Fórum Numismática

Lugar de convívio de colecionadores de moedas, notas e outros artigos
Data/Hora: terça set 18, 2018 5:16 pm

Hora UTC




Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 46 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2 3 4 5 Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: terça jul 31, 2018 7:36 pm 
Desligado
Reinado D.Sancho I

Registado: domingo dez 12, 2010 10:27 pm
Mensagens: 2979
fernanrei Escreveu:
Tenho a mesma sensação, os problemas só começaram depois da privatização :asdf: . É estranho porque não devia existir qualquer tipo de relação :think:

Como não?! Não se esqueça que, a partir da privatização, a lógica foi a de maximizar o lucro e não de prestar um bom serviço. O que se seguiu à privatização foi redução de pessoal e de postos e seria impossível o serviço não se ressentir. Aliás, o Estado deixou um conjunto de "regras mínimas" de qualidade de serviço, como tentativa de não deixar que a qualidade fosse por aí abaixo e têm acontecido penalizações todos os anos, por falta de cumprimento (penalizações essas que são ridículas, de tal forma são ligeiras, diga-se). :angry:


Topo
   
MensagemEnviado: terça jul 31, 2018 7:59 pm 
Desligado
Reinado D.Manuel II

Registado: segunda mar 06, 2017 3:30 pm
Mensagens: 57
Antes da privatização já a distribuição era feita por empresas à parte dos CTT e aí sim sentiu-se um serviço cada vez pior.
A privatização só veio piorar


Topo
   
MensagemEnviado: terça jul 31, 2018 8:02 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques

Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm
Mensagens: 7824
É exactamente o que tenho testemunhado desde a privatização.
O caso dos avisos de entrega sem sequer tocarem à campainha também tem acontecido, aliás, levou-me a apresentar uma reclamação precisamente sobre isso, porque a ideia que fica é que os carteiros já não saem com as encomendas, simplesmente deixam o aviso e destinatário que vá levantar a encomenda ao posto... ironicamente, essa dispensa de serviço não implicou nenhuma redução de custos, pelo contrário.
No meu caso tornou-se ainda mais maçador, porque fecharam o posto da minha área de residência, tenho que ir a um posto mais longe, improvisado/concessionado, no interior de uma papelaria, onde ninguém sabe o que anda a fazer... terrível. Isto em pleno centro do Porto, imagino noutros locais com menos facilidades. O posto que fechou era, na verdade, uma central de distribuição, com acessos desenhados para os camiões entrarem na garagem e subirem, sem incomodarem o trânsito... agora fazem-no noutro posto mais distante, em plena via de circulação (é na Rotunda da Boavista, imaginem!), congestionando tudo e todos.

_________________
MCarvalho


Topo
   
MensagemEnviado: quarta ago 01, 2018 12:37 pm 
Desligado
Reinado D.Sancho I
Avatar do Utilizador

Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm
Mensagens: 2416
jdickson Escreveu:
fernanrei Escreveu:
Tenho a mesma sensação, os problemas só começaram depois da privatização :asdf: . É estranho porque não devia existir qualquer tipo de relação :think:

Como não?! Não se esqueça que, a partir da privatização, a lógica foi a de maximizar o lucro e não de prestar um bom serviço. O que se seguiu à privatização foi redução de pessoal e de postos e seria impossível o serviço não se ressentir. Aliás, o Estado deixou um conjunto de "regras mínimas" de qualidade de serviço, como tentativa de não deixar que a qualidade fosse por aí abaixo e têm acontecido penalizações todos os anos, por falta de cumprimento (penalizações essas que são ridículas, de tal forma são ligeiras, diga-se). :angry:

O ilustre respondeu ao meu comentário sem perceber a latência das minhas palavras. Se puder, volte a ler o que escrevi e tente fazer outro tipo de interpretação. Tenho a certeza que irá compreender a minha ironia :green:

_________________
:D FMMRei :D


Topo
   
MensagemEnviado: quarta ago 01, 2018 4:34 pm 
Desligado
Reinado D.Sancho I

Registado: domingo dez 12, 2010 10:27 pm
Mensagens: 2979
fernanrei Escreveu:
jdickson Escreveu:
fernanrei Escreveu:
Tenho a mesma sensação, os problemas só começaram depois da privatização :asdf: . É estranho porque não devia existir qualquer tipo de relação :think:

Como não?! Não se esqueça que, a partir da privatização, a lógica foi a de maximizar o lucro e não de prestar um bom serviço. O que se seguiu à privatização foi redução de pessoal e de postos e seria impossível o serviço não se ressentir. Aliás, o Estado deixou um conjunto de "regras mínimas" de qualidade de serviço, como tentativa de não deixar que a qualidade fosse por aí abaixo e têm acontecido penalizações todos os anos, por falta de cumprimento (penalizações essas que são ridículas, de tal forma são ligeiras, diga-se). :angry:

O ilustre respondeu ao meu comentário sem perceber a latência das minhas palavras. Se puder, volte a ler o que escrevi e tente fazer outro tipo de interpretação. Tenho a certeza que irá compreender a minha ironia :green:

Se se tratava de ironia, então estamos de acordo sobre o essencial. Mas, não se esqueça que, para as afirmações serem interpretadas como ironia, tem de haver algumas pistas no texto ou até mesmo na pontuação ou nos "smiles" que forneçam essa indicação... :green:


Topo
   
MensagemEnviado: quarta ago 01, 2018 7:34 pm 
Desligado
Reinado D.Sancho I
Avatar do Utilizador

Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm
Mensagens: 2416
jdickson Escreveu:
fernanrei Escreveu:
jdickson Escreveu:
Como não?! Não se esqueça que, a partir da privatização, a lógica foi a de maximizar o lucro e não de prestar um bom serviço. O que se seguiu à privatização foi redução de pessoal e de postos e seria impossível o serviço não se ressentir. Aliás, o Estado deixou um conjunto de "regras mínimas" de qualidade de serviço, como tentativa de não deixar que a qualidade fosse por aí abaixo e têm acontecido penalizações todos os anos, por falta de cumprimento (penalizações essas que são ridículas, de tal forma são ligeiras, diga-se). :angry:

O ilustre respondeu ao meu comentário sem perceber a latência das minhas palavras. Se puder, volte a ler o que escrevi e tente fazer outro tipo de interpretação. Tenho a certeza que irá compreender a minha ironia :green:

Se se tratava de ironia, então estamos de acordo sobre o essencial. Mas, não se esqueça que, para as afirmações serem interpretadas como ironia, tem de haver algumas pistas no texto ou até mesmo na pontuação ou nos "smiles" que forneçam essa indicação... :green:

:angel: tem razão sim senhor :pt:

_________________
:D FMMRei :D


Topo
   
MensagemEnviado: terça ago 07, 2018 7:09 pm 
Desligado
Escudinho da II República
Avatar do Utilizador

Registado: terça jul 17, 2018 11:57 am
Mensagens: 12
MCarvalho Escreveu:
É exactamente o que tenho testemunhado desde a privatização.
O caso dos avisos de entrega sem sequer tocarem à campainha também tem acontecido, aliás, levou-me a apresentar uma reclamação precisamente sobre isso, porque a ideia que fica é que os carteiros já não saem com as encomendas, simplesmente deixam o aviso e destinatário que vá levantar a encomenda ao posto... ironicamente, essa dispensa de serviço não implicou nenhuma redução de custos, pelo contrário.
No meu caso tornou-se ainda mais maçador, porque fecharam o posto da minha área de residência, tenho que ir a um posto mais longe, improvisado/concessionado, no interior de uma papelaria, onde ninguém sabe o que anda a fazer... terrível. Isto em pleno centro do Porto, imagino noutros locais com menos facilidades. O posto que fechou era, na verdade, uma central de distribuição, com acessos desenhados para os camiões entrarem na garagem e subirem, sem incomodarem o trânsito... agora fazem-no noutro posto mais distante, em plena via de circulação (é na Rotunda da Boavista, imaginem!), congestionando tudo e todos.


Caro amigo, eu tive exatamente esse problema aqui em Almada, moro num 3º Andar sem elevador e todos os dias tocavam para lhes ser aberta a porta do prédio, mas quando tinham registos ou encomendas não tocavam para mim mas punham o postal a indicar que não tinha atendido! Andei com este tipo de tratamento durante mais de 6 mêses! Ora como sou inválido e não posso estar a ir aos Postos,apresentei queixa na provedoria dos CTT, o qual a resposta para o que quer que seja é que foi averiguado juntos dos carteiros e que se chegou á conclusão de que cumprem o serviço como esperado!...lol, mas o certo é que assim que a chefia destes carteiros os questionou sobre isto, apróximadamente ao fim de 1 semana de ter apresentado queixa, nunca mais tive o mesmo problema!! inclusive cheguei a ter carteiros aqui a porta a pedir-me para ligar para o chefe dele a dizer que ele me vinha entregar o que devia á porta!

Por isso o meu conselho é apresentem sempre queixa! Pois apesar das respostas oficiais serem totalmente disparatadas e desprovidas de lógica, na práctica acabamos por ter algum retorno positivo, pois já alguém dizia que quem tem cú tem medo!

_________________
"Especialista é alguém que lhe diz uma coisa simples, de maneira confusa, de tal forma a fazer você pensar que a confusão é culpa sua."

- Albert Einstein -


Topo
   
MensagemEnviado: quarta ago 08, 2018 12:41 pm 
Desligado
Reinado D.Sancho I

Registado: sábado dez 20, 2014 6:31 pm
Mensagens: 2865
Localização: Leiria
Draconicus Escreveu:
MCarvalho Escreveu:
É exactamente o que tenho testemunhado desde a privatização.
O caso dos avisos de entrega sem sequer tocarem à campainha também tem acontecido, aliás, levou-me a apresentar uma reclamação precisamente sobre isso, porque a ideia que fica é que os carteiros já não saem com as encomendas, simplesmente deixam o aviso e destinatário que vá levantar a encomenda ao posto... ironicamente, essa dispensa de serviço não implicou nenhuma redução de custos, pelo contrário.
No meu caso tornou-se ainda mais maçador, porque fecharam o posto da minha área de residência, tenho que ir a um posto mais longe, improvisado/concessionado, no interior de uma papelaria, onde ninguém sabe o que anda a fazer... terrível. Isto em pleno centro do Porto, imagino noutros locais com menos facilidades. O posto que fechou era, na verdade, uma central de distribuição, com acessos desenhados para os camiões entrarem na garagem e subirem, sem incomodarem o trânsito... agora fazem-no noutro posto mais distante, em plena via de circulação (é na Rotunda da Boavista, imaginem!), congestionando tudo e todos.


Caro amigo, eu tive exatamente esse problema aqui em Almada, moro num 3º Andar sem elevador e todos os dias tocavam para lhes ser aberta a porta do prédio, mas quando tinham registos ou encomendas não tocavam para mim mas punham o postal a indicar que não tinha atendido! Andei com este tipo de tratamento durante mais de 6 mêses! Ora como sou inválido e não posso estar a ir aos Postos,apresentei queixa na provedoria dos CTT, o qual a resposta para o que quer que seja é que foi averiguado juntos dos carteiros e que se chegou á conclusão de que cumprem o serviço como esperado!...lol, mas o certo é que assim que a chefia destes carteiros os questionou sobre isto, apróximadamente ao fim de 1 semana de ter apresentado queixa, nunca mais tive o mesmo problema!! inclusive cheguei a ter carteiros aqui a porta a pedir-me para ligar para o chefe dele a dizer que ele me vinha entregar o que devia á porta!

Por isso o meu conselho é apresentem sempre queixa! Pois apesar das respostas oficiais serem totalmente disparatadas e desprovidas de lógica, na práctica acabamos por ter algum retorno positivo, pois já alguém dizia que quem tem cú tem medo!

Exacto...


Topo
   
MensagemEnviado: quarta ago 15, 2018 1:27 pm 
Desligado
Reinado D.Sancho I
Avatar do Utilizador

Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm
Mensagens: 2416
Agradeço toda a atenção possível em relação aos dinheiros de D. Fernando à venda nas várias plataformas, já perdi a esperança de a reaver e resta-me esperar que algum dos ilustres a encontre por aí. :thumbupleft:

_________________
:D FMMRei :D


Topo
   
MensagemEnviado: quarta ago 15, 2018 1:50 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso VI
Avatar do Utilizador

Registado: sábado jan 28, 2006 10:17 am
Mensagens: 677
Localização: Amarante / Celorico de Basto
fernanrei Escreveu:
Agradeço toda a atenção possível em relação aos dinheiros de D. Fernando à venda nas várias plataformas, já perdi a esperança de a reaver e resta-me esperar que algum dos ilustres a encontre por aí. :thumbupleft:

O amargo momento da verdade;
como o percebo e como percebo o sentimento de esperança a que se agarrou,
- só quem passa pelo mesmo sabe o quanto esta situação é, digamos, desagradável.
Haja saúde que quanto ao resto tudo se remedeia.
Um abraço,


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 46 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2 3 4 5 Próximo

Hora UTC


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Google [Bot] e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal