Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

Discussões sobre numismática que não se enquadrem nos restantes forums

Moderador: Moderador de Honra

Mensagem
Autor
rodrigoleite
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5106
Registado: terça jul 21, 2009 12:55 am
Localização: Rio de Janeiro, Brasil

Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#1 Mensagem por rodrigoleite » sábado jun 04, 2011 1:30 pm

Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011.

Serve este post para se proceder à apresentação e posterior eleição das moedas do mês de Junho do corrente ano.

Para uma melhor visualização das moedas, solicita-se aos amigos foristas que evitem colocar outros posts, pelo menos até ao dia 21.

Regras:

1ª Os foristas interessados em concorrer à eleição da Moeda do Mês, só podem colocar uma moeda, de qualquer país e época por cada mês até ao dia 21 - 24:00h desse mês, a partir daqui o tópico é considerado encerrado passando à fase de eleição por todos os foristas que assim o entenderem, que terminará às 24 horas do último dia do mês.

2ª O número mínimo necessário para se realizar e eleição é de 9 (nove) moedas. Caso esse número não seja atingido no prazo estipulado, esse será alargado por mais 48 horas, ou seja até às 24 horas do dia 23.

3ª É obrigatória a colocação de imagens, pelo menos uma de cada lado da moeda.
Recomenda-se que as imagens tenham boa qualidade e sejam obtidas com a moeda liberta de qualquer embalagem.
É desejável incluir uma breve descrição da moeda; uma referência bibliográfica; um comentário histórico, ou outro, que possa enriquecer a candidatura.
Por exemplo:
Cinco Escudos de cupro-níquel de 1974.
Anverso: Republica Portuguesa 1974
Reverso: 5$00

4ª É permitida a colocação de um conjunto de moedas, desde que tenham uma relação entre si, tornando-se uma mais valia na apresentação.

5ª Cada forista concorrente não pode votar na sua própria moeda. Contudo se não participar na votação, terá uma penalização equivalente à média da pontuação obtida na sua moeda (exemplo: se recebeu 45 pontos de 9 foristas, será penalizado em 45 a dividir por 9, que serão 5 pontos).

6ª Os “juízes” além da sua pontuação, podem deixar um comentário, por exemplo: O motivo do seu voto.
Cada forista deverá pontuar 8 (oito) moedas, do seguinte modo:

10 Pontos
8 Pontos
6 Pontos
5 Pontos
4 Pontos
3 Pontos
2 Pontos
1 Ponto

Vencerá a moeda que reunir mais pontos à hora do fecho das votações(24 horas do último dia do mês do concurso).

Para facilitar a votação, será atribuído um número de ordem a cada moeda, pelo que irá ser publicada logo no dia 22 ou 24, uma lista com as moedas concorrentes.

7ª Em caso de empate pontual, será considerado vencedor aquele que tiver:

a) Mais pontuações de 10 pontos
b) Mais pontuações de 8 pontos
c) Mais pontuações de 6 pontos

8ª Os 3 primeiros classificados, passarão a figurar na galeria das moedas vencedoras, em tópico existente para esse efeito.

9ª As moedas expostas, não podem concorrer mais nenhuma vez durante esse ano, podendo concorrer no ano seguinte, excepto as 12 vencedoras dos anos anteriores.
As 12 primeiras (uma de cada mês) concorre à moeda do ano, em Janeiro do ano seguinte, em simultâneo com a desse mês, mas num post à parte.

Podem começar a colocar as vossas moedas. :thumbupleft:


Rodrigo Leite

Scientia nvmismatica ad omnivm gentivm.

rodrigoleite
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5106
Registado: terça jul 21, 2009 12:55 am
Localização: Rio de Janeiro, Brasil

Re: Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#2 Mensagem por rodrigoleite » domingo jun 05, 2011 3:57 am

Mais uma da série das moedas do Padrão-Prata do Panamá.

Já apresentei ao fórum as moedas de 1 Centésimo e a de 10 Centésimos, agora vai a de 1 Balboa, a maior da série, e da data de 1947, a mais comum desse valor. Essa está S/FC. Essa aquisição deu-me muita alegria!

Imagem

Panamá
1 Balboa
KM#13
1947
Prata .900 / 26.73 gr.
Ø 37 mm
Emissão: 500.000


Já contei a história dessa moeda em outro post. Mas vale sempre a pena repeti-la:
rodrigoleite Escreveu:O Padrão Balboa

O Balboa é a moeda oficial do Panamá. Seu código ISO 4217 é PAB.
Denominada em homenagem ao conquistador espanhol Vasco Núñez de Balboa, o balboa é ancorado ao dólar estadunidense (que tem curso legal no Panamá) que é acoplado ao Dólar desde 1903, por isso balboas podem ser trocados por dólares no Panamá em qualquer momento a taxa de 1:1.
O balboa está dividido em 100 centésimos; as moedas modernas de 1, 5, 10, 25, e 50 centésimos têm o mesmo peso, dimensões e composição metálica das moedas estadunidenses de penny, nickel, dime, quarter e meio dólar respectivamente. O Banco Nacional do Panamá, em certas ocasiões, coloca moedas de 1 balboa em circulação, que têm as mesmas dimensões do dolar Eisenhower. As notas panamenhas em balboas não são impressas, só o foram por breve período em 1941, e não estão em circulação: para notas ou papel-moeda, o Panamá usa o dólar dos EUA.

Vasco Núñez de Balboa

Vasco Núñez de Balboa (1475, Jerez de los Caballeros – 21 de janeiro de 1519, em Acla, Panamá) – Explorador espanhol que teria nascido em Jerez de los Caballeros (Badajoz) na Espanha e faleceu em Acla, atual Panamá. De origem galega e de linhagem incerta, é provável que tenha sido filho do fidalgo Nuño Arias de Balboa e de uma dama de Badajoz.
Fugindo aos credores, foi um dos primeiros colonos em Hispaniola. Em 1501 empreendeu sua primeira viagem com a expedição de Rodrigo de Bastidas através das ilhas do Caribe que pertencem à atual Colombia (Santa Marta, Cartagena e golfo de Urabá ou " Darién "). Permaneceu na "Isla Hispaniola" (onde hoje se localizam a República Dominicana e o Haiti) mas nela não teve muita sorte e se viu obrigado a abandoná-la.
Em 1508, Alonso de Ojeda e Diego de Nicuesa criaram duas novas "governações" nas terras entre os cabos "de La Vela" (hoje na Venezuela) e de "Graças a Dios". Denominou "Nova Andaluzia" à oriental e "Castilha de Ouro" à situada a oeste do Golgo de Urabá.
Um ano mais tarde fugiu de seus credores de Santo Domingo e embarcou na expedição comandada por Enciso que saia ao encontro de Fernando Alonso de Ojeda, que havia fundado o estabelecimento de San Sebastián de Urabá, na Nova Andaluzia, deixando nele um grupo de homens ao comando de Francisco Pizarro
Pouco depois de sua chegada, Núñez de Balboa adquiriu popularidade entre seus companheiros graças ao carisma e conhecimento da terra. Mais tarde, o regimento se transferiu para Darién onde Núñez de Balboa fundou em 1510 o primeiro estabelecimento permanente em terras continentais americanas, denominado Santa Maria de la Antigua del Darién.
Eleito alcaide, enviou emissários a Nicuesa convidando-o a estabelecer-se como governador em "la Antigua", mas este considerou o gesto uma intromissão e encabeçou uma missão punitiva contra Núñez de Balboa, que acabou vencendo a Nicuesa que foi abandonado à sua sorte em um barco que se perdeu no mar.
Manteve tanto quanto possível tratados informais com os chefes indígenas, contrariando a imagem sanguinária que hoje prevalece sobre os conquistadores espanhóis.
Em 1511, Núñez de Balboa obteve o cargo de governador. Movido pelo propósito de descobrir o mar de que falavam os indígenas, se internou continente adentro em 25 de setembro de 1513 num périplo de mais de 30 dias que culminou em uma das maiores façanhas de conquista espanhola na América, o descobrimento do Mar del Sur, nome que deram ao atual Oceano Pacífico. Reza a lenda que terá subido a um monte indicado pelos índios apenas na companhia do seu cão Leoncito, tornando-se no primeiro europeu a avistar o maior Oceano da Terra.
Até a chegada do novo governador Pedrarias Dávila, Balboa conservou os cargos de Adelantado de la Mar del Sur e Gobernador de Panamá y Coiba, e empreendeu a exploração da costa do Pacífico. Ao ter notícia de que seu sogro ia ser substituído, regressou a Acla para apresentar seu apoio, mas Pedrarias o acusou de conspirar contra a Coroa e o descobridor foi julgado e condenado à morte, tendo sido executado por decapitação em Acla, provavelmente a mando de Francisco Pizarro.

Imagem
Viagens de Balboa pelo Panamá em 1513

Imagem
Balboa reivindicando posse do Mar do Sul

(in Wikipédia)
As minhas outras moedas dessa padrão:

1 Centésimo de Balboa: http://forum-numismatica.com/viewtopic.php?f=62&t=50011
1 Décimo de Balboa: http://forum-numismatica.com/viewtopic.php?f=62&t=46704
Rodrigo Leite

Scientia nvmismatica ad omnivm gentivm.

Avatar do Utilizador
JPMatos
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2241
Registado: terça mar 08, 2011 2:58 pm
Localização: Évora
Contacto:

Re: Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#3 Mensagem por JPMatos » domingo jun 05, 2011 9:53 am

Espanha 2 euros 2011
Desenho: Pátio dos Leões, Granada – série dedicada ao Património Mundial da UNESCO

Descrição: O núcleo da moeda exibe o Pátio dos Leões na Alhambra, a fortaleza da cidade de Granada, declarada Património Mundial da UNESCO em 1984.

Volume de emissão: 8 milhões de moedas
Data de emissão: 2011
Imagem
Imagem
Cumprimentos,JPMatos.
:fcp: :fcp: .

PSIMOES
Reinado D.Sancho II
Mensagens: 1832
Registado: sábado abr 16, 2005 10:44 pm

Re: Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#4 Mensagem por PSIMOES » segunda jun 06, 2011 9:49 pm

4 Tari em prata de 1756 do 68º e último Grão-Mestre Fr. Manuel Pinto da Fonseca.

Peso: 3,9 Grs
Diam.: 20 mm
Metal: Prata
AG 13.01


ImagemImagem
Pedro Simões

SANCHO
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1712
Registado: terça abr 29, 2008 12:12 am

Re: Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#5 Mensagem por SANCHO » terça jun 07, 2011 10:40 pm

BRASIL REINO UNIDO D.JOÃO VI 37 1/2 réis 1921 M (VILA RICA) eixo vertical

AG 06.04

Imagem

Uploaded with ImageShack.us

Imagem

Uploaded with ImageShack.us

gcz
Reinado D.Miguel
Mensagens: 325
Registado: domingo set 30, 2007 11:37 pm

Re: Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#6 Mensagem por gcz » quarta jun 08, 2011 10:06 pm

Nunca candidatei nenhuma, acho que vale a pena desta vez atirar uma que, não sendo rara nem bem conservada, é pouco comum por cá:

Siclo persa da dinastia aqueménida, tipo archeiro ajoelhado, Dário I a Xerxes (510-486AC)
Imagem

Com várias contramarcas. Provavelmente cunhado em Sardes.

(edição: imagem sem marcas, finalmente)
Última edição por gcz em terça jun 14, 2011 6:26 pm, editado 2 vezes no total.

Avatar do Utilizador
DanteD
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3394
Registado: quarta mar 04, 2009 7:23 pm
Localização: brasil
Contacto:

Re: Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#7 Mensagem por DanteD » quarta jun 08, 2011 10:16 pm

gcz, me desculpe, mas eu sou membro e vejo as letras..

Avatar do Utilizador
Antonio Correia
Reinado D.Pedro IV
Mensagens: 369
Registado: terça nov 28, 2006 1:55 pm
Localização: Lisboa

Re: Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#8 Mensagem por Antonio Correia » quarta jun 08, 2011 11:25 pm

4 Escudos -Carlos III - Espanha -Madrid-1787
Designers: Domingo Antonio Lopex & Vicente Campos Caballero
Peso :13.54 grams


Imagem
By tonasmc

Imagem
By tonasmc at 2008-02-23
Antonio Correia.

Antoniocoins
Reinado D.Filipe II
Mensagens: 811
Registado: sábado set 26, 2009 10:11 am
Localização: Valencia (españa)

Re: Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#9 Mensagem por Antoniocoins » quinta jun 09, 2011 6:07 pm

50 CÉNTIMOS 1894
Ceca: MADRID Año: 1894 (el año de acuñación va en las estrellas)
Material: Plata Ley 835 Peso: 2.5 gr Medida: 18.5 mm
Anverso: ALFONSO XIII POR LA G DE DIOS * 1894* alrededor de un busto del rey niño a izquierdas.
Reverso: REY CONSTL DE ESPAÑA PG 50 CENT. V alrededor de un escudo coronado de España.
Grabador: Gregorio Sellán González
Ensayadores y Juez de balanza: PG V- Félix Miguel Peiró Rodrigo, Antonio García González y Remigio Vega Vega
Nº de piezas acuñadas: en 1894 (PG V) *9 *4 - 1.109.204 piezas

ImagemImagem[/quote]

zefer44
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3374
Registado: domingo jun 22, 2008 2:31 pm
Localização: Lisboa

Re: Eleição da Moeda do Mês de Junho de 2011

#10 Mensagem por zefer44 » sexta jun 10, 2011 12:43 pm

Angola

- 1757
- XX Reis
- Cobre
- 35m/mm diâmetro
- AG 03.03



Imagem Imagem
Horácio Ferreira


La cuna del hombre la mecen con cuentos

DIGA NÃO ÀS FALSIFICAÇÕES! DO NOT COOPERATE WITH JUNK TRADERS!

Responder

Voltar para “Numismática em geral”