Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

Moderadores: Praça, LMACHADO, palves, Jacinto Silva, crislaine, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2545
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#1 Mensagem por numisiuris » sexta mar 08, 2019 5:02 am

De há algum tempo para cá, o que menos quero são chatices relacionadas com moedas. Isto é um hobbie e não vale a pena transformá-lo num antro de guerras escusadas. Mas há guerras que têm que se comprar, porque senão andamos todos por aqui a compactuar com um mundo de fingimento líquido. Não quero sequer saber se esse fingimento está de acordo com o espírito do tempo. Se estiver, eu não pertenço a este tempo e hei-de, até ao fim dos meus dias, erguer a voz contra ele.

Os Factos


Consta do site do Museu da Casa da Moeda o seguinte dizer:

“O Museu Casa da Moeda pretende preservar o valioso património da coleção de moedas e medalhas da INCM, facilitar a investigação académica, prestar apoio aos colecionadores e apreciadores do universo numismático e divulgar ao público em geral a moeda enquanto objeto que marca a nossa história, cultura e civilizações.”


Por impulso de um amigo coleccionador, este enviou um email ao Museu da Casa da Moeda, no sentido de poderem ser analisadas 32 moedas do acervo, através do equipamento de fluorescência de raios x que existe na contrastaria da INCM.


Após o que eu e o meu amigo coleccionador fomos chamados ao Museu da Casa da Moeda, tendo em vista a realização de uma reunião presencial.


Em Janeiro de 2019 desloquei-me ao Museu da Casa da Moeda, acompanhado desse meu amigo coleccionador, tendo então tido uma reunião com a respectiva directora e com outro indivíduo, que me foi apresentado como “o historiador-numismata” do referido museu.


A referida reunião durou cerca de uma hora e meia, sendo que nela se debateu o seguinte:
-Apresentámo-nos e expusémos os estudos que estavam em curso;
-Explicámos informalmente a necessidade de análise das moedas solicitadas;
-Foi-nos dito, sem qualquer solicitação prévia, que nunca os estudos seriam patrocinados financeiramente pelo Museu da Casa da Moeda nem teriam a chancela da referida instituição;
-Informei os dois representantes do Museu da Casa da Moeda que não queria qualquer apoio financeiro nem o uso da chancela da referida instituição;
-Foi-nos dito, a final, que teríamos que fazer um requerimento dirigido ao director da INCM (por email dirigido ao endereço do MCM), explicando pormenorizadamente o objecto e objectivo da análise e requerendo a articulação da mesma entre o Museu e a Constrastaria.


Requeri o que me foi indicado, tendo obtido resposta, sendo que se reproduz o respectivo email:
Imagem


Em Outubro de 2017, o Museu da Casa da moeda publicou no facebook o seguinte post, cujo teor se reproduz de acordo com o histórico de edições (ou seja, apresentando primeiramente o post com o conteúdo originalmente divulgado pelo Museu):
Imagem


Sucessivamente tentei esclarecer o Museu da Casa da Moeda no que às incorrecções transmitidas no post dizem respeito, do que resultou uma ligeira alteração ao post inicial, a qual a esta data ainda consta dá página de facebook do referido Museu, sendo que o post editado se reproduz, juntamente com os comentários (o primeiro deles escrito antes da edição):
Imagem


Em Março de 2019 o Museu da Casa da Moeda volta a apresentar foto da mesma moeda, num novo post que se reproduz, juntamente com o comentário que novamente fiz, no sentido de mais uma vez corrigir os manifestos erros do Museu da Casa da Moeda sobre a numária de D. João I:
Imagem

Disto concluo o seguinte:

-Não pode existir ninguém no Museu da Casa da Moeda que perceba o que quer que seja acerca da Numária de D. João I (primeiro fala-se em reais, sem distinguir pretos de brancos; depois fala-se em cunhagens de D. João I em Ceuta; depois corrige-se para se dizer que o real é de 10 reais brancos; dois anos depois mostra-se o mesmo real, mas já como de dez soldos);
-Para lá de não se perceber nada acerca da numária de D. João I no Museu da Casa da Moeda, não se quer perceber, pois verifica-se que, dois anos após um primeiro esclarecimento, se sabe ainda menos do que se sabia anteriormente;
-Perante a inexistência de investigação dita “académica” acerca da numária de D. João I, o Museu da Casa da Moeda não se empenha de modo algum em incentivar a investigação acerca desta numária, indeferindo, sem qualquer fundamentação, o requerimento que lhe foi endereçado nesse sentido;
-O Museu da Casa da Moeda, neste conspecto, faz uma divulgação da moeda “enquanto objecto que marca a nossa história, cultura e civilizações” perfeitamente errada, induzindo o público em geral à aceitação de manifestas incorrecções científicas, deseducando, em vez de educar;


A final, porque isto é tudo uma grande treta e me estou marimbando para a “Règle du Jeu”, sei que ao publicar este post fecho definitivamente uma porta relativamente às minhas investigações. De qualquer modo, a verdade é que me dirigi a uma instituição sem pedir qualquer financiamento (tenho custeado tudo - e acreditem que a factura tem sido cara - a minhas expensas). Os representantes da instituição atiram-me imediatamente com um “atenção que não damos dinheiro”. Eu chuto-lhes que não quero dinheiro nenhum, mas apenas a hipótese de conhecer a quantidade de prata de 32 moedas. E ainda têm a lata de me dizer que não me dão a chancela deles, que nunca lhes pedi. Raios me pelem se algum dia tivesse que usar a chancela de uma instituição com esta pobreza científica. Quero publicar estudos independentes por isso mesmo e quando sugeri ao Paulo Alves a criação dos ENP’S, foi precisamente para termos uma base de publicações que não devesse nada a niguém. No dia em que recebi a resposta ao requerimento fiquei profundamente desiludido e entristecido. Caíram-me os braços ao chão. Enquanto me caíram os braços ao chão, só pensava o seguinte: “Então mas a instituição que acima de tudo deve velar pelo progresso da numismática e da história monetária, não dá sequer uma ajuda (sem qualquer custo monetário) a quem o quer fazer por ela??? Que raio de mundo é este???” Ao fim da tarde levantei os bracos e comecei a dar no estudo com as maiores ganas que podia. Isto está atrasado ainda. Fazer um estudo sobre estes 50 anos de numária é muito complexo. E é por isso que ninguém o fez, nem ninguém sabe nada disto de modo sistemático e criterioso. Tenho corrigido muitos aspectos do estudo ao longo deste último ano. Continuo a aumentar a amostra, quer seja a fotográfica, quer seja a metrológica, quer ainda a de composição química. Estou a chegar a conclusões cada vez mais correctas (na minha opinião) e a limar muitas arestas. Enquanto sentir que há arestas relevantes por limar, não posso editar o estudo. E já lá vão três anos a viver isto com muita intensidade. E se não o vivesse assim; e se ninguém o vivesse assim; não haveria estudo algum que pudesse sistematizar esta numária. Agradeço a todos (e têm sido muitos) os que me vão ajudando. O estudo vai, por agora, com 505 páginas A4. E será um dia editado. E o Museu da Casa da Moeda receberá um exemplar. Haja alguém lá dentro com capacidade para o ler e, sobretudo, entender. Se quiserem arrumar na estante, é-me igual. Tenho a certeza absoluta que algum dia haverá quem lhe limpe o pó. Se cometerem a ousadia de o deitar para o lixo, tanto se me dá. Vou editar muito poucos exemplares. Mas, como sempre disse que faria, esgotados os exemplares físicos, disponibilizarei o estudo na internet de modo gratuito. E, nessa altura, não haverá caixote do lixo que valha a ninguém.



Monge
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2026
Registado: quinta abr 26, 2012 10:59 pm

Re: Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#2 Mensagem por Monge » sexta mar 08, 2019 8:58 am

É triste constactar o desinteresse manifestado por uma instituição que deveria ter o máximo interesse em apoiar estes estudos.
Será que com "uma cunha" do Engº Trigueiros se poderia abrir esta porta?

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 6513
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#3 Mensagem por fernanrei » sexta mar 08, 2019 9:12 am

caro amigo Iuri, o museu da casa da moeda já tinha dado provas da ligeireza com que aborda a temática, bastando para isso verificar como limparam alguns exemplares usados para exposição. Pelo facto de não terem compreendido o valor do teu trabalho, reforçam a ideia do amadorismo latente existente dentro da instituição, o que é uma pena, resta apenas acreditar que possam ter acontecido alguns problemas em consequência da pressa e da falta de tempo, mas não creio. Relativamente ao teu trabalho, só tenho a dizer que irá ser valorizado por quem conhece e gosta de moedas, irá constituir uma excelente fonte para consultas (esclarecedoras) futuras, irá ter com certeza um lugar de destaque na numismática nacional e na minha opinião pessoal, será com certeza uma fonte de prazer numismática para se degustar durante muitos anos. Um bem haja muito grande e muita força e coragem nesta reta final. :clap3:
"Quod erat demonstrandum"

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 6116
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#4 Mensagem por silvio2 » sexta mar 08, 2019 9:40 am

Caro Iuri
Lamento profundamente o sucedido. Compreendo, a frustração e o desânimo de quem, na prossecução de um estudo desta natureza (com tão relevante importância para o estudo da "numária portuguesa") vê fecharem-se-lhe as "portas" de uma instituição que, era suposto, deveria ter até "ficar agradecida" pela generosa disponibilidade e contribuição, para a catalogação correcta de "alguns" exemplares do seu vasto acervo numismático. E sem custos! :(
Na verdade, não se compreende ... ;)
E não posso deixar de expressar aqui, o meu apoio e solidariedade ao Iuri e agradecer-lhe (em meu nome e no de todos os que têm usufruído dos resultados dos seu trabalho), tudo o que tem feito em prol de um melhor conhecimento e compreensão da numária nacional. Obrigado! :clap3: :clap3: :clap3:
Cumprimentos,
Sílvio Silva

Avatar do Utilizador
NVMVS
Reinado D.José
Mensagens: 517
Registado: segunda out 29, 2018 1:38 pm

Re: Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#5 Mensagem por NVMVS » sexta mar 08, 2019 9:47 am

Caro Iúri,

Embora não o conhecendo pessoalmente e ser um membro recente do forúm, constato que sabe do que fala. Tenho seguido com muita atenção os seus posts porque a numária do Mestre de Avis é das minhas preferidas (só superada pela de D. Fernando).

Quero-lhe dizer que estou disponível para lhe mostrar o meu pequeno acervo caso ache necessário. Tenho pena que os nossos dinheiros no âmbito da cultura (e não só) sejam geridos assim e que quem está à frente das instituições não tenha abertura de espírito para sentir os ventos da mudança e os progressos de quem efetivamente trabalha com gosto.

Quero acreditar que cada vez mais estas situações sejam identificadas e corrigidas de forma a que se progrida naquilo que é verdadeiramente importante.

Tiro-lhe o chapéu :clap3:
Cumprimentos
Diogo

Avatar do Utilizador
mikedutti
Reinado D.Maria II
Mensagens: 291
Registado: sexta out 10, 2008 9:00 am
Localização: Funchal

Re: Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#6 Mensagem por mikedutti » sexta mar 08, 2019 10:25 am

Caro Luri,
Venho expressar a minha tristeza para com o sucedido, lamento que esta instituição sendo o que é e o que representa, tenha tomado tal posição e tal atitude, e que isso leve ao seu desanimo, mas como é notório o apoio desta comunidade, simpatia e valorização do que faz, tenho a certeza que o estudo que tem desenvolvido é e será uma referencia na numismática portuguesa e isso ninguém lhe poderá negar.
Cumprimentos
Miguel Teixeira

Avatar do Utilizador
Jorge Freitas
Reinado D.Pedro V
Mensagens: 224
Registado: sexta ago 17, 2012 6:50 pm

Re: Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#7 Mensagem por Jorge Freitas » sexta mar 08, 2019 10:49 am

Vergonhoso...........
Os senhores que estão lá a "mamar" com erário publico, denominados de historiadores, investigadores e outras tretas, são tudo tachos e panelas de amigos e familiares, como na maioria das instituições deste pais.
Todas estas contradições e falsas fundamentações assim como informação errada, deveria ser publicada e replicada o mais possivel, para ver se ao menos , esses suga dinheiro que lá estão, saíssem de lá para fora......
Mereciam uma boa divulgação pública...
Vergonhoso...
E mais vergonhoso ainda é não deixar que os outros façam algum trabalho, só para não lhes ir mexer com o que eles controlam...
Com os melhores cumprimentos
Jorge Freitas
(http://megaleiloes.pt/LEILOES-DE-jorgefreitas)

Avatar do Utilizador
ToninhoMantorras
Reinado D.Maria I
Mensagens: 491
Registado: sexta dez 16, 2005 9:50 pm
Localização: Guimarães
Contacto:

Re: Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#8 Mensagem por ToninhoMantorras » sexta mar 08, 2019 12:43 pm

Caro amigo Iúri,

posso perguntar-lhe com quem falou na casa da moeda?
Quando fiz o video sobre a História da Moeda em Portugal, a Casa da Moeda foi um local importantíssimo para a realização do meu projeto.
Embora não fosse fácil e foi um processo que demorou bastante tempo foi-me dada a possibilidade de ver, tocar e filmar todas as moedas que precisei para o meu trabalho. Aproximadamente 100 moedas. Cheguei a ter tabuleiros à minha frente com morabitinos de todos os reinados, portugueses, moedas únicas e outras de extrema raridade e valor como se pode ver no filme. Isto já foi à 6 anos atrás, fui variadíssimas vezes de Guimarães a Lisboa para poder explicar em que consistia o meu trabalho. Ás vezes também é preciso encontrar as pessoas certas. E eu tive essa felicidade.

Com os melhores cumprimentos,
João Dias
NOVO VIDEO/DOCUMENTÁRIO
PADRE JOÃO PARENTE "O CAÇADOR DE TESOUROS"
ESTREIA DIA 26 DE SETEMBRO DE 2015
FAÇA A SUA RESERVA NESTE TÓPICO:

http://forum-numismatica.com/viewtopic. ... 2&t=106352

João Dias

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2545
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#9 Mensagem por numisiuris » sexta mar 08, 2019 2:20 pm

Reitero o meu obrigado a todos pelo apoio a este estudo.

Caro João, eu também vi as moedas. E de nada me adiantou. Elas estão todas fotografadas, com melhor ou pior qualidade. Podia fazer como o Eng. Paulo Lemos e agora vir dizer que dois dos reais com trifólios são claramente de bolhão e que apenas ponho a dúvida de um deles ser de prata, embora não supeiror a seis dinheiros. Mas isto vale o que vale, porque sem as moedas andarem uns metros até ao equipamento xrf disponível na contrastaria, não há sequer indícios. Ou seja, não há absolutamente nada de novo quanto à composição química.

Com quem (pessoas) falei está escrito no post. Mas, acima de tudo, falei com uma instituição. Dirigi-lhe um requerimento. Apenas pretendi expôr a situação em público, porque acho que estas coisas devem ser conhecidas. E fi-lo objectivamente, relatando factos e, subjectivamente, dizendo a minha opinião sobre eles.

Um abraço a todos!

Avatar do Utilizador
ToninhoMantorras
Reinado D.Maria I
Mensagens: 491
Registado: sexta dez 16, 2005 9:50 pm
Localização: Guimarães
Contacto:

Re: Contrbuto do Museu da Casa da Moeda para o estudo da numária de D. João I

#10 Mensagem por ToninhoMantorras » sexta mar 08, 2019 2:42 pm

Caro Iuri,

No seu post apenas refere "uma diretora e um individuo". Como se chamava a diretora?
Infelizmente não é fácil encontrar quem nos compreenda eu tambem senti isso na pele. Mas pode ser que o possa ajudar.

Um abraço,
João Dias
NOVO VIDEO/DOCUMENTÁRIO
PADRE JOÃO PARENTE "O CAÇADOR DE TESOUROS"
ESTREIA DIA 26 DE SETEMBRO DE 2015
FAÇA A SUA RESERVA NESTE TÓPICO:

http://forum-numismatica.com/viewtopic. ... 2&t=106352

João Dias

Responder

Voltar para “D. João I”