Uma nota, uma compra e um mistério…

Informação e discussão de temas relacionados com a notafilia portuguesa

Moderadores: VMNV, José Duarte

José Duarte
Reinado D.Luís
Mensagens: 152
Registado: terça abr 28, 2009 12:45 am
Localização: Lisboa

Uma nota, uma compra e um mistério…

Mensagempor José Duarte » quinta set 14, 2017 6:40 am

Uma nota, uma compra e um mistério…

Antes de regressar ao próximo ‘Notas Soltas’, logo que possível, partilho convosco uma situação muito desagradável e que tem apenas uma 'vítima': Eu!!!

Trata-se de um alerta, nomeadamente para a possibilidade desta nota de coleção poder aparecer no mercado. O envio com a nota nunca chegou ao meu endereço postal, um apartado na estação de correios das Olaias (Lisboa), e até hoje ninguém a quem informei e ou reclamei a ocorrência (PayPal, eBay, CTT Expresso e B2C Europe Spain) me deu traço do envio ‘perdido’, nem me indemnizou! Um mistério triste, ao estilo ‘triângulo das Bermudas’ de outros tempos!

A nota
No passado mês de maio adquiri no ‘eBay.com’ a um vendedor profissional e com feedback elevadíssimo, dos EUA, um exemplar da nota de 10 mil escudos, chapa 2, Infante D. Henrique, série/nr 3G2238341, a última de 1996, com as assinaturas do governador do Banco de Portugal António José de Sousa e do administrador Carlos Oliveira Cruz.
Trata-se de um exemplar certificado (PMG65), que apresentava a descrição do título da venda «1518712195191996 Portugal, Banco De Portugal, 10,000 Escudos, PMG 65 EPQ GEM UNC P#: 191a», que a seguir ilustro.

10000ESC.CH2.3G2238341.AJS-COC.V.GAMA.1996.PMG65EPQ.210€.EBAY.F.jpg


10000ESC.CH2.3G2238341.AJS-COC.V.GAMA.1996.PMG65EPQ.210€.EBAY.V.jpg


Os acontecimentos
Efetuei o pagamento pelo PayPal. A encomenda foi expedida pelo eBay Global Shipping Program. O expedidor embalou a nota num sobrescrito cartonado que foi recolhido pela Pitney Bowes, Inc. ao abrigo daquele programa. O envio passaria por diversas companhias transportadoras até chegar a Portugal e iria poupar-me da burocracia que sempre acontece com idas à alfândega, etc. Fui recebendo o trace do mesmo, que apresentava o Global Tracking nr UPAAA000000224271367.
Entretanto a empresa ‘B2C Europe Spain’ informa-me por mail que o envio havia sido reetiquetado e expedido em 29 de maio de 2017 desde o Hub de Madrid para Portugal, via CTT Expresso, sob o nr EA662156830PT, para entrega no meu apartado postal.
No dia 31 de maio recolhi no meu apartado 9969 da EC das Olaias (Lisboa) 1911-701 LISBOA o aviso para levantamento ao balcão do objeto postal. Eis que fui surpreendido com a entrega de uma caixa volumosa com cerca de 1 kg (!), que nunca poderia ser a minha encomenda (sobrescrito com aproximadamente 100 g), pelo que, à priori, recusei levantar, sem se promover uma verificação no local.
Após verificação efetuada pelo chefe da estação dos correios foi confirmado o erro na troca do envio, que de imediato informou a CTT Expresso do ocorrido.
O conteúdo e os documentos correspondiam a um ‘objeto eletrónico’ e o novo rótulo-etiqueta colocado, na passagem por Madrid, no rosto da caixa com o meu endereço sobrepunha-se, em parte, à etiqueta original, sendo possível perceber o nome e endereço do destinatário (de Almada), além da proveniência daquele envio/caixa ser do Reino Unido (InterPost).

Certezas e incógnitas
Sem me querer alongar, todas as tentativas de resolução resultaram em vão…
Restam-me algumas certezas e outras incógnitas:
• O envio foi efetivamente expedido pelo vendedor, a partir dos EUA, pelo Ebay Global Shipping Program, que paguei antecipadamente para me evitar deslocação e perda de tempo na alfândega e as burocracias associadas.
• Depois de vários trânsitos, o envio chegou a Madrid, onde a B2C Europe Spain o rotulou de novo, já com o nr da sua parceira portuguesa, CTT Expresso, transportadora final.
• Errou na rotulagem, dado que colou a nova etiqueta num outro envio, proveniente do Reino Unido e para outro destinatário.
• A PayPal, apesar do detalhe da minha descrição, só contatava o expedidor, que naturalmente confirmava a expedição do envio pelo eBay Global Shipping Program; por isso, encerrou o processo sem me indemnizar, fosse pelo valor pago pelo produto, fosse pelo custo do envio!!!
• Não conformado e após telefonema para a PayPal com as explicações já expressas, agora de viva voz, reabriram o processo. Passado cerca de um mês davam-me um prazo para devolver o envio (que eu nunca recebera ou levantara) ao remetente para poder ser ressarcido, como se se tratasse de uma simples troca de conteúdo!!!
• Entretanto, a CTT Expresso, a quem também já tinha exposto a ocorrência, já tinha devolvido o envio ao remetente, mas obviamente para o Reino Unido e não ao meu vendedor nos EUA, dado que o envio original nunca chegara, como se percebe!
• Apesar do meu esclarecimento, a PayPal encerra de novo o processo, informando que o remetente não recebeu o envio devolvido!
• Por sua vez, a B2C não assumiu o erro da troca de rótulos, informando que tinha efetuado o envio pela CTT Expresso… sem mais explicações!
• À minha reclamação já referida, a CTT Expresso informou que entregaram o que chegou, sugerindo que eu comunicasse ao remetente a ‘troca de conteúdo’ (!!!) e que iriam devolver o envio ao remetente (14 dias após a primeira comunicação pelo chefe da estação dos correios das Olaias e da minha primeira reclamação na tarde desse mesmo dia, a que se seguiram outras por escrito e por telefone!). Pelos vistos, não leram/perceberam o teor da reclamação e não sentiram necessidade de indagar junto da sua parceira B2C Europe, Spain!!!
• E o eBay, na sequência de contactos meus por escrito, lamentou o sucedido por duas vezes, informando que não podiam dar seguimento ao assunto porque a PayPal já tinha aberto processo e certamente tratariam com ‘carinho’ o assunto!!!
• Até à data, o envio (sobrescrito) que me era destinado nunca chegou, nem foi devolvido ao remetente.
• Tal como o envio que chegou aos correios das Olaias, proveniente do Reino Unido, que naturalmente não levantei por não me ser destinado, o meu foi eventualmente parar algures, a outro destinatário, que terá ficado com ele (?), pois o remetente/vendedor até à data nunca o terá recebido de volta, razão por que o PayPal passado mais de 2 meses encerrou o processo, sem mais…
• Mantém-se a incógnita acerca do paradeiro/destino do envio original, expedido dos EUA. Que rótulo (destinatário/endereço/país?) colaram no meu sobrescrito, cujo rótulo original deverá ter sido todo tapado/coberto?!
• Foi o mesmo recebido por alguém (como eu poderia ter ficado com a caixa que recusei pelas razões descritas)?
• Terá sido um simples erro ou alguém do ‘sistema’ ficou com o meu envio?

Enfim, acreditem que o incidente afetou-me bastante e ainda me incomoda, pelo facto em si e pelas circunstâncias subsequentes, tanto mais que aguardava ansiosamente por aquele exemplar específico. Confesso que me ‘desliguei’ até há pouco tempo da alegria e do ‘convívio’ da notafilia… agora atenuado pelo gosto e pela necessidade da pesquisa que ainda me encanta e, por vezes, me surpreende.
Fica, pois, aqui o meu desabafo e alerta, caso a nota apareça algures, seja no invólucro PMG, noutro ou mesmo nua, porque a série/nr manter-se-á: 3G2238341
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.
Cumprimentos,
José Duarte

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Filipe I
Mensagens: 862
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: Uma nota, uma compra e um mistério…

Mensagempor silvio2 » quinta set 14, 2017 8:18 am

Realmente, é lamentável que "estas coisas" aconteçam e que não haja alguém que assuma a responsabilidade, nem mesmo após reclamação, tão bem fundamentada!
Compreendo, caro Amigo, a sua indignação e revolta por, apesar das diligências efectuadas, não ter conseguido, ainda, resolver este desagradável episódio ...
Cumprimentos,
Sílvio Silva

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Pedro II
Mensagens: 647
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Uma nota, uma compra e um mistério…

Mensagempor fernanrei » quinta set 14, 2017 8:53 am

Caro ilustre, mesmo tendo existido nova rotulagem na expedição ficou de certeza registo da primeira, e se tem a identificação do primeiro envio aconselho a que faça queixa a PSP da sua área de residência de todos os envolvidos no sucedido, porque tendo em conta os factos e o valor do objecto poderá configurar-se de um crime de natureza negligente para não entrar em especulações. Se por acaso alguém recebeu a encomenda teve que fazer prova da identidade e existe com certeza registo do mesmo. Não permita que essas empresas de suposta credibilidade ponham em causa a sua honra e faça o que todos podemos fazer, exigir ao estado que garanta os poucos direitos que temos. Cumprimentos.
:D FMMRei :D

RubenGMelo
Reinado D.Miguel
Mensagens: 333
Registado: domingo ago 04, 2013 11:09 pm

Re: Uma nota, uma compra e um mistério…

Mensagempor RubenGMelo » quinta set 14, 2017 8:08 pm

Caro Sr. Duarte,

Lamento esta sua situação, infelizmente já passei pelo mesmo, apesar de ter sido com um valor bem menor de certeza! Teremos que ter esperança que as coisas corram bem!

Um abraço
Cumprimentos,

Ruben Melo

Megaleilões: https://megaleiloes.pt/RubenGM/loja


Voltar para “Notas Portuguesas”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante