Fórum Numismática

Lugar de convívio de colecionadores de moedas, notas e outros artigos
Data/Hora: quarta dez 19, 2018 7:15 am

Hora UTC




Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 80 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2 3 4 5 6 ... 8 Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 6:18 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques
Avatar do Utilizador

Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Mensagens: 10384
Localização: S. João do Estoril - Lisboa
Relativamente à nota de 500$00 1967 de Moçambique, sou de opinião que tem algumas características que lhe conferem atenticidade:
- a carimbagem está bem parecida;
- a numeração é favorável, pela proximidade;
- a existência dos furos de inutilização daquele tamanho (haveria interesse em compará-los com os furos das notas da Índia 1945);
- o carimbo "inutilizado".

A questão das notas de 10 patacas da emissão de 02/01/1907 é que parece ser de difícil digestão, especialmente quando se analisarem as assinaturas dos gerentes.
É notória a falta de coerência entre as assinaturas dos gerentes de Macau nas duas notas apresentadas (Monge e SANCHO), visto que a primeira tem uma numeração superior e parece ter uma data anterior e é assinada por um gerente mais antigo.
Segundo António Trigueiros, os primeiros três gerentes da agência de Macau foram:
- Félix da Costa: Ago1902 a Mar1907 (deve ter assinado poucas notas, pois entraram no giro em Fev1907)
- Joaquim Cunha Gomes
- António de Oliveira Manarte

Embora a imagem seja manhosa, parece ser a assinatura de Joaquim Cunha Gomes.

Imagem

_________________
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões


Topo
   
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 6:20 pm 
Desligado
Reinado D.Dinis

Registado: terça abr 29, 2008 12:12 am
Mensagens: 1634
Hoje já posso adiantar mais qualquer coisa.
Como diz o Monge a 1388948 é a única não furada existente no Arquivo do BNU,mas existem mais cerca de 10 carimbadas e furadas como a minha.
A numeração da minha enquadra-se dentro dessas.
O Arquivo não tem registo de como obtiveram o seu exemplar intacto.
As furadas cumpriram as normas estabelecidas pelo BNU ou seja eram carimbadas e furadas na origem e enviadas para Lisboa acompanhadas de um auto com a sua numeração e outro relativo aos volumes que eram embarcados,que seriam posteriormente verificados antes da ordem de incineração.
Em 1974 as notas já estariam em Lisboa e a incineração só ocorreu anos mais tarde altura em que a comprapartida do seu valor deve ter entrado no balanço do BNU.
A minha foi comprada há alguns anos na Ribeira.


Topo
   
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 6:25 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques
Avatar do Utilizador

Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Mensagens: 10384
Localização: S. João do Estoril - Lisboa
Bravo. :clap3:
E quanto às notas de Macau que circularam em Timor? :thumbs:

_________________
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões


Topo
   
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 6:31 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques
Avatar do Utilizador

Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Mensagens: 10384
Localização: S. João do Estoril - Lisboa
A Fundação A Cupertino de Miranda tem uma - 1390397 - sem furos, segundo o Catálogo de Javier Salgado. :thumbs:
Pela fraca imagem diria que a nota aparenta ter dobras, embora esteja em bom estado.

_________________
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões


Topo
   
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 6:47 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques
Avatar do Utilizador

Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Mensagens: 10384
Localização: S. João do Estoril - Lisboa
Um exemplar de 25 patacas de 1907 com a assinatura de Féliz da Costa:

Imagem

_________________
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões


Topo
   
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 7:06 pm 
Desligado
Reinado D.Dinis

Registado: terça abr 29, 2008 12:12 am
Mensagens: 1634
Calma Celso.
Lá chegaremos.
O reforço dos 500$00 Caldas Xavier de 1967 foi de 700.000 tal como acho ter sido a primeira emissão de 1953 (tenho uma 760 e tal mil de 1967) pelo que o total são 1.400.000.
Portanto foram as últimas as que foram carimbadas para Timor.
Talvez pouco mais de 20.000 notas.


Topo
   
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 7:58 pm 
Desligado
Reinado D.Dinis

Registado: terça abr 29, 2008 12:12 am
Mensagens: 1634
Gerentes em Macau:

Félix Duarte Costa 1902-1907
Joaquim Luís da Cunha Gomes 1907-1908
António de Oliveira Manarte 1908-1910
Arthur Drouhin 1910-1916
Armando de Figueiredo Afonso Pereira 1911 Funcionário com poderes de Gerente

e depois o António de Almeida Novais 1918-1921 já nosso conhecido.


Topo
   
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 8:48 pm 
Desligado
Reinado D.Miguel

Registado: quinta mar 05, 2009 10:37 pm
Mensagens: 325
Localização: Faro
Nos finais da década de 80 do século passado, apareceram à venda, nas Arcadas do Terreiro do Paço alguns exemplares dos 500 Escudos de Moçambique com a sobrecarga PAGAVEL EM TIMOR e os dois furos de inutilização. Foi lá que comprei este meu exemplar que partilho convosco. Um forte concorrente em Notafilia Portuguesa comprou no mesmo local um exemplar sem os dois furos, que cheguei a contemplar na sua colecção.

Imagem
By indy007 at 2012-05-23

Imagem
By indy007 at 2012-05-23
________
Acácio


Topo
   
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 9:18 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques
Avatar do Utilizador

Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Mensagens: 10384
Localização: S. João do Estoril - Lisboa
Estas notas de Caldas Xavier têm um aspecto convincente. É possível que alguém tenha feito um desvio de alguns exemplares e os tenha salvo da destruição.

Estive a consultar a obra relativa ao centenário do BNU, em 1964, mas nada refere sobre as emissões.
Numa leitura muito em diagonal, encontrei uma afirmação engraçada de 1906, relativa às notas de Macau: "Prossegue o êxito das notas de Macau, inclusive em praças chinesas".
Esta afirmação contraria a opinião que tínhamos. As notas só podiam ser as da emissão de 1905.
Outro pormenor interessante tem a ver com a com o facto de acções do BNU terem sido admitidas à cotação na Bolsa de Paris, em 1914.

_________________
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões


Topo
   
MensagemEnviado: quarta mai 23, 2012 9:23 pm 
Desligado
Reinado D.Miguel

Registado: quinta mar 05, 2009 10:37 pm
Mensagens: 325
Localização: Faro
Este meu exemplar das 10 PATACAS de MACAU tem a data de 29 de Novembro de 1930. Encaixa-se perfeitamente no período em que foi Gerente do BNU em Macau, João Filipe Lopes do Rosário (1927 a 1933) e está assinada por ele. A nota tem o número 17517.
Em relação à nota que o forista Monge apresenta com o número 90080, não consigo ver a data. Em todo o caso, está assinada pelo Gerente do BNU em Macau, Manuel Monteiro Lopes (01/1922 a 11/1927). Deste modo, a questão que se coloca é: como aparece este Gerente a assinar uma nota de Macau que foi enviada para circular em Timor antes de 1915, quando ainda não era Gerente?

Imagem
By indy007 at 2012-05-23

Imagem
By indy007 at 2012-05-23


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 80 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2 3 4 5 6 ... 8 Próximo

Hora UTC


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal