Alves Reis e a sua emissão de notas

Estados de conservação, artigos, apontamentos, dúvidas e outros assuntos sobre a notafilia

Moderadores: VMNV, José Duarte, Moderador de Honra

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10297
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Mensagempor tm1950 » domingo dez 13, 2009 11:01 pm

Determinadas partes desta apresentação estão muito resumidas, pois aparecem apenas tópicos que seriam desenvolvidos na altura.
É pois natural que surjam dúvidas a até incompreensões que podem, e devem, ser colocadas agora. :thumbupleft:
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

MBarreleiro
Reinado D.Dinis
Mensagens: 1633
Registado: domingo nov 07, 2004 9:26 pm
Localização: Ermesinde/Porto

Mensagempor MBarreleiro » domingo dez 13, 2009 11:21 pm

Infelizmente foi pena o tempo não dar para tudo, pelo que as apresentações foram as sacrificadas! :(

Para os próximos encontros penso que seja um dos aspectos a corrigir, pois já em Lisboa aconteceu exactamente o mesmo! :1zhelp:

Como já tive oportunidade e previlégio de o dizer, acho este trabalho fantástico e interessante! :clap3:
Colecciono: Moedas; Cápsulas de espumante; Pacotes de açúcar e Pins de Heráldica
Lista de Pacotes de açúcar em falta: http://www.pacotada.com/listafaltas/mpac1050

Avatar do Utilizador
EUROESCUDO
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4933
Registado: sábado mar 07, 2009 12:07 pm
Localização: Maia - Porto - Portugal
Contacto:

Mensagempor EUROESCUDO » segunda dez 14, 2009 12:12 am

De acordo com o mencionado... um trabalho Fantástico!

É estes temas e abordagens que me fascinam, sinto-me eu e a literatura dois amigos inseparáveis, é por isto que juntei a estas Obras, aprender e compreender aqui no Fórum de Numismática.

Parabéns a este tema interessante e ao Fórum no melhor.
:clap3: :clap3: :clap3: :clap3: :clap3:

(Obs: Apesar de não ter lido ainda tudo, já faz parte do tempo que vou dispensar.)
C/ Melhores cumprimentos:
M E N D E S
€uroe$cudo

Consulta Rápida do Fórum ---- Literatura On-line [PDF]

zefer44
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3371
Registado: domingo jun 22, 2008 2:31 pm
Localização: Lisboa

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor zefer44 » segunda dez 14, 2009 2:01 pm

Foi de facto uma pena, não ter havido tempo durante o Encontro, para o amigo Celso, com o seu saber e entusiasmo nos brindar com uma bela dissertação deste tema tão apaixonante.

Fica no entanto aqui o registo de um trabalho primoroso, de um esquema de palestra, a que o amigo Celso, dará sem sem qualquer dúvida, uma resposta esclarecedora às questões que lhe possam ser levantadas.

Da minha parte, quero para já, expressar-lhe uma vez mais o meu apreço, pelos seus contributos, à Numismática em geral, e à Notafilia em particular.

Obrigado. :thumbs:
Horácio Ferreira


La cuna del hombre la mecen con cuentos

DIGA NÃO ÀS FALSIFICAÇÕES! DO NOT COOPERATE WITH JUNK TRADERS!

Avatar do Utilizador
numismo
Reinado D.Maria I
Mensagens: 462
Registado: quarta jul 22, 2009 6:56 am

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor numismo » segunda dez 14, 2009 4:23 pm

Parabéns, uma pesquisa excepcional

:clap3: :clap3: :clap3: :clap3: :clap3: :clap3: :clap3:

Avatar do Utilizador
A.Teixeira
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2105
Registado: sábado mar 07, 2009 12:59 pm
Localização: Almeirim
Contacto:

Mensagempor A.Teixeira » segunda dez 14, 2009 5:20 pm

Epah mas que maravilha mesmo!! Li por alto mais logo vejo melhor detalhadamente está de parabéns!
Cumprimentos

Alexandre Teixeira

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10297
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Mensagempor tm1950 » segunda dez 14, 2009 10:13 pm

À medida que os meus conhecimentos sobre este caso iam aumentando fui-me questionando sobre a seguinte questão:

Como foi possível os ingleses da Waterlow & Sons terem caído nesta esparrela, na armadilha montada por Alves Reis e seus parceiros?

Apenas nos dias que se seguiram à descoberta da duplicação de notas foi equacionada a possibilidade da firma Waterlow & Sons estar conluiada com Alves Reis. Creio que não passou de uma hipótese académica e a idoneidade e seriedade da firma e do seu Presidente não foi questionada nos tribunais.

Pela bibliografia consultada tenho a seguinte versão para tentar perceber, ou justificar, a atitude desleixada, condescendente, lasciva e pouco competente da empresa.

A Waterlow & Sons, dois anos antes destes acontecimentos, tinha produzido a estampagem das famosas “Ritas”, encomendadas pelo Alto-Comissário em Angola (1921-1923), General Norton de Matos.

Foi a Waterlow & Sons quem imprimiu as cédulas de 10 e 20 centavos - AN13 e AN15 (Mário de Almeida 10 e 11).

A Waterlow & Sons tinha também recentemente conseguido vários contratos com o Banco de Portugal que englobaram a estampagem das notas de 2$50 Chapa 2; 5$00 Chapa 4; 10$00 Chapa 3; 20$00 Chapa 4; 50$00 Chapa 3; 100$00 Chapa 3 (não emitida) e de 500$00 Chapa2. Até aqui havia sido a firma Bradbury, Wilkinson & Co Ltd a preferida pelo Banco de Portugal.

Sir William Waterlow pretendia agradar a Portugal e ultrapassar a sua rival Bradbury na estampagem de notas para os emissores portugueses. Sabia igualmente que a situação monetária/fiduciária em Angola não era boa, pois já a conhecia aquando da estampagem das “Ritas”, não estranhando pois que houvesse necessidade de uma emissão de notas de valor facial elevado, para circular em Angola.
Foi, talvez, por estas razões que Sir William recebeu pessoalmente Marang, no seu gabinete, em 04Dez1924.
Marang não o desiludiu:
- apresenta-se com o seu cartão de visita onde consta ser Cônsul-Geral da Pérsia em Haia;
- entrega uma carta de recomendação duma firma estampadora holandesa bem conhecida dos ingleses;
- entrega ainda uma carta de António Bandeira, irmão de José e Embaixador de Portugal em Haia, onde é referido o contrato de que é portador, reforçando o caracter oficial da emissão;
- por último, o contrato entre Alves Reis e o Governo de Angola que, embora muito confuso e incompreensível, fala de uma emissão de notas e tem tudo para ser verdadeiro com as assinaturas reconhecidas e o notário autenticado nos consulados inglês, francês e alemão.

Foi, possivelmente, neste contexto que Marang viu as portas da Waterlow, não abertas, mas escancaradas para a estampagem das notas.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10297
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Mensagempor tm1950 » quarta dez 23, 2009 11:47 pm

Imagem

É mais um aspecto curioso desta história.
O texto refere-se a notas de 10 centavos, pois trata-se das cédulas de 10 centavos que foram impressas pela Watwerlow & Sons. É bem possível que não fossem apenas cédulas de 10, mas também de 20 centavos - AN 13 e AN 15.

Em relação às acções do "Banco Angola e Metrópole", nunca vi imagens de nenhuma nem sequer de títulos provisórios.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10297
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Mensagempor tm1950 » segunda dez 28, 2009 10:46 pm

Uma questão que surge sempre que se fala deste caso é saber quanto poderia valer a emissão de notas de Alves Reis.
Em 1995/6, Manuel Mira Godinho, na altura Professor do Instituto Superior de Economia e Gestão, avançou com a seguinte avaliação.
Mira Godinho considerou a totalidade da emissão 580.000 notas, embora tenham sido postas em circulação pouco mais de 200.000 notas.

Imagem
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

zefer44
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3371
Registado: domingo jun 22, 2008 2:31 pm
Localização: Lisboa

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor zefer44 » terça dez 29, 2009 2:00 pm

Muito curiosa esta extrapolação, para os valores da altura em que a comparação foi feita!

Mais uma vez, amigo Celso, muito obrigado pela pesquisa que vai fazendo deste episódio tão apaixonante! :thumbs:


:xmas:
Horácio Ferreira


La cuna del hombre la mecen con cuentos

DIGA NÃO ÀS FALSIFICAÇÕES! DO NOT COOPERATE WITH JUNK TRADERS!


Voltar para “Assuntos didácticos”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante