Fórum Numismática

Lugar de convívio de colecionadores de moedas, notas e outros artigos
Data/Hora: quarta dez 19, 2018 1:43 pm

Hora UTC




Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 11 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2
Autor Mensagem
MensagemEnviado: segunda nov 05, 2018 12:21 am 
Desligado
Reinado D.Maria II

Registado: sábado mar 24, 2018 12:33 am
Mensagens: 260
Rogbert Escreveu:
Caro doliveirarod,

Elas são muito similares, e se poderiam classificar assim, sem dúvida. Muitas vezes as coroas são muito parecidas, e se confundem. O que é sempre uma dor de cabeça para classificar.

Sei que como colega do Dr Enio no livro, sou suspeito para falar, mas o estudo dele realmente me convenceu, e vamos ver se consigo explicar por que fui convencido disso.

O estudo do Dr Enio foi em diversas datas e valores diferentes, e assim mantendo as características em várias casos por tipo seguindo um padrão. Mas claro, ele definiu as peças conforme a maneira dele de interpretar as coroas, sempre se pode ver de forma diferente.

Para ele os 3 tipos de coroas seriam teoricamente por 3 equipes de gravadores em Lisboa, os quais teriam pontos em comum nas gravações das moedas que cada uma das equipes fazia, mantendo similaridades em vários trabalhos por vários anos. A Cruz potentada, elipse com aro, etc, foram características que se repetiram em várias moedas cunhadas lá, por favor veja as XX 1774 na imagem abaixo :

Imagem

Nelas as características estão mais definidas, pode se ver nitidamente a diferença pérolas dos pedículos até os arcos diminuindo, e principalmente a diferença entre os arcos de pérolas na de cruz pontentada bem maior que nas duas da esquerda, e vemos novamente a elipse com aro na do meio. Com isso ficou padronizado no trabalho dele as altas como as com cruz pontentadas e as elipse com aro nas médias nestas datas, sendo então o trabalho de cada equipe caracterizado.

Aqui nas XX 1774 as coroas baixa e média se confundem, mas características como distância pérolas dos pedículos/arcos e a elipse com aro as individualizam mais. Vendo apenas um valor e data não se percebe mas se comparar diversos valores o padrão fica bem mais fácil de distinguir.

Com isso ele decidiu classificar as com mesmas características como de cada tipo individual, e com isso definiu um padrão quando similares, pois muitas são extremamente parecidas, então as caracterísiticas de outros casos as definiriam. Nem sempre a coroa mais alta era a alta na moeda, mas as de mesmas caracterísiticas em diversas datas e valores. Vejam abaixo uma página do livro das moedas de cobre de 2018, onde os XX 1774 a 1776 aparecem, se percebem, bem as os padrões. Se notarem as altas sempre são cruz potentada, as médias tem elipse com aro :

Imagem

Então como eu disse o trabalho dele me convenceu, então uso esta classificação. Se vejo uma cruz potentada pra mim é alta, mesmo se não parecer tão alta assim. Espero ter explicado o porque tenho esta opinição.
Abraços,

Rogério


Constatado e mais que convencido. Parabéns Rogério e, claro, ao Dr. Ênio.
Obrigado. :clap3: :thumbs:


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 11 mensagens ]  Ir para a página Anterior 1 2

Hora UTC


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal