Alves Reis e a sua emissão de notas

Estados de conservação, artigos, apontamentos, dúvidas e outros assuntos sobre a notafilia

Moderadores: VMNV, José Duarte, Moderador de Honra

moses
Escudinho da II República
Mensagens: 8
Registado: sábado mar 05, 2011 5:46 pm

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor moses » terça dez 09, 2014 6:48 pm

Hi,

Next month, there is an interesting note up for auction:

http://currency.ha.com/itm/world-currency/portugal-banco-de-portugal-500-escudos-17111922-pick-130/p/3532-85043.s

Banco de Portugal or Alves Reis?

Best regards,

Martin

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10863
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor tm1950 » terça dez 09, 2014 7:14 pm

Alves Reis! :D

Imagem
Na emissão do Banco de Portugal não existe "," (vírgula) depois de Sons

Imagem
Na emissão do Banco de Portugal, junto à flor-de-lis, foram utilizadas as letras de A a H. Neste exemplar está a letra "O".
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 7573
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor MCarvalho » terça dez 09, 2014 7:34 pm

Estimativas, Celso, para estes 500 escudos? :) Porque valores costuma começar este marisco?
MCarvalho

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10863
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor tm1950 » terça dez 09, 2014 7:46 pm

MCarvalho Escreveu:Estimativas, Celso, para estes 500 escudos? :) Porque valores costuma começar este marisco?

Estas notas não quase não circularam porque fizeram parte da segunda encomenda de Alves Reis.
Pelo aspecto, este exemplar pertenceu a um lote que apareceu há uns anos. Estiveram num ambiente muito hostil e apresentavam danos gravosos. Este seria um dos melhores exemplares. Todas as notas estavam dobradas a meio. Tenho imagens de outros exemplares deste lote.
Poderá valer 4 a 5.000 euros.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10863
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor tm1950 » quarta dez 10, 2014 12:03 am

A segunda encomenda de Alves Reis à Waterlow contemplou 330.000 notas, das séries 1B a 1Z, excepto vogais.
Deste lote 100.000 ficaram na Holanda à guarda de Marang. As restantes 230.000 chegaram a Portugal em 23Nov1925 protegidas pelo passaporte diplomático do Conde Planas Suarez, embaixador da Venezuela em Portugal, que acompanhou o transporte juntamente com Marang, via ferroviária.
Estas notas foram sendo retiradas da casa do embaixador em malas de mão.
No dia 4 de Dezembro começam as investigações no Porto. Na agência desta cidade foram descobertas as primeiras duplicações ao comparar notas aqui existentes com notas apreendidas na agência do Porto do Banco Angola e Metrópole, de Alves Reis. Nos dias 5 e 6 foram presos os principais intervenientes na marosca. As notas foram apreendidas.
Face ao exposto, verifica-se que as notas da segunda encomenda quase não circularam.
Exemplares que apareceram no mercado em Dez2006:
Imagem
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10863
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor tm1950 » sexta dez 12, 2014 10:18 pm

A atribuição pela PMG de AU55 a este exemplar merece toda a minha discordância.
Estou convencido que esta nota fez parte do lote que referi anteriormente, que apareceu à venda em Dez2006. As notas do lote não circularam pelas razões que invoquei e tinham vinco central, foram dobradas ao meio. Terão estado num ambiente muito hostil e apresentavam danos mais ou menos gravosos. Eu vi uma pequena parte do lote, mas havia algumas notas bem piores do que as que apresentei aqui, com faltas de papel e com papel muito danificado.
Em todas as notas que me foram presentes notei que o brilho do papel tinha desaparecido. Este exemplar estará também assim a avaliar pelos vestígios da marca de água, bem visíveis no veros da nota, o que não é normal.
O amarelecimento (stained) foi provocado pelo ambiente agressivo onde terá estado e não de forma mais natural.
Por tudo isto, não considero a nota Bela, sequer.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

moses
Escudinho da II República
Mensagens: 8
Registado: sábado mar 05, 2011 5:46 pm

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor moses » terça jan 06, 2015 10:16 am

Many thanks for the infos!

Regards,

Martin

ManuelPiresHortaRosa
Reinado D.Miguel
Mensagens: 327
Registado: quarta set 11, 2013 7:41 am
Localização: Holanda - Santana de Cambas (Mértola)

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor ManuelPiresHortaRosa » terça jan 06, 2015 11:05 am

Bomdia,

Uma nota que infelizmente ainda não tenho na minha coleção, tive oportunidade de a comprar mas o estado de conservação que poderia eventualmente pagar não me agradou nada, muitas manchas e por vezes até falta de papel. Este 55 About Uncirculated e vindo ele da conceituada PMG deixa realmente muito a desejar, concordo plenamente, parabéns pelo trabalho desenvolvido caro Celso.

Melhores cumprimentos,

Manuel Rosa

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10863
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor tm1950 » domingo jan 11, 2015 8:19 pm

Fez US$6.1462,50. É curioso que outros exemplares deste leilão, para mim mais interessantes, não saíram por preços mais amigáveis. ;)
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

SANCHO
Reinado D.Dinis
Mensagens: 1624
Registado: terça abr 29, 2008 12:12 am

Re: Alves Reis e a sua emissão de notas

Mensagempor SANCHO » domingo jan 11, 2015 10:44 pm

As bases estavam muito altas e por isso muitas ficaram por vender.
Apesar disso, diria que há alguma lógica nos preços atingidos.
8.000 eur pelos 1.000$00 ch.4 Sá da Bandeira AUNC55 é uma oportunidade única.
Dificilmente aparecerá outra igual.
Por outro lado, os quase 6.500 eur por uma prova do Palmela, mesmo UNC64, só lhe vem dar razão a si pela exigência da qualidade.
O preço foi devido ao 64.
Só recentemente comecei, apenas por curiosidade, a olhar para preços de notas de outros países e alguns são estratosféricos!


Voltar para “Assuntos didácticos”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes