Christodoulos, the counterfeiter - J.N. Svoronos (Pdf)

Livros, revistas, folhetos e restantes artigos relacionados com a Numismática, Notafilia e outros tipos de coleccionismo

Moderador: Moderador de Honra

Responder
Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3277
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Christodoulos, the counterfeiter - J.N. Svoronos (Pdf)

#1 Mensagem por silvio2 » segunda jun 03, 2019 6:47 pm

.
Imagem
Imagem
Imagem http://archiv.ub.uni-heidelberg.de/prop ... s_1922.pdf

Este "assunto" já foi tratado, aqui no Fórum, há alguns anos ...
pedrohsl Escreveu:Acabei de ler um artigo apaixonante sobre C. Christodoulos, talvez o maior falsificador da história do numismática, certamente o melhor no que a moeda grega diz respeito. Sei que é politicamente incorrecto, como coleccionador, valorizar o trabalho de um falsificador, sei o que o seu trabalho arruinou coleccionadores e comerciantes, contudo, creio que é inegável o romantismo associado a esta personagem que, vindo do Chipre, se tornou, em pleno século XX, um tão bom abridor de cunhos e cunhador de moedas gregas do período arcaico ao período helenístico, como os brilhantes artífices da Hélade. Christodoulos falsificava raridades e moedas comuns com a mesma perfeição de molde a tornar o logro completo e mais eficaz. Apresentava as "suas" moedas para venda juntamente com moedas autênticas e assim inundou a Europa e a América de falsificações numismáticas da antiguidade na medida em que ninguém conseguia dar pela diferença. C. Christodoulos quase conseguiu enganar o próprio Director do Museu Numismático de Atenas com uma coruja ateniense da sua lavra... Isto diz tudo do mérito deste aldrabão. E convenhamos, ninguém gosta de ser enganado, mas quando se compara esta história de falsificação com as chinesices da actualidade não podemos deixar de ter uma certa nostalgia de outros tempos em que a falsificação se revestia de um charme e de uma qualidade que assume um estatuto próximo da arte.
Referência bibliográfica: Christodoulos, the counterfeiter; J. Svoronos, Ares Publishers Inc. Chicago, 1972, reprint of the edition Athens, 1922.
(in viewtopic.php?f=9&t=91820&p=722649&hili ... os#p722649)
doliveirarod Escreveu:Esse era um verdadeiro "artista", ele não era um simples vagabundo moldador de cunhos, ele conseguiu entender o estilo, e fazer coisas auqse iguais aos gregos. É necessária muita inteligência e técnica, infelizmente usada para a fraude, pois um falsário é sempre um falsário, detesto topar com eles.
Aqui fica um link que mostra um pouco do conteúdo desse livro, vale a pena conhecer.
http://www.snible.org/coins/christodoulos/
(in viewtopic.php?f=9&t=91820&p=722649&hili ... os#p722649)


Cumprimentos,
Sílvio Silva

Responder

Voltar para “Bibliografia”