O Peso nas moedas de Mil escudos.

Desde a primeira moeda da República até às últimas em 2001

Moderador: smertola

Destrans
Reinado D.Dinis
Mensagens: 1556
Registado: quinta dez 23, 2004 9:20 pm
Localização: Aldeia da Roupa Branca

Re: O Peso nas moedas de Mil escudos.

Mensagempor Destrans » terça fev 16, 2016 10:40 am

Amigo Eng. Trigueiros
Se não se importa vou replicar mais este seu ensinamento no Fórum Numismatas,
onde divulguei a questão em Junho de 2011, sob o nome Jogos Olim. de Atlanta - Um caso curioso.
Um grande abraço

Avatar do Utilizador
Jorge Silva
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8981
Registado: terça mai 09, 2006 5:57 pm
Localização: Moita

Re: O Peso nas moedas de Mil escudos.

Mensagempor Jorge Silva » terça fev 16, 2016 6:14 pm

Já agora também coloco as diferenças de moeda normal "corrente" para moeda "proof", a diferença reside no acabamento e na percentagem de prata, a normal 500% e a proof 925%, visto que o aspecto fisico (dimensões) são as mesmas.
Cumprimentos

Jorge Silva

" A medalha deve ser acarinhada como uma arte nobre da escultura ".

https://betaleiloes.net/os_meus_leiloes.php

Avatar do Utilizador
carlos47
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4489
Registado: terça jul 26, 2011 2:04 pm
Localização: olhão
Contacto:

Re: O Peso nas moedas de Mil escudos.

Mensagempor carlos47 » terça fev 16, 2016 6:57 pm

a mim o que me intriga é uma passagem do livro de A Trigueiros
onde referindo-se à moeda encontro de dois mundos diz: uma liga 500/1000 com a superficie enriquecida de prata fina,o que permitiu a fixação do valor facial de 1000 escudos
deduzo que seria para que tivessem o mesmo valor que as outras moedas de 1000 escudos que elas pesariam 28 g,se é isso todas as outras moedas da serie ibero americana tiveram esse tratamento?
e já agora como foi feito esse tratamento?electrolise? :think:

Avatar do Utilizador
EngTrig
Reinado D.Manuel II
Mensagens: 87
Registado: sexta mar 29, 2013 12:11 pm
Localização: Lisboa, Portugal
Contacto:

Re: O Peso nas moedas de Mil escudos.

Mensagempor EngTrig » terça fev 16, 2016 10:27 pm

Boa noite,
O tema da prata 500 é interessante, mas é sobretudo técnico. De notar que a Grã-Bretanha lançou moedas correntes de prata 500 no período da II Guerra Mundial.
Quando estudei a composição intrínseca de uma nova moeda de 1000 escudos circulante (e não proof, essas são sempre em prata sterling, 925), a conclusão foi que não dava grande margem de lucro ao Estado se fosse da prata portuguesa de 916,6, ou da prata francesa de 900, ou de outros toques de 835 até 650, também utilizados em moedas do Ultramar, etc. Os estudos económicos da nova moeda apontavam para ligas quase tipo "Bolhão"...que tinha o grave problema de ser fácilmente oxidada e ficar escura tipo cobre.
Até que um fabricante inglês nos propôs a sua liga de prata 500 "enriquecida na superfície", o que é um procedimento técnico, digamos, de aquecimento em situações controladas, que faz a prata interior do corpo do disco exudar e formar uma película de prata fina à superfície, muito fina, de poucos microns, mas suficiente para dar à moeda o aspecto brilhante de uma rica liga de prata, e de não oxidar tão fácilamente.
As experiências que conduzimos resultaram magníficamente e desde então, os discos portugueses de prata para moeda corrente foram sempre adquiridos a esse fabricante.

E é tudo.
Cumprimentos,
A trigueiros


Voltar para “República Portuguesa”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante