Fórum Numismática

Lugar de convívio de colecionadores de moedas, notas e outros artigos
Data/Hora: segunda ago 20, 2018 2:34 pm

Hora UTC




Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 2 mensagens ] 
Autor Mensagem
MensagemEnviado: sábado mai 31, 2014 4:47 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques

Registado: terça jul 21, 2009 12:55 am
Mensagens: 5127
Localização: Rio de Janeiro, Brasil
Ocorreu nos dias 29 e 30 de maio, no novo Museu da Casa da Moeda, o evento "Amazing Coins", que contou com a participação da Casa da Moeda do Brasil, do Banco Central, da Casa da Moeda do Japão e da Casa da Moeda do Canadá.

Além de podermos ter conversado com representantes destas casas da moeda, e termos aprendido muito com eles, o maior ponto dessa convenção foi termos podido conversar com o Presidente da Casa da Moeda, sr. Francisco Franco, que disse que esta gestão está interessadíssima na ampliação da cunhagem de moedas comemorativas no Brasil, tanto de circulação como das "colecionáveis" (até mesmo criando uma assessoria especial para isso). Tivemos também o prazer de conversar com o sr. João Sidney de Figueiredo, chefe do MECIR, que se mostrou disposto a alterar esse quadro, embora seja um processo não tão rápido quanto gostaríamos. Ouvimos também da CMB que esta quer estreitar os laços com os numismatas, inclusive até disponibilizando o espaço (um grande auditório e salão) para as associações numismáticas brasileiras utilizarem.

Algumas perguntas muito importantes foram respondidas pelo sr. João Sidney na palestra:

-Qual o motivo de não sair moedas comemorativas da copa das confederações?
O contrato com a FIFA atrasou devido a entraves legais, e até queríamos ter lançado as moedas das Olimpíadas mais cedo (em 2013), dividindo em 2 fases, mas não foi possível.

-O BC aufere algum tipo de lucro com as peças?
O BC é "governo", e como tal tentamos apenas fechar no zero a zero na venda das peças.

-Houve alguma tentativa de aumentar os postos de venda?
Entramos em contato com diversas lojas com muitos postos de venda e sistema online, mas elas não ficaram interessadas pela baixa margem de lucro.

O Sr. Paulo Ricardo de Mattos Ferreira, Superintendente do Departamento de Moedas e Medalhas da CMB, respondeu um importante questionamento sobre a qualidade dos estojos:

-Os estojos são um grande problema para a CMB, não temos fornecedores de qualidade no Brasil e temos de comprar fora, e a licitação internacional é complicada, a 8666 restringe muito. E quando recebemos as embalagens, a cápsula não prende a moeda direito, ou ela não encaixa certinho no estojo. Pode ter certeza que essa é uma das maiores preocupações da Casa da Moeda e que estamos estudando soluções.

E uma importante novidade, mencionada tanto pelo Sr. Paulo Ricardo quanto pelo Sr. João Sidney, é que a CMB adquiriu uma máquina de colorir moedas que deve entrar em operação em 2015, assim talvez, já no ano que vem, ou no máximo em 2016, teremos peças coloridas.

Findo isso quero fazer um apelo a todos os colecionadores:

Por favor, associem-se a qualquer associação numismática! Agora a CMB quer manter uma estreita parceria com as associações numismáticas brasileiras, e estas terão canal direto com a Casa. A CMB usará os dados compilados dessas associações para o seu business plan e assim saberá o que nós queremos. E sendo associado de qualquer associação, você terá um canal direto com a CMB (e indiretamente com o próprio BC), e as nossas reclamações surtirão muito mais efeito do que reclamarmos aqui ou no Facebook... A CMB inclusive falou que, a partir de agora, estará presente nos encontros numismáticos Brasil afora. Portanto eles estão se esforçando, resta nós nos esforçamos também e juntos mudaremos o quadro da numismática brasileira contemporânea.

Neste fim quero agradecer aos velhos e novos amigos que pude encontrar na Amazing Coins: o Hilton Lucio da SNB, o José Aranha e o João Renault da ABN, e a Sra. Telma e o Sr. Paulo. Foram boas e prolíficas conversas!

Agradecimento especiais aos membros da Casa da Moeda com os quais conversei: Sr. Francisco Franco, presidente da CMB; Lara Amorelli, Vice-Presidente de Relações com o Mercado; Mônica Manfredini, Assessora da Presidência; Marcela Tapajós, Assessora Especial da Presidência; Hélio Rainho, Assessor Especial de Marketing da Presidência; Paulo Ricardo, Superintendente do Departamento de Moedas e Medalhas. Todos se mostraram super solícitos, e com vontade de mudar o atual quadro. Meus parabéns e obrigado!

Abraços,

_________________
Rodrigo Leite

Scientia nvmismatica ad omnivm gentivm.


Topo
   
MensagemEnviado: segunda jun 02, 2014 11:32 pm 
Desligado
Reinado D.Luís

Registado: segunda dez 17, 2012 1:31 am
Mensagens: 168
Obrigado pelo relato, Rodrigo! Bate com as informações da reunião realizada no Banco Central no final do ano passado e com os recentes lançamentos de moedas comemorativas da Copa e as previstas para as Olimpíadas.

Divergências de opiniões à parte sobre esses lançamentos, parecem mesmo querer mudar o cenário.

Vamos aguardar os próximos passos e fazer nossa parte.

Abraço!


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 2 mensagens ] 

Hora UTC


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal