Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Discussões sobre numismática que não se enquadrem nos restantes forums

Moderador: Moderador de Honra

jdickson
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2731
Registado: domingo dez 12, 2010 10:27 pm

Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor jdickson » sábado jul 29, 2017 2:59 pm

Gostaria de perguntar aos que utilizam alvéolos autocolantes, se têm o mesmo problema que eu:
-TODAS as minha moedas guardadas por períodos relativamente longos (> 1 ano, sendo o efeito proporcional ao tempo de guarda), apresentam uma redução acentuada do brilho de cunhagem. Esta redução é BRUTAL no caso das moedas proof, ao ponto da superfície espelhada deixar de o ser.
-Para que não fique qualquer dúvida sobre este problema, isto acontece em TODAS as moedas, o que eu consigo percepcionar bem, porque em relação a moedas modernas, só coleciono moedas soberbas com brilho de cunhagem. São muitas centenas (não as conto) de moedas em geral e algumas centenas de moedas proof.
-Percebi que o que provoca esta redução do brilho de cunhagem é a presença de uma espécie de película que se espalha de forma não completamente uniforme em fases iniciais, passando depois a homogénea, suponho que pela continuada deposição.
-Esta película sai se se esfregar com alguma persistência, com um pano suave, mas isto gerou danos visíveis nalgumas pratas proof, pois ficaram alguns microriscos no campo espelhado, para além de que é muito difícil remover o que fica imediatamente junto aos relevos.
-O Marpal (que pode ser utilizado com cuidado, mas sem qualquer problema nas moedas proof de prata e cuproníquel), não faz NADA a esta película
-A referida película sai INTEGRALMENTE ao mergulhar a moeda em acetona pura, sendo a remoção mais rápida se se passar com uma cotonete de algodão.

Algumas outras observações:

-Face a este tipo de resultado tão evidente, fiquei/fico estupefacto por isto nunca ter sido descrito (que eu saiba); no entanto, ao expressar este problema de passagem, em resposta a um outro tópico, houve um forista que me contactou referindo exactamente o mesmo problema que eu. Tal e qual o mesmo problema que eu, nas mesmas circunstâncias (alveolos autocolantes Leuchtturm).
-Eu só utilizava alvéolos autocolantes da Leuchtturm, pelo que assumi que o problema residia nesta marca; não sabia, porém, se o problema estaria no plástico trasnparente, ou na cola.
-Tenho vindo lentamente a passar TODAS as moedas em alvéolos, por acetona e depois a colocá-las em alvéolos autocolantes da Hertberger. O resultado IMEDIATO é muito positivo, pois o plástico transparente da Leuchtturm provoca um efeito óptico de atenuar imediatamente o brilho de cunhagem (o que, no caso concreto, nada provava), pelo que a substituição por outra marca, com outro plástico, tem logo um efeito visual positivo. Relembro que estas diferenças são muito mais evidentes em moedas proof.
-A médio prazo (6 meses), o efeito parecia estável, com o brilho de cunhagem a manter-se. Mas ontem, para meu desespero, constatei que as primeiras moedas de prata proof que eu mudei de alvéolos, estão a ficar sem brilho no campo espelhado, num processo muito parecido com o que me aconteceu com os Leuchtturm (embora com pequenas diferenças, pois a tal "película" parece ser mais fina, como um ligeiro "embaciado", que sai com mais facilidade com a passagem suave do pano)
Existe, aparentemente, outra diferença: é que muitas (a maioria) outras moedas aparentam estar impecáveis; no entanto, receio que se trate apenas de uma questão de...tempo.

Acrescento que:
-As moedas que guardo em cápsulas estão absolutamente impecáveis, sem a mais pequena deterioração. Este facto é importante para excluir que o problema esteja no local onde vivo ou num teor de humidade muito elevado na sala, por exemplo.
-Por outro lado, não encontro nenhum factor diferenciador, como por exemplo, a época do ano em que coloquei as moedas nos alvéolos (por causa da tal questão da humidade, que poderia ficar eventualmente "capturada" em alvéolos estanques).

O que concluo: o problema estará na cola?!
É importante que tenhamos a noção de que, em moedas de elevada espessura, como as comemorativas de prata proof, a aderência de ambas as faces do alvéolo não é absoluta, ficando frequentemente a porção mais junto à moeda, a não aderir, por uma questão de efeito mecânico da própria moeda, que tende a afastar as faces do alvéolo. Nesta caso, fica uma superfície com cola exposta e os respectivos "vapores" em contacto com a superfície da moeda.
Mas, e as moedas cujos alvéolos estão perfeitamente aderentes? Não sei, mas, empiricamente, parece-me que estas sofreram menos com este processo.

O que decidi é que vou colocar agrafos à volta das moedas que, após terem sido colocadas em alvélolos Hertberger não mostram os problemas que referi (ainda?), por forma a forçar uma melhor aderência e vou tirar as moedas de prata proof que, em Hertberger, tornaram a mostrar a tal película, colocando-as em cápsulas, junto às "irmãs". Outras, nas mesmas circunstâncias (Herteberger e recidiva de problemas), irei submetê-las a novo teste e irei colocá-las em alvéolos de agrafar, de 2 tipos: Leuchtturm de agrafar e Hertberger autocolantes aos quais não retirar o papel que expõe a cola, utilizando-os apenas como se de agrafar se tratassem (não vou conseguir aceder a Herteberger de agrafar). Desta forma, irei, espero eu, perceber se o problema está na cola!

Finalmente, gostaria muito que os prezados foristas pudessem inspecionar as suas moedas e, caso tenham moedas soberbas colocadas há bastante tempo em alvéolos de colar (Leuchtturm ou Hertberger), removessem uma ou duas e passassem com um pano suave sobre o campo durante algum tempo, até sentir que o pano desliza sem problemas sobre a superfície da moeda e depois olhassem para o brilho de cunhagem. Atenção que não estou a falar de polimento!!!! Se tiverem o problema que refiro, a diferença entre o antes e o depois é abissal! E a moeda como que "regressa à vida". E não é necessário que usem moedas proof, têm é de ser moedas novas.
Irei tentar postar fotos que ilustram o que descrevo, amanhã.

Monge
Reinado D.Manuel I
Mensagens: 1148
Registado: quinta abr 26, 2012 10:59 pm

Re: Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor Monge » sábado jul 29, 2017 6:15 pm

Já tive várias vezes esse desgosto, mais frequente com moedas da República.
Estas foram o desgosto maior pois estavam entre as mais antigas que tinha com o brilho original da cunhagem:
Imagem
E mais esta:
Imagem
Sobre a origem dos alvéolos pouco sei pois costumo comprá-los em vários sítios.

MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 7579
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Re: Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor MCarvalho » sábado jul 29, 2017 6:26 pm

Nas cápsulas de plástico tenho conseguido aguentar os brilhos de cunhagem. Mas são moedas mais recentes (D. Luís, D. Carlos e centavos).

O brilho dos cobres e bronzes é um problema...
MCarvalho

Monge
Reinado D.Manuel I
Mensagens: 1148
Registado: quinta abr 26, 2012 10:59 pm

Re: Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor Monge » sábado jul 29, 2017 6:31 pm

Estou como o Jorge: DESGOSTOSO.
As moedas aguentaram o brilho original durante mais de 200 anos, muito provavelmente guardadas com pouco cuidado.
Depois de chegarem às nossas mãos, onde era suposto serem mais acarinhadas, perderam o seu brilho.
O que fizemos mal?

Avatar do Utilizador
Mmatos
Reinado D.Pedro II
Mensagens: 645
Registado: segunda nov 08, 2004 4:35 pm
Localização: Lisboa/Caxias
Contacto:

Re: Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor Mmatos » sábado jul 29, 2017 8:13 pm

Vou dizer uma coisa que para muitos é uma blasfémia: nos anos 80 e 90 usava verniz banana muito diluído para os exemplares com brilho original e até hoje conservam-se impecáveis.

Avatar do Utilizador
Jorge Silva
Moderador
Mensagens: 9314
Registado: terça mai 09, 2006 5:57 pm
Localização: Moita

Re: Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor Jorge Silva » sábado jul 29, 2017 9:02 pm

Pois tem razão esse é um problema gravissimo, não vou adiantar muito ao que aqui já foi dito, mas também constato esse problema nas minhas moedas.
A falta de brilho e o verdete, são o factor principal, recordo que ainda há bem pouco tempo recebí umas moedas de cabo verde 1930 ainda com o brilho original, tenho algum receio se ele se irá manter, utilizo alveolos de agrafar porque acho (minha opinião) que são mais práticos, no caso de limpar se necessário a moeda, se são melhores ou piores que os outros ainda não cheguei a essa conclusão.
Quanto há guarda da moeda há quem utilize verniz diluido e há quem utilize micro cera, eu não utilizo nenhum desses produtos, já tenho utilizado é um óleo muito fino que aplico com uma cotonete, e faço inspecções periódicas a todas as moedas, actuo se achar conveniente.
Quanto ás outras moedas de acabamentos especiais, se algo acontecer, a moeda desvaloriza e nada a pode valer, estou a falar concretamente nos acabamentos Proof.
Também já fiz intervenções em moedas com esse acabamento, mas a limpeza por muito delicada que seja não dá hipótese, o seu estado de conservação é logo afectado, por vezes (quase sempre) é preferivel não mexer.
Cumprimentos

Jorge Silva

" A medalha deve ser acarinhada como uma arte nobre da escultura ".

https://betaleiloes.net/os_meus_leiloes.php

RuiFB
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2630
Registado: sábado nov 06, 2004 12:18 am

Re: Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor RuiFB » sábado jul 29, 2017 10:07 pm

Sempre usei alvéolos de agrafar dos mais baratos com película transpararente de celulose (acho) e as moedas que comecei a guardar em 1998 com brilho mantém-se iguais. Apenas uso desumidificador com carbonato de cálcio do AKI e um desumidificador eléctrico da Siemens.

Moedas com brilho não é o meu core, mas uma outra mais ou menos guardo em paninhos de linho como se fazia em 1950 (estopa não presta) e também estão bem, esta dica foi-me dada por um colecionador que já morreu e a quem comprei algumas moedas da primeira república novas que tinha apanhado à altura no banco, surpreendeu-me como tinha conseguido ao fim de 60 anos ainda manter o brilho.
Última edição por RuiFB em sábado jul 29, 2017 10:14 pm, editado 1 vez no total.

jdickson
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2731
Registado: domingo dez 12, 2010 10:27 pm

Re: Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor jdickson » sábado jul 29, 2017 10:12 pm

Mmatos Escreveu:Vou dizer uma coisa que para muitos é uma blasfémia: nos anos 80 e 90 usava verniz banana muito diluído para os exemplares com brilho original e até hoje conservam-se impecáveis.


Mas não é blasfémia nenhuma! Eu também fiz isso e consegui assim "salvar" muitas moedas! Mesmo recentemente, acabei por aplicar verniz em spray nalgumas moedas de cobre especiais e não estou nada arrependido. Pode-se remover com acetona em qualquer altura sem problema. E as que adquiro com verniz, se estiver bem aplicado, deixo estar.

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 14886
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Re: Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor doliveirarod » domingo jul 30, 2017 5:00 pm

As moedas aguentaram o brilho original durante mais de 200 anos, muito provavelmente guardadas com pouco cuidado.
Depois de chegarem às nossas mãos, onde era suposto serem mais acarinhadas, perderam o seu brilho.


Não perderam! O brilho está lá, só que não é visível por conta da pátina. O cobre é um metal que escurece de forma natural muito facilmente, se a peça não foi manipulada ou esfregada, o "fosco" da cunhagem sempre estará ali, embora de maneira mais ou menos visível, de acordo com a tonalidade que o metal adquire.
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 14886
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Re: Problema grave de conservação de moedas em alvéolos

Mensagempor doliveirarod » domingo jul 30, 2017 5:01 pm

Eu mesmo prefiro meus velho cobres com suas tonalidades escuras ou castanhas.
Já euros, realmente não são minha praia, nem cunhagem novas brilhantes...
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso


Voltar para “Numismática em geral”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes