Identificação de lote / Estudo de Sinete

Moedas cunhadas desde D.Afonso I até D.Pedro P.Regente

Moderadores: palves, LMACHADO, numisiuris, crislaine, Jacinto Silva, Praça, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8131
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#11 Mensagem por MCarvalho » sexta set 07, 2018 10:55 pm

PS Vamos lá ver esse sinete.


MCarvalho

onlion
Reinado D.Carlos
Mensagens: 101
Registado: segunda mar 06, 2017 3:30 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#12 Mensagem por onlion » sábado set 08, 2018 7:17 am

MCarvalho Escreveu:PS Vamos lá ver esse sinete.
Trata-se de um sinete de grandes dimensões em bronze com uma capa de ouro (desgastada) e com um sistema de dobradiça na pega que encontrei só num exemplar no museu de Zurique (https://www.nationalmuseum.ch/sammlung_ ... 163#187163), calculo que seja para facilitar o transporte e ao mesmo tempo para exibir pois colocados a 45 graus ficam como os apoios das molduras.
A limpeza demorou meses de muito cuidado pois a dobradiça estava com terra.

Já fiz em plasticina um positivo do sinete e na legenda aparece "Beati qui propter iustitiam persecuntur quoniam tuor est ", sendo que a penúltima palavra ainda esteja meio indecifrada.

A legenda remete para as Bem-Aventuranças de Mateus mas terá ligações com algum tribunal ou algo do género.
A herdade onde estava o sinete pertenceu a D. Manuel I quando era duque de Beja

Pelo que tenho estudado e lido parece-me que poderá ser um sinete de um tribunal pré Inquisição, talvez da época em que D. Manuel I que foi o grande impulsionador da Inquisição em Portugal estaria a preparar a sua entrada no país. Já procurei nos arquivos disponíveis na internet da Torre do Tombo e não encontrei nada. Encontrar um selo de lacre feito por este sinete seria espectacular.
A cruz no topo do escudo indicará uma autoridade eclesiástica.

Imagem

Imagem

Imagem

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4065
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#13 Mensagem por fernanrei » sábado set 08, 2018 10:09 am

A nº3 quanto a mim será um Real Branco de D. João I :think:
:D FMMRei :D

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4065
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#14 Mensagem por fernanrei » sábado set 08, 2018 10:10 am

Monge Escreveu:1 -8 Maravedis de D.Filipe IIII
2 -Ceitil de D.Manuel I
3 -Pilarte de D.Fernando
4 -Ceitil de D.Manuel I (Magro 2.1.8)
5 -Ceitil (Manuel ou João III)
6 -Ceitil D.João III (???)
7 -Ceitil de Ceuta de D.Afonso V (Magro 9.2.1)
8 -Muito suja. Talvez Meio Real Preto de D. Duarte ou Afonso V
9 -Ceitil de D. Afonso V (Grupo 1??. Difícil classificação pelo desgaste)
10 -Ceitil de D. João II (difícil classificação pelo desgaste)
11- Meio Real Branco de Afonso V (???)

Isto salvo melhor opinião pois as moedas estão em muito mau estado.
Amigo Monge, quero crer que a terceira moeda não será um Pilarte mas sim um real branco de D. João I :thumbupleft:
:D FMMRei :D

onlion
Reinado D.Carlos
Mensagens: 101
Registado: segunda mar 06, 2017 3:30 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#15 Mensagem por onlion » sábado set 08, 2018 4:44 pm

:thumbupleft:
Obrigado!

E qual a opinião sobre o sinete?

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4065
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#16 Mensagem por fernanrei » sábado set 08, 2018 5:12 pm

Em relação ao sinete não posso adiantar muito, apenas julgo estranho o escudo não estar coroado. Para ser da época que refere, quero crer que o escudo teria que ser à semelhança do brasão Real, mas posso estar enganado. :think:
:D FMMRei :D

onlion
Reinado D.Carlos
Mensagens: 101
Registado: segunda mar 06, 2017 3:30 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#17 Mensagem por onlion » sábado set 08, 2018 5:47 pm

Não acredito que seja da republica
A legenda apresenta um latim tipico do sec XVI com algumas letras caracteristicas da época como "iuftita"
Esta utilização do F em vez do S e o contexto isolado e concentrado em que foram encontradas as moedas e estes artefactos leva-me a crer que serão da mesma época

Tenho visto brasões dessa época sem a coroa
Talvez seja de departamentos que não dependiam directamente do rei.

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4065
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#18 Mensagem por fernanrei » sábado set 08, 2018 5:53 pm

onlion Escreveu:Não acredito que seja da republica
A legenda apresenta um latim tipico do sec XVI com algumas letras caracteristicas da época como "iuftita"
Esta utilização do F em vez do S e o contexto isolado e concentrado em que foram encontradas as moedas e estes artefactos leva-me a crer que serão da mesma época

Tenho visto brasões dessa época sem a coroa
Talvez seja de departamentos que não dependiam directamente do rei.
Podem existir muitas razões para o escudo não estar coroado e tal como refere, mesmo na monarquia podia-se encontrar o escudo sem estar coroado, dou o exemplo do escudo dos ceitis. Mas para ser um selo da justiça, aí sim, o escudo teria que estar coroado. :thumbupleft:
:D FMMRei :D

onlion
Reinado D.Carlos
Mensagens: 101
Registado: segunda mar 06, 2017 3:30 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#19 Mensagem por onlion » segunda set 10, 2018 3:30 pm

Alguma outra teoria?

Quanto à época a que tenha pertencido acredito que seja contemporâneo dessas moedas pois o local onde foi encontrado é completamente isolado num raio de 2 ou 3 km e numa área de menos de 200 m2

Alguém conhece algum arquivista no Tombo que me possa ajudar?

MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8131
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Re: Ajuda na identificação de lote

#20 Mensagem por MCarvalho » segunda set 10, 2018 6:12 pm

Ora bem...
Creio que a datação será, sim, do século XVI.
O sinete é, como já concluído, de uma autoridade eclesiástica (o versículo que transcreveu parece ser uma variante de Mateus 5:10 Beati qui persecutionem patiuntur propter justitiam: quoniam ipsorum est regnum cælorum - Bem aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, pois deles será o Reino dos Céus). O que nos remete realmente para um tribunal eclesiástico. Outros elementos, como os croques (ou ganchos) que ladeiam o escudo também remetem para um ofício ligado à justiça (é curioso que, por alvará de 1521, os mestres com loja e oficina em Lisboa eram obrigados a terem pendurados na parede um gancho desses para apanhar e entregar à justiça quem andasse na rua a roubar ou fazer desacatos).

A associação do croque à justiça será pois, posterior a 1521.
O alvará dos ganchos :)
Imagem

Ao mesmo tempo, o escudo é também o emblema pessoal do portador/oficial religioso. Neste caso, são armas de um infante da Casa Real. A pessoa que me vem mais depressa à memória é o cardeal D. Henrique, que, antes de ser rei, tinha como ex-libris o escudo nacional, encimado por uma cruz, sem coroa, tal como o do sinete. A principal diferença é que o cardeal usava sobre o escudo (como todos os cardeais ou bispos) o chapéu, e este sinete não tem nada disso.

Frontispício de um livro revisto pela Inquisição, com o escudo do Cardeal D. Henrique, como inquisidor-mor (1563).
Imagem

Conclusão: poderá ser o sinete de algum funcionário que trabalharia para um tribunal religioso (o mais célebre é o Santo Ofício, mas pode ser outro) que estivesse sob a administração de um membro da Casa Real - inclino-me a pensar em D. Henrique, mas poderá ter sido outro infante.
MCarvalho

Responder

Voltar para “Monarquia Portuguesa - Cunhagem Manual”