Fórum Numismática

Lugar de convívio de colecionadores de moedas, notas e outros artigos
Data/Hora: terça ago 21, 2018 3:22 pm

Hora UTC




Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 37 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2 3 4
Autor Mensagem
MensagemEnviado: quinta nov 13, 2014 3:33 am 
Desligado
Reinado D.Afonso II

Registado: quinta mar 13, 2008 1:02 am
Mensagens: 2064
Localização: Maia / Porto - Sócio ANP Nº 1976 & Sócio SPN Nº 3592
RuiFB Escreveu:
euoutravez Escreveu:
Completamente de acordo! A falta de estudos académicos em condições levados a cabo por equipas multidisciplinares são o principal motivo do atraso da numismática em Portugal.


Genial! Merece reflexão profunda, ora aqui está a base de muita coisa.





"NUMISMÁTICA NEWS - A preocupação principal da numismática é a moeda, enquanto peça cunhada.

Cabe ao numismata analisar as moedas por diferentes métodos e buscando nelas diferentes informações. Durante esse processo o numismata fará uso de conhecimentos adquiridos através de outras disciplinas como a história, a cronologia, a metrologia, a simbologia, a epigrafia, a heráldica, a iconografia, a geografia, a economia, noções dos processos de metalurgia e da evolução nas artes, entre outros campos que podem ser abordados.

A numismática clássica divide-se em duas partes distintas:
a teórica, que estuda a nomenclatura numismática e os métodos de classificação e conservação das moedas.
a histórica, que estuda o desenvolvimento da moeda nas diferentes partes do mundo ou de uma região específica, promovendo também a classificação de suas emissões.
Nos trabalhos científicos a distinção entre essas duas áreas é freqüentemente sutil, já que além de distintas essas partes são complementares.

Informações Complementares:
A História: é a ciência que estuda o Homem e sua ação no tempo e no espaço, concomitante à análise de processos e eventos ocorridos no passado.

A cronologia: é a ciência cuja finalidade é a de determinar as datas e a ordem dos acontecimentos históricos, principalmente descrevendo e agrupando numa sequência lógica.

A Metrologia: é a ciência das medições, abrangendo todos os aspectos teóricos e práticos que asseguram a precisão exigida no processo produtivo, procurando garantir a qualidade de produtos e serviços através da calibração de instrumentos de medição, sejam eles analógicos ou eletrônicos (digitais).

Simbologia: é a ciência que estuda a origem, a interpretação e a arte de criar símbolos. Todas as sociedades humanas possuem símbolos que expressam mitos, crenças, fatos, situações ou ideias, sendo umas das formas de representação da realidade. De acordo com Cornelius Castoriadis e Gilbert Durand, é através da representação simbólica que nos apropriamos do mundo.

Epigrafia: é uma ciência auxiliar da história, na qual se estudam as inscrições antigas, ou "epígrafes", gravadas em matérias sólidas (tais como a madeira, rocha, ossos, metal), visando obter a decifração, interpretação e classificação das inscrições.

Heráldica: refere-se simultaneamente à ciência e à arte de descrever os brasões de armas ou escudos. As origens da heráldica remontam aos tempos em que era imperativo distinguir os participantes das batalhas e dos torneios, assim como descrever os serviços por eles prestados e que eram pintados nos seus escudos. No entanto, é importante notar que um brasão de armas é definido não visualmente, mas antes pela sua descrição escrita, a qual é dada numa linguagem própria – a linguagem heráldica.

A iconografia: é uma forma de linguagem visual que utiliza imagens para representar determinado tema. A iconografia estuda a origem e a formação das imagens.

Metalurgia: é a ciência que estuda e gerencia os metais desde sua extração do subsolo até sua transformação em produtos adequados ao uso.

Fonte: Portal Numismáticos"

_________________
Compro moedas, medalhas, notas, postais, selos etc . Contactos 914127863 / josealporto@hotmail.com

https://megaleiloes.pt/Josephus1967/loja - https://www.facebook.com/JoseAlmeidaNumismatica/


Topo
   
MensagemEnviado: quinta nov 13, 2014 3:57 am 
Desligado
Reinado D.Sancho I

Registado: sábado nov 06, 2004 12:18 am
Mensagens: 2602
É isso, aqui tens pessoal que entende muito de epigrafia, depois não sabe distinguir uma "patine", o que sabe ver a patine não entende de simbologia, o que sabe de simbologia não sabe de metalurgia, o que sabe de metalurgia não sabe de história e ficamos por aqui :)
Continuo a afirmar que em Portugal ninguém entende de moedas, faz-se que se entende mas não se entende, dá-se uns bitaites...Quem entende de moedas normalmente é um grupo grande com várias valências, não é um tipo sozinho, nem 2, nem meia dúzia.
Isto nos fóruns pouco falha precisamente por causa disso, toda a gente quando pode, acrescenta um ingrediente, até podes começar com uma pedra, mas no fim sai uma sopa rica, agora é transpor isto para um centro multidisciplinar seguindo o método científico :beer:
Transpondo isto tudo ainda para outro nível mais próximo de nós, um tipo ou uma instituição que não seja multidisciplinar e que certifique uma moeda é absolutamente ignorante. Não pode, não dá, não é possível. Nesta área não há um tipo que saiba metade da história sequer quanto mais a história toda. Os supra-sumos das moedas, os donos da verdade, morreram todos quando apareceram os gravadores CNC.

É claro que podemos e devemos continuar a brincar na net, no café, nos encontros e onde for possível, era só mesmo para se fazer uma coisa mesmo a sério...Um país com tão vasta numária já merecia.
Tudo isto é deveras importante para o coleccionismo, no fundo o coleccionador "come" o que a numismática lhe meter à frente, mas a numismática não sobrevive sem o coleccionismo e os seus vastos acervos... em jeito de brincadeira, alguns são tão idiotas que apenas comem o que as leiloeiras mundiais lhes metem à frente, mas isso são outros 5 tostões. Essa malta também pode levar com a moca já adquirida anteriormente :)


Última edição por RuiFB em quinta nov 13, 2014 4:12 am, editado 1 vez no total.

Topo
   
MensagemEnviado: quinta nov 13, 2014 4:11 am 
Desligado
Reinado D.Afonso IV
Avatar do Utilizador

Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am
Mensagens: 1547
Eu andava por aqui a pesquisar óbolos, quando a dada altura me encontrei com a Perséfone, fui ao mundo inferior e vim, dei um saltinho ao fórum e, hesitante, decidi-me a voltar ao mundo inferior, o que faço por intermédio deste arrazoado de palavras que ora subscrevo. A ideia é de facto óptima e a ideal! A desmontagem cínica da ideia (e quando digo cínica não o digo de acordo o que louvo nos gregos) é também ela de uma lucidez avassaladora! O mais certo era o conservador acabar por mamar, tornar-se ele próprio Barão e passarem todos umas boas férias à pala dos K's! E porquê? Porque vivemos no tal sítio em que ninguém se governa nem quer ser governado... Há um mês, estive no British Museum e vi uma exposição fenomenal de numismática. Com um catálogo que era um primor! Com toda a explicação do processo de cunhagem nas várias épocas. Em suma, com uma preocupação didática avassaladora! Vi aulas serem dadas no museu. Vi estudantes em barda (e quando digo em barda é mesmo às centenas, não como a meia dúzia de gatos pingados que se prostram nas janelas verdes) a fazer cópias de quadros, imagine-se, acompanhados por professores. Andei a brincar com uma cómoda do séc. XIX, acessível ao manuseio de todos, com a indicação dos vários pormenores que a tornavam datável, desde os tipos de pregos, aos encaixes de andorinha, às ferragens, etc.. Porque é que isso acontece lá e não cá? Se calhar porque são mais ricos (duvido). Se calhar porque têm um regime político que permite estabilidade das opções programáticas (duvido). Se calhar por tudo isso, mas sobretudo porque são educados! E quando digo são educados, digo preocupam-se com os outros. Ao fim e ao cabo haverá algo de ético nesse conceito de educação. O reverso da medalha? Esse é enorme! Serão menos livres, menos arbitrários, menos deterministas, como se queira e se calhar até se divertirão menos... Nós por cá, não somos e nunca seremos assim. É uma guerra perdida. Quando lá chegarmos já eles hão-de andar noutra... De qualquer modo, que se vá tentando, a esperança é sempre a última a morrer e pode ser que o projectado baronato acabe por dar filosofia! Desculpe-me os paradoxos, mas são típicos de quem anda pelo mundo inferior! ;)


Topo
   
MensagemEnviado: quinta nov 13, 2014 4:20 am 
Desligado
Reinado D.Sancho I

Registado: sábado nov 06, 2004 12:18 am
Mensagens: 2602
:batman: Genial, genial interpretação caro Iúri :D

Os ingleses estão muito à frente no que toca a estas coisas, a cultura lá é um desígnio nacional, qualquer aldeia tem 3 museus top. Aqui qualquer coisa que se faça, uns tantos têm que "mamar". De um museu local, mamam logo uns 20, o dos tijolos, o da catterpillar, o da junta...o que se descobriu é que o melhor é não fazer. Estes assuntos do passado já não contam. Hoje estive na inauguração de um centro comercial bastante badalado, estavam lá 30 mil pessoas, depois passei pela Meo que é ao lado do museu distrital, já estava fechado antes da hora por não ter freguesia. Também é cultural...não podes escapar, a carneirada vai para a futilidade, um tipo se não alinhar é logo revolucionário ou fascista e mais uma série de coisas, o que é fixe é ser moderno. :D


Última edição por RuiFB em quinta nov 13, 2014 4:26 am, editado 1 vez no total.

Topo
   
MensagemEnviado: quinta nov 13, 2014 4:25 am 
Desligado
Reinado D.Afonso IV
Avatar do Utilizador

Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am
Mensagens: 1547
eheh! De entre os três personagens o que mais me apela é "o da junta"! E com esta puseste-me mesmo bem disposto! Mas vou ver se durmo, ando com umas olheiras que não me beneficiam muito! ;)

Um abraço! :)


Topo
   
MensagemEnviado: quinta nov 13, 2014 11:01 am 
Desligado
Reinado D.Afonso VI

Registado: quarta mar 19, 2014 1:27 am
Mensagens: 697
Boas

Do meu ponto de vista há dois caminhos para chegar ao destino! Eu não acredito que o Estado vá investir numa equipa multidisciplinar e no meu ponto de vista só entidades de serviço público do calibre da Gulbenkian ou da Fundação Champalimaud é que têm estaleca para um projecto destes! Mas penso que antes da equipa multidisciplinar que se sentiria perdida de início seria mais fácil criar um curso de história variante numismática com professores de quimica, metalurgia, história, epigrafia e outras cadeiras e formar especialistas. Depois sim existiriam pessoas com capacidade e conhecimentos mais abrangentes para lançarem hipoteses e criarem projectos de doutoramento que com o apoio destas entidades e das faculdades que já possuem toda a maquinaria necessária poderiam fazer os estudos necessários.
Outro problema são as amostras, pois seria impossível adquirir uma quantidade suficiente de moedas e seria importante os grandes coleccionadores abrirem as portas a que as suas moedas fossem estudadas o que levantaria riscos para os mesmos de que as suas joias da coroa fossem declaradas medalhas!!
Estamos muito longe de uma destas premissas ser posta em prática e a léguas de atingir o objectivo final, restam-nos os foruns e as boas conversas! :)

Cumprimentos


Topo
   
MensagemEnviado: sexta nov 14, 2014 1:52 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques

Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm
Mensagens: 7788
A discussão é muito interessante.
Penso que um dos caminhos seria precisamente a especialização do estudo da numismática (não em termos de licenciatura, isso não concordo, não haveria capacidade de absorção dos novos licenciados, e a micro-especialização académica é, para mim, um problema); mas seria possível, a meu ver, criar departamentos onde essa especialização ocorresse. Uma forma de garantir apoios, seria esses departamentos actuarem como certificadores.

_________________
MCarvalho


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 37 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2 3 4

Hora UTC


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal