulo, existindo balancés pequenos, médios e grandes.
4. Não há notícia de que o balancé adquirido em França em 1648 e chegado a Lisboa em 1649, tenha sido utilizado para cunhar outros tipos de moedas de D. João IV e dos seus sucessores. Se quisermos ser lógicos, eu diria que "eles", os moedeiros desse tempo, devem tê-lo tentado, não se ia desperdiçar essa oportunidade de ter há mão um equipamento moderno. No entanto, e tal como aconteceu em 1835-36, com os balancés de Boulton (também eles de parafuso, mas agora movidos a vapor), havia necessidade de fazer cunhos e contra-cunhos especialmente adoptados à nova máquina. E tal como aconteceu em 1835-36, em Portugal não havia gravadores habilitados para tal, razão porque em 1650-1677 nada mais fizeram, e em 1835-36 tiveram que encomendar esses cunhos na Casa da Moeda da Grã-Bretanha, gravados que foram pelo seu gravador-chefe, o famoso William Wyon (o WW das moedas decimais de D. Maria II)
5. A Conceição continuou a ser cunhada desde 1650 até 1685 (como explico na minha monografia). Fizeram-se novos cunhos de Armas em nome de D. Pedro II e novo cunho da Senhora, aberto pelo gravador português Roque Francisco (desde 1681)
6. No reinado de D. João V, muito provávelmente cerca de 1717, fizeram-se novos cunhos de Armas em nome de D. João IV, que desde então aparecem com a representação do esmalte vermelho da bordadura dos castelos (riscados horizontalmente).
7. Toda essa história está publicada na monografia, com fotografias a cores.

Quem desejar encomendar esse trabalho, até que esgote, poderá fazê-lo para o meu e-mail: editor@estudosdenumismatica.org

Espero ter contribuído para este tema.
Cumprimentos,
A Trigueiros

Avatar do Utilizador
Jorge Silva
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 9025
Registado: terça mai 09, 2006 5:57 pm
Localização: Moita

Re: 600 reis,Foi moeda,foi medalha e ainda é reproduzida

Mensagempor Jorge Silva » quarta fev 17, 2016 7:24 pm

Caro Eng. Trigueiros mais uma vez o fórum agradece a sua disponibilidade e paciência, para nos aturar, obrigado.
Cumprimentos

Jorge Silva

" A medalha deve ser acarinhada como uma arte nobre da escultura ".

https://betaleiloes.net/os_meus_leiloes.php

Avatar do Utilizador
carlos47
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4489
Registado: terça jul 26, 2011 2:04 pm
Localização: olhão
Contacto:

Re: 600 reis,Foi moeda,foi medalha e ainda é reproduzida

Mensagempor carlos47 » quarta fev 17, 2016 7:35 pm

já me tinha ocorrido que devia ser pela dificuldade em fazer os cunhos,visto que o cunho da conceição tinha ele sido feito em frança,
andando bisbilhotando na net acabei descobrindo que afinal houve uma outra moeda de cunhagem mecânica em portugal,e que terá sido a primeira
o engenhoso uma moeda de ouro do reinado de D.Sebastião,o nome deve-se a um engenho inventado por João Gonçalves, que cunhou moeda para o reino entre 1562 e 1566

a situação do país nessa época também não era propicia a grandes desenvolvimentos, o país estava em conflito armado e politico com espanha de 1640 até 1668 data do tratado de paz

mais uma vez obrigado pela intervenção,vou pedir então um exemplar
só falta saber como são feitas as copias perfeitas dessas moedas,porque razão não lhes é exigido dimensões diferentes ,ou ao menos inscrições bem visíveis mostrando que são réplicas

soga80
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1746
Registado: sábado dez 20, 2014 6:31 pm
Localização: Leiria

Re: 600 reis,Foi moeda,foi medalha e ainda é reproduzida

Mensagempor soga80 » quarta fev 17, 2016 10:54 pm

Obrigado

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Pedro II
Mensagens: 645
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: 600 reis,Foi moeda,foi medalha e ainda é reproduzida

Mensagempor silvio2 » sexta fev 26, 2016 1:29 pm

https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnxtb2VkYW1hbmlhfGd4OjUxM2ZhNTQzZTM0NTY0NmQ

Obrigado, Sr. Eng. A.Trigueiros, por esta e por todas as outras Obras suas, em prol da Numismática.
Bem Haja!
Cumprimentos,
Sílvio Silva


Voltar para “Numismática em geral”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 4 visitantes