As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

Moderadores: VMNV, José Duarte, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Monge
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1728
Registado: quinta abr 26, 2012 10:59 pm

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#21 Mensagem por Monge » terça mai 22, 2012 5:46 pm

Nessa época a única moeda de Timor mais ou menos oficial era a PATACA MEXICANA, carimbada com a Cruz de Cristo. Mas havia poucas em circulação enquanto abundavam as não carimbadas.
A moeda que circulava e em que eram pagos os funcionários públicos era a Pataca de Macau (Notas e moedas) pois era com Macau que havia mais movimento comercial.
No pequeno comércio (moeda de cobre e pouca de prata) era o Florim das Índias Holandesas.
O banco precisava de ter notas para os seus pagamentos e essas eram as Patacas de Macau.
Publiquei há tempos na revista da Sociedade de Numismática de Portugal, revista Numismática nº 108, um pequeno trabalho intitulado "Circulação Fiduciária em Timor"onde desenvolvo o tema.



SANCHO
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1667
Registado: terça abr 29, 2008 12:12 am

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#22 Mensagem por SANCHO » terça mai 22, 2012 7:07 pm

Caro Celso,
Com estas notas de Macau,da chamada Emissão Antiga Simples aconteceu o mesmo que com as cédulas ou seja eram assinadas à medida que eram postas a circular.
As últimas foram assinadas em 1941 pelo Carlos Vasconcelos.
Tal como aconteceu com as cédulas devem ter enviado para Timor as notas com a numeração mais elevada disponiveis.

Imagem

Uploaded with ImageShack.us

Monge
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1728
Registado: quinta abr 26, 2012 10:59 pm

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#23 Mensagem por Monge » terça mai 22, 2012 9:24 pm

A unidade monetária em Timor era a Pataca de Macau pois era com Macau que eram feitos a maioria dos negócios.
No entanto a contabilidade em em Réis (Centavos com a República). A pequena moeda de comércio era era o Florim das Índias Holandesas.
Corria tb a Rúpia Indiana e a de Goa. A única moeda de Timor mais ou menos oficial era a PATACA MEXICANA carimbada no final do séc XIX com a Cruz de Cristo.
Era uma grande caldeirada monetária que desenvolvi num artigo da revista NUMISMA (nº108) que acabei de postar aqui. A CIRCULAÇÃO MONETÁRIA EM TIMOR.

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10602
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#24 Mensagem por tm1950 » terça mai 22, 2012 10:04 pm

Pois, eu entendo isso tudo. O meu problema está nas notas.
Sendo certo que antes de instalada a agência do BNU, em Dily, em Abril de 1912, não circularam notas portuguesas em Timor, porque motivo não teriam estas notas a aposição de um carimbo "Pagável em ...".
Mesmo em Timor, em 1912, penso que teria sido fácil carimbar as notas. Ou então, poderiam ir já carimbadas de Macau.
Creio que faz pouco sentido circularem em Timor sem carimbo, pois mais parece que eram notas sem cobertura. Na própria nota estava impresso: "O Thesoureiro da agência em Macau pagará à vista ao portador...". Parece que quem tivesse a nota teria que ir a Macau para a trocar por dinheiro metálico.
É possível que haja uma explicação, mas tenho dificuldade em entender que fosse possível tal procedimento.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Monge
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1728
Registado: quinta abr 26, 2012 10:59 pm

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#25 Mensagem por Monge » terça mai 22, 2012 10:19 pm

A paridade era 1 Pataca Macau = 1 Pataca Timor = 1 Rupia Índia(Pt) = 5$60 Escudos
Na prática o câmbio era 6$00 e foi por isso que quando as Patacas e as Rupias foram em 1958 substituídas por Escudos as moedas e notas da Índia e Timor tiveram aqueles estranhos valores de $30, $60, 3$00, 6$00, 30$00 e 60$00.
Sobre as notas nunca foi encontrada uma única nota com aquela numeração e um carimbo. Além disso a carimbagem estava sujeita a um decreto onde era especificado o que era carimbado.

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10602
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#26 Mensagem por tm1950 » terça mai 22, 2012 10:35 pm

Caro Monge,
O seu magnífico exemplar de 10 patacas de 1907 tem a assinatura de Monteiro Lopes, que terá sido gerente em Macau de 1922 a 1927, de acordo com o nosso tópico: http://www.forum-numismatica.com/viewto ... 32&t=68807
Como é que isto encaixa com o facto de esta nota ter ido para Timor em 1912?
Para mim, é difícil de entender.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

SANCHO
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1667
Registado: terça abr 29, 2008 12:12 am

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#27 Mensagem por SANCHO » terça mai 22, 2012 11:07 pm

Celso,
Tem toda a razão.Essas datas não batem certo.
Sei que nessa altura houve vários envios de notas de Macau para Timor que não foram carimbadas.

Avatar do Utilizador
valdemar1959
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2457
Registado: domingo ago 09, 2009 5:28 pm
Localização: Torres Vedras

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#28 Mensagem por valdemar1959 » quarta mai 23, 2012 12:34 am

SANCHO Escreveu:Se,como diz o Monge no seu trabalho só uma destas não foi furada começo a olhar para ela com mais respeito.

Imagem

Uploaded with ImageShack.us

Imagem

Uploaded with ImageShack.us

Caro Sancho,

Aí à uns 15 anos vi cerca de 40 a 50 notas destas com carimbo pagável em Timor sem furos, e igual à apresentada pelo colega Monge que diz ser a que está no BNU. Eram notas todas rigorosamente novas, estavam em posse de um antigo vendedor meu conhecido. Na altura ainda não estava muito elucidado sobre estes exemplares, e acabei por não comprar nenhum, na altura esse vendedor meu conhecido pedia cerca de 10.000$00 Escudos por cada exemplar. Estou várias vezes com o vendedor em questão mas já lá vão muitos anos, e nunca mais vi tais exemplares, nem na mão dele nem em mais nenhum vendedor. Como o colega Monge diz no tópico que tem no forúm de Numismatas, e que apenas existe um único exemplar, que é o que se encontra nos álbuns do BNU, hoje leva-me a querer que os exemplares que eu vi, serão exemplares com um falso carimbo, o que é muito fácil de acontecer, usando um carimbo propriamente feito, para carimbar os exemplares em questão. Sei que eram notas todas rigorosamente novas com numeração seguida, mas não me lembra qual a numeração que tinham! :think:

Um abraço,
Valdemar Pereira

As minhas Vendas! viewtopic.php?f=25&t=117756

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10602
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#29 Mensagem por tm1950 » quarta mai 23, 2012 11:44 am

SANCHO Escreveu:Celso,
Tem toda a razão.Essas datas não batem certo.
Sei que nessa altura houve vários envios de notas de Macau para Timor que não foram carimbadas.
Eu não digo que não, mas gostaria de estar assim tão certo. :D
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Monge
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1728
Registado: quinta abr 26, 2012 10:59 pm

Re: As emissões de notas portuguesas que circularam em Timor

#30 Mensagem por Monge » quarta mai 23, 2012 2:58 pm

Há um grande factor de incerteza neste estudo:
Em 1975 a Indonésia ocupou Timor. O BNU era provavelmente um objectivo estratégico e foi imediatamente ocupado e mantido intacto.
Porém, quando as tropas retiraram antes da independência, casas e edifícios públicos foram sistematicamente destruídos pelo fogo.
O banco não escapou e foi saqueado. Os nossos bombeiros recolheram muitos sacos com as antigas moedas e depositaram-nos nos armazéns da residência episcopal. Sei que, para além das da última emissão, havia sacos com moedas de 6$00 e 3$00. Não sei qual foi o seu posterior destino.
Quanto às notas eram mais fáceis de transportar e desapareceram todas. Ainda hoje se encontram à venda em sites e leilões pacotes selados de 1000 notas da série D.Aleixo.
Não conheço qualquer inventário do que havia. Será que ainda existiam algumas das notas de 500$00 de Moçambique? Foram "desviadas" algumas antes da destruição?
São perguntas que enquanto não tiveram resposta só dão azo a especulação.
Pelos vistos, que as há, há!

Responder

Voltar para “Timor”