A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

Moderadores: Paul Gerritsen Plaggert, Marcelo Leal, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
JPMatos
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2241
Registado: terça mar 08, 2011 2:58 pm
Localização: Évora
Contacto:

A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#1 Mensagem por JPMatos » quarta out 19, 2011 9:56 pm

Uma das primeiras moedas Romanas que se tenha conhecimento é o Aes Formatum,pré-moeda em bronze,cunhada entre os séculos
VI-IV a.C.
Possuia varias formas.
O seu peso é o de uma onça libral Osco-Latina .
São moedas relativamente comuns hoje em dia.


Imagem .
Imagem .


Exemplo de venda de Aes Formatum.

Exemplo de venda de Aes Formatum.

Barras de bronze podiam ser utilizadas como dinheiro,principalmente no reinado do Rei Servius Tullius,são hoje objectos raros e bem valorisados,foram cunhados entre 578-535 .



Imagem .


O Aes signatum pito pecunia eram pre-moedas utilizadas para trocas comerciais.
Tambem cunhador durente o reinado do Rei Servius Tullius .

Imagem .

Imagem .


Em meados do século V,as moedas romanas tiveram uma "requalificação",comessaram a ser trabalhadas e desenhadas:
Imagem .
A famosa concha:
Imagem .
Frutos secos:
Imagem .
Imagem .

Outras formas:
Imagem .
Imagem .



Sistema monatario entre os séc.VI-III a.C.:
Decusse.10 asses.
Quincusse.5 asses.
Tripondio.3 asses.
Dupondio.2 asses.
Asse.1 asse.
Deunx.11/12 asses.
Dextans.10/12 asses.
Dodraus.9/12 asses.
Bes.2/3 asse.
Septunx.7/12 asses.
Semisse.1/2 asses.
Quincunx.5/12 asses.
Triente.1/3 asses.
Quadrante.1/4 asses.
Sestante ou Biunx.1/6 asse.
Sexcunx.1 1/2 asse.
Onça.1/12 asses.
Semionça.1/24.


No final do século III a.C. houve uma das maiores,diria a maior,renovação monatária de sempre.
Um das mais conhecidas e mais belas moedas republicanos cunhadas um didracma anónimo cunhado em Roma foi cunhado ente os anos 225-212 a.C.
O seu valor é estimado em 4165.875 €.

Anverso:Jano bifronte.
Reverso:Jupiter em quadriga para a direita,no exergo Roma.

Imagem .



Em actualização.


Cumprimentos,JPMatos.
:fcp: :fcp: .

Avatar do Utilizador
Paul Gerritsen Plaggert
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4230
Registado: sexta fev 01, 2008 3:44 am
Localização: São Paulo -SP Brasil

Re: A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#2 Mensagem por Paul Gerritsen Plaggert » quarta out 19, 2011 10:12 pm

Na verdade, as primeiras "moedas", se assim poderiam ser chamadas, na verdade protomoedas, são os aes rude, que nada mais eram que pedaços de cobre, cortados de um lingote e utilizados pelo peso aproximado baseado no sistema libral. Não tinham um formato específico. Após vieram os aes formatum, com diversos tamanhos e formas. Após, vieram os aes signatum, que apresentavam geralmente formatos de lingotes, ou de folhas de árvores, e que tinham uma contramarca determinando seu valor/entidade emissora, e também eram baseados na libra romana, que equivale a aproximadamente 330 gr. Como eram marcados, "assinados", daí o nome signatum.
Todos são considerados protomoedas, até o início da real cunhagem romana, entre 280-260 a.C., os aes grave. O curioso é que nessa época, Roma já produzia moedas para trocas comerciais com os gregos, os didracmas (quadrigatum), como da imagem acima.
Os aes gravii apresentavam o padrão libral do cobre, portanto um Asse pesava 330 gr, um semis por volta de 170 gr. e assim por diante. Eram feitos por fundição.
A partir de 211 a.C., foi introduzido o denário, com o valor inicialmente de 10 asses, e um pouco antes, a partir de 225 a.C., os romanos perceberam que era difíci lidar com o padrão libral e, pelos gastos com as Guerras Púnicas, começaram a adotar os padrões semi-librais, sextantais, unciais, e assim por diante.
PECVNiA NON OLET

Avatar do Utilizador
Caio Franco (Cj)
Reinado D.José
Mensagens: 538
Registado: segunda jul 26, 2010 10:34 pm
Localização: Ituiutaba

Re: A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#3 Mensagem por Caio Franco (Cj) » quarta out 19, 2011 10:21 pm

Interessante... não sabia da existência dessas moedas, se por acaso encontrasse uma concha como a mostrada me passaria despercebido.
Procuro mineral Galena, quem tiver entre em contato por MP.

jcarlos
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4330
Registado: terça jun 17, 2008 12:05 am

Re: A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#4 Mensagem por jcarlos » quarta out 19, 2011 10:32 pm

De facto é Paul, está certo. Já li, que a Magna Grécia, no séc. IV, já tinha moeda cunhada com qualidade artística ,os romanos ainda usavam como principal meio de troca, ou pelo menos com grande regularidade, animais, começando bem depois a intermediar as trocas com peças de metal sem figuras avaliadas pelo peso.

Avatar do Utilizador
Paul Gerritsen Plaggert
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4230
Registado: sexta fev 01, 2008 3:44 am
Localização: São Paulo -SP Brasil

Re: A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#5 Mensagem por Paul Gerritsen Plaggert » quarta out 19, 2011 10:42 pm

jcarlos Escreveu:De facto é Paul, está certo. Já li, que a Magna Grécia, no séc. IV, já tinha moeda cunhada com qualidade artística ,os romanos ainda usavam como principal meio de troca, ou pelo menos com grande regularidade, animais, começando bem depois a intermediar as trocas com peças de metal sem figuras avaliadas pelo peso.
Exato! Daí o nome pecúnia para definir dinheiro. Provém de bois, que eram mercadoria de troca.
PECVNiA NON OLET

tiberius
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3458
Registado: sábado set 10, 2011 12:51 pm

Re: A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#6 Mensagem por tiberius » quarta out 19, 2011 10:47 pm

Paul Gerritsen Plaggert Escreveu:Na verdade, as primeiras "moedas", se assim poderiam ser chamadas, na verdade protomoedas, são os aes rude, que nada mais eram que pedaços de cobre, cortados de um lingote e utilizados pelo peso aproximado baseado no sistema libral. Não tinham um formato específico. Após vieram os aes formatum, com diversos tamanhos e formas. Após, vieram os aes signatum, que apresentavam geralmente formatos de lingotes, ou de folhas de árvores, e que tinham uma contramarca determinando seu valor/entidade emissora, e também eram baseados na libra romana, que equivale a aproximadamente 330 gr. Como eram marcados, "assinados", daí o nome signatum.
Todos são considerados protomoedas, até o início da real cunhagem romana, entre 280-260 a.C., os aes grave. O curioso é que nessa época, Roma já produzia moedas para trocas comerciais com os gregos, os didracmas (quadrigatum), como da imagem acima.
Os aes gravii apresentavam o padrão libral do cobre, portanto um Asse pesava 330 gr, um semis por volta de 170 gr. e assim por diante. Eram feitos por fundição.
A partir de 211 a.C., foi introduzido o denário, com o valor inicialmente de 10 asses, e um pouco antes, a partir de 225 a.C., os romanos perceberam que era difíci lidar com o padrão libral e, pelos gastos com as Guerras Púnicas, começaram a adotar os padrões semi-librais, sextantais, unciais, e assim por diante.
Não quero levantar polêmica, mas, a rigor, se formos retornando no tempo, chegaremos a conclusão de que as primeiras formas de troca intermediadas por metais seriam o próprio minério bruto. Isso porque evidentemente era um bem precioso e desejável. Então, acho praticamente impossível determinar o que realmente foram as primeiras "moedas", a não ser que se defina moeda como um objeto marcado, desenhado ou sei lá o quê, e que, em algum momento histporico teve seu valor d troca definido segundo algum padrão. É só uma reflexão pessoal, não uma crítica.
Visite minha galeria (em construção).
http://www.forumancientcoins.com/galler ... ?cat=34492

jcarlos
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4330
Registado: terça jun 17, 2008 12:05 am

Re: A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#7 Mensagem por jcarlos » quarta out 19, 2011 11:04 pm

Na Grécia, no século VIII a.C., a troca de bens era por meio de troca directa , faziam-se tomando o boi como referência, alguns textos referem que uma mulher valia de vinte a quarenta cabeças de gado; um homem, cem. Se pensarmos em dinheiro como o conhecemos hoje, amoedado, podemos não de uma forma totalmente concreta balizar um ano específico, mas de uma forma mais ou menos consensual atribui-se por volta de 600 a.C na zona da Lídia.

Não há muito anos, ainda no séc. XX, territórios de África usavam dinheiro fora do comum relativamente ao padrão dominante do que consideramos moeda. Como exemplo podemos dar o dinheiro Kissi, tenho um exemplar.

http://www.forum-numismatica.com/viewto ... o+com+alma

Avatar do Utilizador
Paul Gerritsen Plaggert
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4230
Registado: sexta fev 01, 2008 3:44 am
Localização: São Paulo -SP Brasil

Re: A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#8 Mensagem por Paul Gerritsen Plaggert » quarta out 19, 2011 11:06 pm

tiberius Escreveu:
Paul Gerritsen Plaggert Escreveu:Na verdade, as primeiras "moedas", se assim poderiam ser chamadas, na verdade protomoedas, são os aes rude, que nada mais eram que pedaços de cobre, cortados de um lingote e utilizados pelo peso aproximado baseado no sistema libral. Não tinham um formato específico. Após vieram os aes formatum, com diversos tamanhos e formas. Após, vieram os aes signatum, que apresentavam geralmente formatos de lingotes, ou de folhas de árvores, e que tinham uma contramarca determinando seu valor/entidade emissora, e também eram baseados na libra romana, que equivale a aproximadamente 330 gr. Como eram marcados, "assinados", daí o nome signatum.
Todos são considerados protomoedas, até o início da real cunhagem romana, entre 280-260 a.C., os aes grave. O curioso é que nessa época, Roma já produzia moedas para trocas comerciais com os gregos, os didracmas (quadrigatum), como da imagem acima.
Os aes gravii apresentavam o padrão libral do cobre, portanto um Asse pesava 330 gr, um semis por volta de 170 gr. e assim por diante. Eram feitos por fundição.
A partir de 211 a.C., foi introduzido o denário, com o valor inicialmente de 10 asses, e um pouco antes, a partir de 225 a.C., os romanos perceberam que era difíci lidar com o padrão libral e, pelos gastos com as Guerras Púnicas, começaram a adotar os padrões semi-librais, sextantais, unciais, e assim por diante.
Não quero levantar polêmica, mas, a rigor, se formos retornando no tempo, chegaremos a conclusão de que as primeiras formas de troca intermediadas por metais seriam o próprio minério bruto. Isso porque evidentemente era um bem precioso e desejável. Então, acho praticamente impossível determinar o que realmente foram as primeiras "moedas", a não ser que se defina moeda como um objeto marcado, desenhado ou sei lá o quê, e que, em algum momento histporico teve seu valor d troca definido segundo algum padrão. É só uma reflexão pessoal, não uma crítica.
Mas e isso mesmo! Os romanos comecaram com pedacos de cobre, que pesados e baseados na libra romana, faziam algumas trocas, por outros objetos. Dai denominarem-se protomoedas.
As primeiras moedas romanas de fato, que podem assim ser consideradas, são os aes gravii.
PECVNiA NON OLET

Avatar do Utilizador
DanteD
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3394
Registado: quarta mar 04, 2009 7:23 pm
Localização: brasil
Contacto:

Re: A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#9 Mensagem por DanteD » quinta out 20, 2011 1:19 am

acho que a palavra "moeda" propriamente dita só deve ser usada com peças na forma que conhecemos, redondinhas e com algo desenhado..neste ponto condordo que as de kroisus na Lidia foram mesmo as primeiras...
mas desde tempos remotos as pessoas inventavam algo de utilidade similar as moedas para serem utilizadas em escambo ,estas são as "proto moedas"como disse o Paul
eu tenho uma coleção só delas, sendo as mais antigas peças da Mongólia em forma de escadinha marcadas com numerais chineses arcaicos, da idade do bronze(+- 1800 a.c.)..o Paul "americano" possui similares e tanto eu como ele já as postamos aqui no forum.
fora estas, existiram moedas de concha, osso, e outras chinesas bem conhecidas e de formatos inusitados
existiram tambem as moedas celtas em formas de sino, anel , as Sitas em forma de ponta de flecha e etc,,etc,,proto moedas existiram em praticamente todas culturas antigas....
os romanos começaram bem tardiamente a fabricar proto moedas e moedas...quando estas rudes e gigantes proto moedas circulavam, na Grécia as moedas "de verdade"já existiam há muito tempo....

Ioannes62
Reinado D.Carlos
Mensagens: 144
Registado: segunda mai 09, 2011 1:54 pm

Re: A moeda Romana-Dos seus primordios á queda do Imperio

#10 Mensagem por Ioannes62 » quinta out 20, 2011 12:37 pm

Viva

Obrigado por partilhar. Tenho algumas destas moedas,
mas algumas não sabia que o eram.
Se fosse possível agradecia que mencionasse onde se
pode encontrar literatura sobre este assunto.

Cumprimentos

Responder

Voltar para “Romanas”