Limpar ou não limpar: Eis a questão

Discussões sobre numismática que não se enquadrem nos restantes forums

Moderador: Moderador de Honra

Mensagem
Autor
numisgaia
Reinado D.José
Mensagens: 506
Registado: domingo nov 07, 2004 6:56 pm
Localização: Vila Nova de Gaia
Contacto:

Limpar ou não limpar: Eis a questão

#1 Mensagem por numisgaia » sábado jul 29, 2006 7:02 pm

Caros Amigos hoje que faço 54 anos vou acender esta "vela", espero que se mantenha acesa a chama mas que ninguém se queime. :lol:
Como a maioria dos intervenientes (salvo raras excepções) se manifesta contra TODO o tipo de limpeza, quer nas moedas quer nas notas, e dado que não estou completamente de acordo com muitas das afirmações aqui proferidas, pois a minha opinião é divergente da maioria dos participantes, terei que expor algumas questões que julgo pertinentes:

1º Ao longo dos anos as moedas e notas foram sempre acondicionadas convenientemente?
2º Como foram preservadas para não se oxidarem ou mancharem?
3º Como pode algumas moedas não circuladas apresentar um brilho tão resplandecente?
4º Será que TODOS os artigos que tem na sua colecção NUNCA foram sujeitos a limpeza? (independentemente de quem a realizou)
5º Será que a “limpeza”de artigos de colecção é mesmo crime? (então para que há cursos de licenciatura de conservação e restauro)
6º Quem NUNCA limpou, ou tentou limpar uma peça da sua colecção?

Todas estas perguntas, porque comecei a minha colecção em 1966 nessa altura havia apenas os álbuns e folhas da marca AMBAR onde se podiam expor as moedas, mas passados alguns anos as moedas ganharam verdete e tive que recorrer a vários meios para o eliminar, não foi nada fácil, mas consegui felizmente recuperá-las. As moedas que melhor se conservaram foram as que isoladamente revesti com papel vegetal, e as que coloquei em saquinhos de papel, elas ficaram imaculadas, quanto às outras que envolvi com outro tipo de papel e fiz rolos, a traça (pequeno insecto que destrói o papel) passado alguns anos apoderou-se de alguns dos rolos e fez grandes estragos nas moedas, ficando algumas irremediavelmente perdidas.
Houve em tempos aqui no Fórum quem afirmasse que as moedas limpas descem um ou mais estados de conservação, agora pergunto eu! … Se as sujar elas sobem? Se assim for, é muito mais fácil sujar do que limpar.)
Até já escreveram que limpar as moedas é um crime numismático, algumas afirmações deste género são totalmente erradas porque não especificam se as moedas sofreram alguma agressividade motivadas pela limpeza. Estas afirmações em nada contribuem para bem do coleccionismo.
Que fique aqui bem claro, que não estou a influenciar ninguém a limpar as suas moedas, mas em meu entender creio que a SUJIDADE não faz parte da colecção.
Em primeiro lugar é necessário distinguir o que é sujidade e o que é escurecimento natural dos metais, pois quando é apenas o escurecimento natural é aconselhável NUNCA mexer, pois essa coloração é muito difícil de obter.
Em relação à sujidade, já repararam que é boa maneira, lavar as mãos; lavar os dentes; lavar o corpo; lavar a roupa; enfim ser asseado.
ASSEADO é esse um dos principais adjectivos que qualificam um coleccionador, geralmente também é um organizador nato, e finalmente é um homem feliz, LEMBREM-SE que são estes termos que os difere dos ajuntadores e dos NÃO coleccionadores,
Aconselho!...Nunca experimentem limpar moedas valiosas, (principiem sempre pelas de baixo valor e se possível peguem em duas moedas semelhantes (sujas) e limpem apenas uma; de seguida comparem as duas moedas. Se gostaram! … É sinal que foram bem sucedido na limpeza (e estão de parabéns), mas se não gostaram, vocês podem ainda não ter apanhado o jeito; Agora… se os outros não gostaram das que vocês limparam, (isso é que é terrível!).
Nunca se deve usar produtos corrosivos, ou materiais que possam provocar consequências irremediáveis, NUNCA se deve polir ou utilizar produtos para dar brilho ás moedas.
Termino com estas duas quadras.

Das moedas que hoje tenho
Muitas vieram tristonhas
Tratei delas com empenho
E hoje vivem risonhas.


Quem as moedas bem trata
E as mostra com orgulho
É porque só tem moedas
Já lá não está o entulho
.

Alberto Santos :thumbs:


A ignorância não é contagiosa, não é um mal, nem é um castigo.
Combate-se APRENDENDO
"Da discussão nasce a luz”

http://www.numisgaia.com

Avatar do Utilizador
Lunor
Reinado D.Dinis
Mensagens: 1560
Registado: terça fev 28, 2006 12:44 am
Localização: Vale de Milhaços - Corroios

#2 Mensagem por Lunor » sábado jul 29, 2006 7:27 pm

Bem, o meu amigo toca em várias questões em que eu já tinha pensado.
Uma delas, que penso que até já me pronunciei aqui há uns meses, é exactamente a diferença entre a patina e a sujidade.
Penso eu que a patina demora muitos, mas mesmo muitos anos a ser formada, no entanto já vi afirmações em que pessoas crêm que moedas com poucos anos de idade têm patina. Penso que terão sujidade apenas, e nesses casos, nas minhas moedas, limpo-as, normalmente apenas com um pano seco. Só se se justificar, utilizo água destilada e seco-a bem logo após.
Esse é um dos motivos que me leva a evitar ao máximo utilizar o termo patina, quando me refiro a moedas com menos de 100 anos de idade.

Acho este tópico muito pertinente, e estou curioso para ouvir as diversas opiniões.

:biggthumpup: Parabéns, pelos anos, e pelo tópico! :birthday: :biggthumpup:
Luis Norte

"A vida é aquilo que está a acontecer, enquanto estás fazendo outros planos..."

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15669
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

#3 Mensagem por doliveirarod » sábado jul 29, 2006 9:44 pm

diferença entre a patina e a sujidade.

Resumindo a ópera, é basicamente isso.
A limpeza que não se faz é a remoção da pátina, é tbm a que adultera e estraga a moeda, é a que muda suas características originais.
Evidente que mera sujeira não valoriza, se assim fosse eu mesmo metia barro nas minhas peças.
Mas uma limpeza inadequada desvaloriza e estraga, enmtão é bem melhor uma peça suja que uma brilhando de esfregada (e estragada).
É isso.
:biggthumpup:
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

PSIMOES
Reinado D.Sancho II
Mensagens: 1951
Registado: sábado abr 16, 2005 10:44 pm

#4 Mensagem por PSIMOES » sábado jul 29, 2006 11:34 pm

Amigo Alberto, espero que este dia lhe tenha corrido bem e que para o Ano aqui estejamos novamente de boa saúde e com mais algumas moedas na nossa colecção.

Tive o prazer de o conhecer pessoalmente e de "discutir" esta questão consigo.

Isto dá pano para mangas, mas a minha opinião resumidamente é esta:

Evitar Limpar.

Mas,... claro que tudo depende da moeda que temos á nossa frente, o tipo de metal, o tipo de sujidade, etc.

Depois vem a forma de limpar e é verdade que para quem não sabe, como é o meu caso (nalguns tipos de metal) o melhor é estar quieto.

Já vi e até possuo moedas limpas que estão fantásticas. Mas também já vi muitas "desgraças".

Mas quando vejo uma moeda "Imaculada" como diz o amigo Alberto... Estas sim é que são bonitas e de "perder a cabeça"

Enfim, opiniões são opiniões mas sempre que se possa o melhor é evitar Limpar.
Pedro Simões

INTERNATIONALCOINS
Reinado D.Afonso VI
Mensagens: 671
Registado: quinta mai 04, 2006 9:18 am
Localização: Leça Palmeira
Contacto:

Parabéns

#5 Mensagem por INTERNATIONALCOINS » domingo jul 30, 2006 8:34 pm

Caro amigo, nunca tinha lido um texto tão bem escrito acerca de limpeza das moedas.
Eu sou um dos que digo , não limpem moedas, porque realmente há quem as limpe e ao mesmo tempo as destrua.Pois limpar uma moeda muitas vezes confunde-se com pôr a moeda nova, que é um engano terrivel.Não há moeda alguma que fique nova se o não for, limpar é apenas e tão somente conservar.

Mas á que o saber fazer, e realmente verificar se a moeda está nova ou se está suja, há que saber diferenciar.Como disse e bem há os coleccionadores e há os ajuntadores. Mas , não querendo ofender ninguém que não é essa a minha tarefa, quero apenas dizer que concordo plenamente consigo.
Moedas e Notas

numisgaia
Reinado D.José
Mensagens: 506
Registado: domingo nov 07, 2004 6:56 pm
Localização: Vila Nova de Gaia
Contacto:

#6 Mensagem por numisgaia » segunda jul 31, 2006 7:16 pm

Lunor Escreveu: Penso eu que a patina demora muitos, mas mesmo muitos anos a ser formada, no entanto já vi afirmações em que pessoas crêm que moedas com poucos anos de idade têm patina. Penso que terão sujidade apenas, e nesses casos, nas minhas moedas, limpo-as, normalmente apenas com um pano seco. Só se se justificar, utilizo água destilada e seco-a bem logo após.
Esse é um dos motivos que me leva a evitar ao máximo utilizar o termo patina, quando me refiro a moedas com menos de 100 anos de idade.
:biggthumpup: Parabéns, pelos anos, e pelo tópico! :birthday: :biggthumpup:
Embora não pareça, quando as moedas são novas ou bem limpas os primeiros sinais de patina aparecem geralmente passados três a quatro anos dependendo do local onde se guardam as moedas e do metal de que são feitas, poderá até em alguns casos ser ao fim de poucos meses.
As moedas podem adquirir patina com colorações diferentes conforme o ambiente onde são guardadas.
O fundamental após a limpeza é nunca pegar nas moedas com os dedos, contudo se as moedas já tiverem patina é possível manuseá-las com os dedos e elas não mancham, já fiz várias experiências e no meu caso pessoal não alteram, creio que quem tiver excesso de ácido úrico deverá ter muito cuidado.
Alberto Santos :thumbs:
A ignorância não é contagiosa, não é um mal, nem é um castigo.
Combate-se APRENDENDO
"Da discussão nasce a luz”

http://www.numisgaia.com

numisgaia
Reinado D.José
Mensagens: 506
Registado: domingo nov 07, 2004 6:56 pm
Localização: Vila Nova de Gaia
Contacto:

#7 Mensagem por numisgaia » segunda jul 31, 2006 7:28 pm

doliveirarod Escreveu: Mas uma limpeza inadequada desvaloriza e estraga, enmtão é bem melhor uma peça suja que uma brilhando de esfregada (e estragada).
É isso.
:biggthumpup:
É isso mesmo Fabiano!
É preciso saber o que se está a fazer. Apenas se deve remover a sujidade ou sujeira com lhe queiram chamar, e NUNCA se deve esfregar as moedas nem dar lustro pois é isso que as estraga.
Alberto Santos :thumbs:
A ignorância não é contagiosa, não é um mal, nem é um castigo.
Combate-se APRENDENDO
"Da discussão nasce a luz”

http://www.numisgaia.com

numisgaia
Reinado D.José
Mensagens: 506
Registado: domingo nov 07, 2004 6:56 pm
Localização: Vila Nova de Gaia
Contacto:

#8 Mensagem por numisgaia » segunda jul 31, 2006 7:44 pm

Obrigado Amigo Pedro Simões.
PSIMOES Escreveu: Isto dá pano para mangas, mas a minha opinião resumidamente é esta:

Evitar Limpar.

Mas,... claro que tudo depende da moeda que temos á nossa frente, o tipo de metal, o tipo de sujidade, etc.
Evidentemente que tudo depende da moeda em causa, pois eu posso melhorar o aspecto geral de uma moeda, mas se ela estiver gasta, continuará gasta.

Amigo Simões esta NUNCA a guardado assim, mas quem não sabe é melhor não estragar, porque pode ficar irremediavelmente perdida.

Imagem

Podem-me informar qual é o estado de conservação dela?
Alberto Santos :thumbs:
A ignorância não é contagiosa, não é um mal, nem é um castigo.
Combate-se APRENDENDO
"Da discussão nasce a luz”

http://www.numisgaia.com

Avatar do Utilizador
Paraq
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2587
Registado: terça jan 17, 2006 3:13 pm
Localização: Lisboa/Amadora
Contacto:

#9 Mensagem por Paraq » segunda jul 31, 2006 7:53 pm

Penso que encaixa num MBC, não?

Tenho limpo muitas moedas, aliás, antes de as pôr num alveolo passo por elas algodão em rama e com as mãos protegidas.
Já fiz mtas experiencias, com moedas repetidas e vulgares, com vários tipos de limpezas, umas misturas inventadas por mim e outras com produtos usados na industria auto! Com estas experiencias todas ainda invento um produto inovador e eficaz na limpeza de moedas eheheheheheheheh isto se não inventar para aqui um explosivo qualquer! :biggthumpup:
Cumprimentos,
Avelino Nascimento
"Que nunca por vencidos se conheçam"

Avatar do Utilizador
jcunha
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4169
Registado: domingo set 04, 2005 11:00 pm
Localização: S. Paio de Oleiros - Feira

#10 Mensagem por jcunha » segunda jul 31, 2006 8:21 pm

Pois, eu limpo quase todas as minhas moedas excepto aquelas que não precisam. Deixei foi de as estragar desde que conheci este fórum. Não se deve confundir limpar com estragar (uso de Marpal, Duraglit e outros produtos...) Acho que quando as pessoas falam em não limpar pretendem é dizer para não estragar. Agora uma coisa é certa: quando não se sabe é melhor não mexer... :no
Os meus leilões no Mega:

https://megaleiloes.pt/JCunha/loja

Responder

Voltar para “Numismática em geral”