Assim vai o nosso património... que tristeza...

Aqui pode falar sobre tudo e mais alguma coisa. Esta é a área de recreio :)

Moderador: Moderador de Honra

Avatar do Utilizador
Mmatos
Reinado D.Pedro II
Mensagens: 631
Registado: segunda nov 08, 2004 4:35 pm
Localização: Lisboa/Caxias
Contacto:

Assim vai o nosso património... que tristeza...

Mensagempor Mmatos » sexta out 06, 2017 11:59 pm


euoutravez
Reinado D.João V
Mensagens: 560
Registado: quarta mar 19, 2014 1:27 am

Re: Assim vai o nosso património... que tristeza...

Mensagempor euoutravez » sábado out 07, 2017 10:02 am

Reportagem interessante :)

Estas questões são, em minha opinião, mais complexas do que parecem à primeira vista. A reivindicação do património acarreta custos imensos em pessoal, equipamento, espaços de recuperação e finalmente necessitam de um lugar para exposição do espólio. Sem estas condições percebo que o estado opte por não reivindicar os achados. Ter uma política nesse sentido independentemente do achado e antes do avaliar já me parece mais estranho..
Por outro lado, e na reportagem toca-se apenas ao de leve na situação, existem sempre dificuldades de comunicação com os países onde o achado foi feito. Lembro-me de ter visto uma reportagem similar em relação ao achado na Namíbia e penso que os arqueólogos enviados tiveram bastantes dificuldades burocráticas, pois os países achadores querem ficar com o espólio e nem sempre aceitam a intervenção oficial do estado português.

Pela reportagem é fácil de ver que com 4 pessoas, um edifício sem condições e provavelmente um orçamento diminuto seria difícil assumir toda a recuperação do espólio destes dois naufrágios. Enfim, nas circunstâncias económicas dos últimos anos percebo que o estado não tenha capacidade financeira para reivindicar estes achados e penso que será certamente possível, e se calhar com melhores resultados, reivindicar as peças principais no futuro, pagando-as em vez de assumir todos estes custos de recuperação da totalidade do espólio. Eu não conheço a lei e nem sei se haverá prazos para a reivindicação ou se ela tem de ser total, mas haverá certamente objectos que deveriam estar cá.
Com o tempo e o investimento certo acredito que as peças únicas e marcantes para a nossa história irão acabar em Portugal. Não vejo necessidade de investir milhões para ir buscar canhões do séc XVI, cruzados de ouro e as carcaças dos barcos se esse espólio estiver a ser tratado com o cuidado que merece, pois existem dezenas de objectos similares em Portugal. No que toca ao astrolábio e peças desse calibre, únicas e importantes na nossa história, já penso que o estado deveria fazer um esforço financeiro para as adquirir ainda que o venha a fazer apenas de futuro e a preço de mercado.

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.João IV
Mensagens: 731
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Assim vai o nosso património... que tristeza...

Mensagempor fernanrei » domingo out 08, 2017 2:39 pm

A lei não é muito complicada mas olhar para ela custa muito. A maior parte do espólio desses achados vai parar às mãos de coleccionadores privados e até algumas instituições ligadas a algum estado monopolista tipo USA, porque para cá não me parece que venham. Infelizmente o levantamento desse tipo de achados requer muito investimento mesmo em território nacional, no estrangeiro pode tornar-se incomportável para países como o nosso, sem cultura histórica solidificada. Vamos rezar para que nos calhe alguma coisa...
:D FMMRei :D


Voltar para “Off-Topic”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante