Fórum Numismática

Lugar de convívio de colecionadores de moedas, notas e outros artigos
Data/Hora: sexta set 21, 2018 12:57 am

Hora UTC




Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 84 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2 3 4 5 6 ... 9 Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: domingo fev 04, 2018 10:19 pm 
Desligado
Reinado D.Maria II

Registado: sábado set 21, 2013 11:37 pm
Mensagens: 273
Localização: Oeiras
Celso já ando no fórum a alguns anos para dizer o que penso e aceitar o que os outros dizem. Sempre tive uma convivência pacífica no fórum, nunca fui mal educado com ninguém, sempre contribui com o que pude. Escrevi o que penso sobre certas posições que se tomam aqui, sem atacar ninguém em específico. É a minha opinião, é se calhar fui o que disse isto abertamente e chocou alguns, mas preferi fazer assim do que pura e simplesmente deixar de aparecer como já outros fizeram. Porque ainda gosto disto, quando deixar de gostar, saio.

_________________
Quem caminha e se distrai com quem fala para os lados não chega ao destino.
A coisa mais fácil de se vender, é a verdade.


Topo
   
MensagemEnviado: domingo fev 04, 2018 10:47 pm 
Desligado
Reinado D.Sancho I

Registado: domingo dez 12, 2010 10:27 pm
Mensagens: 2982
Ninguém ma pediu, mas vou dar a minha opinião:
Há sempre movimentações nos leilões que são difíceis de explicar. Algumas delas até poderão corresponder a formas expeditas de fazer subir preços, mas estou em crer que são uma minoria. Mas...e se forem mesmo manobras feitas com intuitos comerciais? A verdade é que os compradores podem achar que são formas moralmente censuráveis de agir, mas até ver são legais, pense-se o que se quiser acerca delas. Serão o equivalente a colocar uma espécie de preço de reserva oculto, tipo catawiki (as últimas moedas que espreitei por lá não sairam, devido a não se ter atingido o valor de reserva: legal e com o mesmo efeito, para quem, querendo comprar, não quer dar mais do que determinado valor).
Parece-me que devemos deixar de ver fantasmas em todo o lado. Eu li o primeiro post e também achei estranho, mas nada mais. Quero lá saber se existem foristas com comportamentos bizarros! A verdade é que a moeda em questão atingiu os trezentos e tal euros no catawiki e não saiu porque não se atingiu o preço de reserva (já agora, o que é que este exemplar tem de especial, alguém me sabe dizer?...).
Pela minha parte, sempre que encontrar algo que seja curioso, interessante ou até mesmo bizarro, irei partilhar convosco. E se alguém me aparecer a questionar as minhas motivações, eu explico-as, mesmo que surjam suspeitas sei lá do quê. Quem não deve não teme.


Topo
   
MensagemEnviado: domingo fev 04, 2018 11:09 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques

Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm
Mensagens: 7826
jdickson Escreveu:
e se forem mesmo manobras feitas com intuitos comerciais? A verdade é que os compradores podem achar que são formas moralmente censuráveis de agir, mas até ver são legais


Mais ou menos... No quadro da lei de Promoção e Defesa da Concorrência (Lei n.º 19/2012, de 8 de Maio) esta prática pode entrar na definição de concertação/conluio de preços. A Autoridade da Concorrência, no caso de negócios estabelecidos, poderá agir, se não junto do vendedores, pelo menos junto da leiloeira. São casos, portanto, que prefazem práticas ilegais.

Mas... adiante, acho que o que interessa aqui, com mais ou menos carapuças enfiadas, é as pessoas poderem perceber o forma de estar e agir de cada um, e daí estabelecerem os seus critérios.

_________________
MCarvalho


Topo
   
MensagemEnviado: domingo fev 04, 2018 11:47 pm 
Desligado
Reinado D.António

Registado: domingo ago 04, 2013 11:09 pm
Mensagens: 945
Luís Neves Escreveu:
Não tenho interesse nenhum neste tópico, como já o disse, estou é farto do diz que disse e das suspeições que se levantam. E decidi hoje escrever alguma coisa quando fui ao café com uma pessoa que frequenta o Megaleiloes e me vem com esta história e a incluir todos os vendedores do Mega etc etc


Isso de incluir tudo no mesmo saco é infelizmente frequente! Mas todos sabemos que isso acontecia, ou o Megaleiloes, tomou a atitude de bloquear membros e outras porquê!? Nunca levantei suspeitas em ambos os vendedores que muito estimo e frequentemente sou cliente!

Repito que acho que a intenção do Iuri foi de alertar para alguns leilões/negócios esquisitos! Não percebo o alarido disto tudo, ainda por cima se o Iuri convive com o Luis e vice-versa, seria preferível ter sido tudo esclarecido nos bastidores!

Mas também os leilões são difíceis de explicar ou no mínimo estranhos, dou um exemplo, conheço um membro que lícita todos os leilões que um outro determinado membro lícita, só para o obrigar a pagar mais!

Vamos mas é ver, analisar, reflectir sobre moedas e notas, que é o melhor que fazemos!

_________________
Cumprimentos,

Ruben Melo

Megaleilões: https://megaleiloes.pt/RubenGM/loja


Topo
   
MensagemEnviado: segunda fev 05, 2018 12:32 am 
Desligado
Reinado D.Dinis

Registado: quinta mar 04, 2010 2:32 am
Mensagens: 1574
Localização: Porto, Portugal
Pessoalmente acho que neste caso a única coisa que se conseguiu ver foi o percurso que a moeda fez, não passa disto.
Para quem viva comercialmente das moedas não me parece estranho comprar num sitio de menor visibilidade (megaleilões) e tentar vende-la num sitio com visibilidade internacional que tem ganho relevo recentemente(Catawiki).
Nas romanas por exemplo, vejo por vezes bons exemplares à venda em leiloeiras de menor renome e que fazem um certo preço e passado uns tempos se o exemplar estiver bom a nivel de EC estão numa grande leiloeira a ser vendidos por um valor bem superior.
É o comércio a funcionar ...

Claro que não sou inocente e sei que mesmo nas grandes leiloeiras existem jogadas para alterar artificialmente o preço das moedas.
De qualquer das formas penso não ser saudável levantar certas suspeitas sem provas em concreto, nunca é bom estar envolvido nestas situações sem fazer por isso.
Independentemente disso acredito que o post do Iuri tivesse boa intenção,é evidente que quem estuda as moedas como ele e veja certas aldrabices a nível de falsificações e afins, depois fique com o pé atrás e instintivamente o cérebro fique programado para uma certa linha de raciocinio. :)

Independentemente de tudo, não acho que seja por questões destas que as pessoas fujam do fórum ou que não vão aos convívios.
Não nos podemos esquecer do que se passou no fórum nos últimos tempos ... acredito que no próximo encontro a adesão vá ser muito superior.

Estando já um pouco a desconversar e ao mesmo tempo não, pois isto no fundo é um pouco um conflito entre colecionadores e vendedores, acho que certos vendedores deviam também tentar ter outro tipo de postura.
Num mercado cada vez mais exigente, só vejo alguns a acompanhar os estudos, os novos desenvolvimentos, etc.

Mas pronto ... isso já era outra conversa :D


Topo
   
MensagemEnviado: segunda fev 05, 2018 12:38 am 
Desligado
Reinado D.Maria II

Registado: sábado set 21, 2013 11:37 pm
Mensagens: 273
Localização: Oeiras
Eu não tenho atritos com ninguém, já tive divergências mas eu sei muito bem resolver ou evitar. Sou a bem da convivência pacífica. Tive a preocupação de no próprio dia que vi este tópico de ligar ao Iúri a dizer que ele tinha metido os pés na poça neste exemplo, e a primeira coisa que ouvi foi um gozo enorme do Iúri, e eu insisti e ele continuou a gozar mas até que passou de ser gozado para ser ofensivo. Foi quando lhe disse algumas coisas mais ríspidas e ele desligou-me o telefone. Mas ele lá sabe quais serão as suas intenções mais uma vez com as coisas que falou aqui no tópico. Mas isso terei oportunidade de falar com ele porque foi baixo demais e é para ser falado em privado.

Apesar de triste com a reacção do Iúri, mais tarde expliquei por A + B no Messenger quem era o rita619, meti o orgulho no saco e liguei-lhe mais uma vez e a primeira coisa que ouvi foi: "Quem é que te encomendou o telefonema? o Ivo ou o Pinto?". Ele queria mesmo acreditar que era ele que estava certo.

Continuei a falar com o Iúri ao telefone até que ele tirou os fantasmas da cabeça, e percebeu que o rita619 é uma pessoa que faz negócio de comprar no Mega e vender na catawiki.

E hoje decidi vir escrever aqui hoje pelo que já disse.

Não há guerra nenhuma da minha parte, não tenho interesse nenhum neste tópico, e devia ter feito como os dois visados (Freanumis e ivitoo) ficavam a rir de tão ridículo que foram as insinuações. Mas quem me conhece sabe a minha posição nas moedas, sou vendedor mas não dependo disto para nada, por isso, dou a minha o opinião quer gostem quer não gostem sem medos de haver represálias à posteriori. E Lá por ser vendedor não quer dizer que queira lucrar a qualquer custo, porque há princípios que vêem de berço.

Às vezes parece-me que as pessoas trazem as frustrações para este hobbie, e isso reflete-se nos julgamentos e acusações que fazem, vão com demasiada sede ao pote. Isso molda-lhes o pensamento.

Não tive qualquer intenção de criar cisões e/ou atritos mas de mim não esperem o politicamente correcto para não ferir susceptibilidades. Esperem sim ser direto. Cumprimentos a todos

_________________
Quem caminha e se distrai com quem fala para os lados não chega ao destino.
A coisa mais fácil de se vender, é a verdade.


Topo
   
MensagemEnviado: segunda fev 05, 2018 1:24 am 
Desligado
Reinado D.João IV
Avatar do Utilizador

Registado: domingo nov 14, 2010 2:47 pm
Mensagens: 716
Localização: Aguas Santas Maia
Boa noite a todos
Quando vi este tópico prometi a mim mesmo não vir aqui comentar pois não faz qualquer sentido .
Mas isto como o Iury diz é um Romance mas o Mesmo romance não é em torno da Rita e do Alexandre , é sim em torno do D.João I e de um Aviador .

É no que dá não se retirar leiloes para determinadas pessoas , temos de nos sujeitar á abertura de este tipo de tópicos ! Ao que chegou este fórum
Ficaram muito indignados com o anterior dono do fórum por este ter apagado um tópico e agora ninguém se indigna com este tipo de prática recorrente e estudos encomendados para validar sabe se lá bem o quê !
Não compactuo com determinadas coisas , dai tenho participado pouco pois no meu entender este tópico retardara o que por cá se passa .
Já agora aproveito para informar os presentes seguidores que a dita Rita e por sua vez o Alexandre são nicks em sites de compra e venda da internet com que o Sr Diogo Almeida se faz representar .
Aproveito também para dizer que a moeda que o Sr Diogo Almeida me comprou estava á venda no Mega leiloes com preço fixo

Tendo esclarecido é defendido o meu bom nome assim como as minhas boas práticas de venda não voltarei a me pronunciar neste tópico

AÍ SE EU FALA SE

_________________
Ivo Manuel Maia


Topo
   
MensagemEnviado: segunda fev 05, 2018 3:01 pm 
Desligado
Reinado D.Dinis
Avatar do Utilizador

Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am
Mensagens: 1600
Vamos lá ver várias coisas e vamos contá-las como elas são. Hoje estou com tempo e com disponibilidade para encerrar um capítulo final neste post, que tenha alguma coerência e cabimento na realidade.

No dia em que aqui pûs este post relatei factos de um modo jocoso, admite-se. E factos que serão no mínimo estranhos quando vistos objectivamente. E que reflectirão uma inflacção (baseada em conhecimento nenhum) acerca de uma determinada numária.

Passada meia hora de ter colocado o post, recebo um telefonema teu Luis. Em que me dizes para retirar imediatamente o post (a expressão foi "tira já de lá aquela ***** do fórum que a rita existe mesmo). Ao que me comecei a rir desbragadamente (sim) e ao que avançaste com ameaças (sim) e com insultos (sim). E ao que desliguei o telefone, sem ter dito absolutamente nada, porque há certas coisas que não estou para ouvir. Depois mandaste-me uma série de snapshots de conversas com um sócio teu. Recordo-me de as ter percorrido com o scroll do telemóvel e de ter (sem querer, porque me acontece isso frequentemente neste android ao qual nunca vou estar habituado - meu rico blackberry) reagido a alguns snapshots com emoticons, aleatoriamente e sem intenção, realço. Quem fala comigo frequentemente no messenger sabe que isso me acontece muitas vezes quando uso este novo telemóvel ao fazer scroll. Após o que me telefonaste, novamente aziado e acelerado, e eu te disse que se querias falar comigo, falasses com calma, que eu estaria disposto a entender tudo, caso me entrasse na cabeça. Após o que começaste a dar as tuas explicações (calmamente) e eu comecei a falar contigo (calmamente).

E disto concluiu-se o seguinte: Haverá alegadamente um indivíduo, que tem uma conta no facebook e usa uma outra no megaleilões (com morada de Viseu), sendo que na realidade vive no Porto. Alegadamente esse indivíduo comprará no mega a preços absurdos e revenderá no catawiki a preços que, até ver, ninguém paga (porque serão reservados), com estimativas de leiloeiros baseadas em estudos que não conheço (devem ser de mercado) e com intuitos que, se quiser perceber, não consigo mesmo. A melhor explicação que encontro, na inocência do meu raciocínio, é a de que esse indivíduo, a existir como mo configuraste, queima dinheiro, comprando apenas a um certo núcleo de vendedores. O que até admito na abstracção do raciocínio.

Da conversa resultou também que me disseste que há alavancagens no mega, sim, mas que isso é uma gota no oceano e que isso até é público (a expressão é tua). E a naturalidade associada a esse fenómeno é coisa que grassará na tua cabeça como não tendo problema nenhum. Deve ser tudo legal. Deve ser tudo correcto. Deve ser tudo normal desde que gere lucro. E o lucro é imenso quando se chega "a um determinado patamar" - a expressão é tua também. Fica por entender, para mim, a necessidade das ínfimas alavancagens com tão grandes lucros gerados na pureza do mercado.

(Deixo um aparte para te dizer que não falei em Pinto nem em Ivo em momento nenhum. Perguntei-te apenas "quem te encomendou o telefonema". Não vou falar do mecanismo psicológico das projecções, que eventualmente te pôs na cabeça o Pinto e o Ivo associados à interrogação sobre a encomenda. Não sei de onde apareceram esses nomes. Mas perguntei-te, sim, se alguém te tinha encomendado o telefonema).

E foi isto Luis, se bem te recordas e a boa memória não te falha e não é turvada por qualquer projecção.

Quanto a este real branco, aconselhei um amigo que tem enchido os bolsos a muito boa gente, pagando preços que mais ninguém paga, a não o comprar no mega. Consultou-me e perguntou-me se ele tinha alguma coisa especial. Após o que lhe disse que não. Os reais brancos do Porto aparecem menos que os de Lisboa, mas não serão moedas escassas e este tem o sinal em cima da letra, à esquerda. Tenho aqui fotos de bastantes assim. E daqui por uns tempos apresentar-vos-ei as "contas" para que percebam a escassez dos tipos, porque vocês, que não estudam nem aceitam estudos, vendem coisas vulgares a preço de ouro e vendem ouro a preços vulgares. Talvez porque não percebam nada daquilo que vendem, que tanto poderiam ser moedas como pneus (são ambos redondondos), conquanto gerassem lucro. O único que conseguem ver é o rasto do pneu. Se desgastou mais ou menos no alcatrão. Ora parabéns!!! Que grande ciência!

Quanto a este real branco ainda, devo dizer que falei sobre ele com muita gente. Que muita gente me veio falar sobre ele. E que sigo todas as moedas de D. João I em todos os sites de vendas, com o intuito de guardar as fotos para fazer um estudo. Estudo esse que para algumas pessoas (a maioria delas certamente) não terá sequer interesse nenhum. Porque o que interessa é o rasto do pneu e para o avaliar não é preciso estudo nenhum, é só preciso saber tirar boas fotos e ter bons olhos. É essa a ciência das moedas, o resto deverá ser encomenda.

Constatado o que constatei, decidi partilhá-lo no fórum. Isso teve interesse? Não sei se teve, nem se não teve. Para mim teve. Foi um facto curioso. E foi como curiosidade que o apresentei. Curiosidade jocosa e aligeirada.

______________________________________________________________________________________________________________________________


Quanto aos aviões, muito francamente não os entendo Ivo. Mas vamos escalarecer tudo sem meias palavras.

Tenho andado com sérios problemas nas análises da composição química dos reais de 3 e meia de D. João I. E tenho andado a tentar comprar todos os que apanho, para aumentar a amostra, visto que os resultados, até ver, instalam uma confusão tremenda na ordenação dos tipos. O facto é sabido por quem quer que se interesse pelo estudo que estou a fazer. Nisto, tenho gasto todo o dinheiro que tenho para comprar moedas, muitas delas repetidas, de modo a aumentar a amostra, tão só. E tenho comprado coisas por preço muitas vezes superior ao que qualquer pessoa pagaria, com o propósito único de descobrir mais qualquer coisa, aumentar um pouco mais a amostra, tornar os resultados um pouco menos indiciários e um tanto mais conclusivos. Fazer o melhor que posso numa coisa que tem vindo a ser (mal) estudada há 200 anos e relativamente à qual todos têm vindo a dizer as maiores alarvidades, algumas endeusadas sob a égide de demagogia vazia. Em suma, continuar o único trabalho realmente sério que foi feito sobre esta numária e, infelizmente, deixado a meio (que foi o de Mário Gomes Marques). Não consigo sequer contabilizar o dinheiro que, entre combustível, portagens, moedas e livros já gastei nesta brincadeira, do meu bolso, sem qualquer intuito lucrativo. É dinheiro queimado e deitado ao lixo, para fazer uma coisa que me empolga (é certo), mas que cada vez me desilude mais face a oposições várias.

Ora bem, há duas ou 3 semanas, colocaste um real de 3 e meia no mega. Preço base - 65 euros. Perguntei-te se retiravas o leilão e mo vendias. Sempre foi esse o teu hábito. Quando colocavas a um euro, seguia para leilão. Quando colocavas com um preço base alto, seria esse o preço que aceitavas pela moeda. Disseste que não mo vendias, que agora a política tinha mudado, porque as pessoas se queixavam das "licitações amigas". Não entendi sequer esse argumento. Perguntei-te se o objectivo seria vendê-lo "alavancado" a um determinado comprador. Disseste-me que não. Tudo bem. Licitei-o. Acabei por o ganhar por 67 euros. Pedi-te para mo enviares, com uma semana de antecedência em relação à data em que iria fazer novas análises. Disseste que só podias enviá-lo quinta. As análises eram no sábado. Disse-te que sim, que o enviasses quinta. Não o enviaste quinta. Tudo bem. Fica para a próxima, porque ainda vou analisar mais moedas, até porque para lá desse real, já consegui comprar mais dois (repetidos e ao preço do ouro).

O que sugeres, e vamos falar claramente, é que este tópico terá surgido por causa desse contexto. Mas estás errado Ivo. Este tópico surgiu porque acompanho o mercado e me deparei com um facto invulgar, que decidi partilhar. Surgiu porque esse vulgar real branco e o preço pelo qual saiu no mega deu muito falatório entre muita gente (e não foi falatório meramente impulsionado por mim). Surgiu porque tenho de memória muitas moedas de D. João I, entre as quais naturalmente esse real branco. Surgiu pelo que expliquei acima. Se a ti não te parece estranho tudo isso, a mim parece. É curioso que, se alguém seguir as moedas do catawiki, encontre sempre as mesmas moedas, semana após semana. Vi o real branco e vi o atípico. Tenho-os de memória. Reais brancos ainda nem os contabilizei. Mas atípicos de Évora de escudo clássico são mesmo muito vulgares. Tenho quase 70 fotos deles. Aparecem aos magotes. Valerão tuta e meia. São os dinheiros de D. João I mais vulgares. Os outros sim, são escassos e deveriam sair por preço bem mais alto do que têm saído. E porque é que o mercado é irracional? Talvez porque quem vende moedas não perceba nada delas, que não do lucro que podem dar se um determinado mercado for criado.

Eu soube, há alguns meses, que certos "escândalos" acerca de moedas falsas foram criados com o propósito de vinganças. Surpreendeu-me e aziou-me isso. Não faço isso. Nunca farei isso. Denuncio aleatoriamente qualquer moeda que entenda ser fasificada. Qualquer esquema que me pareça truncado. Seja de quem for. E isso talvez cause azias várias. Porque no final não se podem ter "amigos". A mesma boca que me disse isso, aconselhou-me também "veladamente" a não lançar qualquer estudo, que não daqui por muitos anos. Porque depois "não as podíamos apanhar a bom preço". Ora, se ando a pagar preços "dourados" por certas moedas, facilmente se consegue entender que também não alinho nisso. Não entendo sequer o que é um "estudo feito por encomenda". Encomenda de quem? Para quê? Encomenda era o que tu querias, suponho. Quererias talvez que alguém te comprasse um leal, que toda a gente te dizia que era falso (e que é falso) para poderes fazer alquimia e transformares prata em ouro. Na altura, recordo-me que disseste até que "não irias aceitar qualquer desses estudos". Sabes o que parece isso? Parecem os tipos na Assembleia a dizer que não vão aprovar o orçamento, sem sequer o conhecerem. Mas quem és tu sequer para aceitar ou não aceitar um estudo? Mas o que é que já estudaste? Mas o que é que sabes sobre o que quer que seja, a não ser sobre o rasto do pneu? Achas que deste lado alguém aceita encomendas para estudos? Há alguém que faça estudos? Servem para alguma coisa sequer? O objectivo é qual? É desmoralizar? É abater? Porquê? Porque raio serão os estudos perigosos? Porque depois haverá quem deixe de comprar os pneus pelo rasto? (Poucos, certamente).

Oh Ivo, os estudos não constituem perigo nenhum. Porque ninguém os vai ler. Porque para os ler é preciso ter interesse, ter capacidade, ter paixão. Aqui há uns anos plasmou-se uma tabela num determinado fórum e disse-se qualquer coisa como "ao fim de 200 anos, finalmente se apresenta o sistema de D. João I desvendado". E toda a gente aplaudiu sem perceber sequer a tabela. E sabes porque foi isso? Foi porque ninguém leu sequer os estudos que Gomes Marques fez há mais de 20 anos. Conhecimentos adicionais sobre a numária de D. João I, houve zero até eu os ter começado a partilhar. Zero. Sabes porquê? Por dois motivos essecialmente. Porque poucos existiam. E porque o objectivo sempre foi "apanhá-las". E eu, burro, ando aqui a dar pérolas a porcos. E já nem sei bem porquê. Talvez porque tenha começado. E, quando começo, tenho que acabar. Se isso tem algum valor? Se calhar não tem, para ninguém. Mas acredita que, se alguma encomenda existir, é para parar os estudos, não para os DAR. Que isso é feio e não entronca na "Regra do Jogo", tão bem plasmada há tantos anos pelo filho do outro que pintava. Peço perdão pelo pretensiosismo. Não te preocupes sequer em tentar perceber. Não tem nada a ver com pneus.


Topo
   
MensagemEnviado: segunda fev 05, 2018 4:42 pm 
Desligado
Reinado D.Maria II

Registado: sábado set 21, 2013 11:37 pm
Mensagens: 273
Localização: Oeiras
Iúri eu não vou entrar no debate do diz que disse, que isso não vai à lado nenhum. Porque da tua boca eu disse tudo e tu não disseste nada.

Só te quero dizer que já te precipitaste uma vez comigo numa análise de uma moeda, eu tive a atitude pela amizade que tinha contigo, de ver que estavas a cometer um erro, e emprestei-te a moeda para a analisares a moeda com calma e corrigires a tua opinião.

Depois afinal já passou a ser boa, fantástica esta numismática dos estudiosos. Eu estou tão preocupado com o rasto que tu dizes que preferi vender a moeda ao desbarato do que ficar com ela.

A reter nisto tudo, é que foste dizer à pessoa que te apresentei nessa semana e a quem eu tinha vendido a moeda nessa semana, que a moeda era falsa e sabendo que a moeda era minha nem te dignificaste a dizer-me o que tinhas transmitido isso à pessoa. Isto demonstra muito o teu carácter. Tive de ser eu a ligar-te e tu confirmaste que tinhas dito que a moeda era falsa.

O mais giro nisto é que antes deste episódio, já conhecias a minha moeda, era boa, passou a ser má e depois afinal já é boa. Decide-te para que lado que roda a garrafa de whisky, que por sinal também é redonda como os pneus e as moedas.

E passado estes meses todos, não metes as culpas em ti da precipitação que tiveste e do erro que cometeste, és tão humilde que dizes que foste embrulhado numa guerra de vendedores, como ainda à poucos dias disseste num outro tópico.

Vem dizer que isto também é mentira sff...

Sempre tive uma boa atitude contigo, sempre troquei opiniões contigo mas essa tua mania da perseguição e que os vendedores são o demônio, é triste.

Eu comecei a falar no geral, dos fantasmas criados etc vieste falar em mim diretamente, em meias verdades e descontextualizadas. Não me identifico com isso. É pena porque até te estimava, e aprendi umas coisas contigo. Mas quem não confia, não é de confiar.

Quanto ao teu restante post, não sei do que falas nem me retrato, aliás sou tão mau da fita que te emprestei moedas para o estudo e acabaste por comprar-me duas delas.

_________________
Quem caminha e se distrai com quem fala para os lados não chega ao destino.
A coisa mais fácil de se vender, é a verdade.


Topo
   
MensagemEnviado: segunda fev 05, 2018 4:52 pm 
Desligado
Reinado D.Dinis
Avatar do Utilizador

Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am
Mensagens: 1600
Luís Neves Escreveu:
A reter nisto tudo, é que foste dizer à pessoa que te apresentei nessa semana e a quem eu tinha vendido a moeda nessa semana, que a moeda era falsa e sabendo que a moeda era minha nem te dignificaste a dizer-me o que tinhas transmitido isso à pessoa. Isto demonstra muito o teu carácter. Tive de ser eu a ligar-te e tu confirmaste que tinhas dito que a moeda era falsa.


Não foste tu que me apresentaste a ninguém. Estás redondamente eganado. Nem foste tu que me pediu para avaliar a autenticidade da moeda. Quem foi? Não poso dizer. Prometi que não o dizia. E fiz mal em o ter feito. Não tive interesse nenhum com a moeda. Tal como me foi apresentada, nunca me inspirou confiança. Se tive a humildade de dar o volte-face depois de me ter apercebido da crosta? Tive? Se faz sentido não apresentar as moedas publicamente? Não faz para mim. Queres continuar?


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 84 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2 3 4 5 6 ... 9 Próximo

Hora UTC


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal