Fórum Numismática

Lugar de convívio de colecionadores de moedas, notas e outros artigos
Data/Hora: quinta dez 13, 2018 3:54 pm

Hora UTC




Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 3 mensagens ] 
Autor Mensagem
MensagemEnviado: domingo jan 21, 2018 5:46 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques
Avatar do Utilizador

Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Mensagens: 15213
Localização: Brasil
Ficam algumas das peças imitativas cunhadas pelos Cruzados de Jerusalém na cidade portuária de Acre. Essas moedas de Jerusalém imitavam as moedas árabes de maior circulação local, em peso e bom teor, para que os Cruzados pudessem dispor de um numerário aceitável no comércio e na manutenção da cidade.

Imagem
Mapa do Reino Latino de Jerusalém.

ACRE

A cidade portuária de Acre tinha uma grande importância estratégica para os cruzados. Era denominada de São João de Acre, ou São João de Akko. Em 1110 a mesma foi invadida e conquistada pelos cruzados. Em 1187 foi reconquistada por Saladino (o grande lider árabe responsável pela reconquista de Jerusalém), para novamente cair nas mãos dos cristãos em 1191, por meio da conquista por Ricardo Coração de Leão, que a entregou aos Cavaleiros de São João.

Desde a tomada da cidade santa de Jerusalém por Saladino, no ano de 1187, que os territórios dos cruzados estavam sendo gradualmente reconquistados pelos árabes. Varios fatores contribuiam para a decadência: A violência dos cruzados sobre as populações nativas, as dificuldades de comunicação com a Europa e o abastecimento das bases, a quantidade cada vez mais reduzida de soldados disponíveis, aquartelados entre uma população claramente hostil e pouco colaboradora, além de dissidências internas entre os próprios cristãos.

Para a ocupação e conquista desses territórios, valeram-se os cruzados de líderes como Ricardo I e Luis IX, além de que, de uma maneira muito habilidosa, os cristãos sabiam se aproveitar das eternas rivalidades entre os árabes, jogando os grupos e dinastias uns contra os outros, ora apoiando militarmente a uns, ora a outros.

Por fim, no ano de 1291, caiu a cidade de Acre sob as forças Turco-Egipcias. Neste ano, a cidade foi sitiada por 200 mil soldados islâmicos, que queriam vingar uma matança de sírios cristãos e árabes muçulmanos promovida por soldados italianos e católicos. As ordens de Cavaleiros Templários, Hospitalários e Teutônicos tentaram defender a cidade, mas embora lutassem com bravura, seu número era bem mais reduzido que o dos inimigos.
Acabou-se, assim, a trajetória dos cruzados na Terra Santa. O rei inglês Eduardo I ainda tentou reconquistá-la, mas sem sucesso. Terminava a intervenção dos cristãos no Oriente, depois de 9 cruzadas e muita luta (a primeira cruzada foi a dos Nobres, em 1096/1099, e a última foi em 1291, liderada por Eduardo I, justamente para tentar reconquistar Acre, sem resultado).

Cunhagens imitativas mais encontradas:

Imagem

-Dirham
-H 582/613 - (1186/1216)

Cunhada em "nome" de Al Zahir Ghazi, da dinastia dos Ayyubidas de Aleppo (Síria), que governou entre 1186/1216 (Hegira 582-613).

-Anverso: Legenda islamica "al-Malik al-Zahir Ghazi ibn Yusuf ibn Ayyub.", dentro de estrela de seis pontas (característica dessa cunhagem)
-Verso: Legenda islamica: "al-Imãm al-Nasir Ahmad al-Malik al-Adil Abu Bakr.", dentro de estrela de seis pontas.

Imagem

Dirham
2,9 gramas
Emitida em nome de Al Malik Salih Ismail (Dinastia Aiúbida), sultão de Damasco entre 1239-45, além de mencionar o sultão Al Mustansir, dos Abassidas
Está referenciada no "Coins of the Crusader States", 137 / 11

-al-Malik al-Salih / Imad al-Dunya wa'l-Din / b Ismail. Abi Bakr", nas margens: "Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso ";
- al-Imam / Al-Mustansir / Billah Abu Jafar / al-Mansur, Amir al-Mu'minin ", nas margens: "bateu em Damasco ano de mil e duzentos e cinquenta e três "


Imagem

1/2 Dirham
1,4 grama
Emitida em nome de Al Malik Salih Ismail (Dinastia Aiúbida), sultão de Damasco entre 1243-50, além de mencionar o sultão Al Mustansir, dos Abassidas.

Rev: Al Imam/Al Mustansir
Verso: Al Malik/Al Salih
Está referenciada no "Coins of the Crusader States", pg. 135


Em 1250, o bispo Eudes de Chateauroux chegou a Síria, ficando escandalizado com o nome do profeta sendo mencionado nas moedas batidas pelos cruzados. Assim, nas novas cunhagens o nome de Maomé foi excluído das cópias.

O dirhan é de 1253, a data é cristã.

Na verdade, no caso dessas moedas, as legendas imitam o árabe.
A certa altura, as cunhagens foram proibida pelo Papa, que não gostou de ver moeda islâmica batida pelos cristãos.

Imagem

-Bezant (dinar)
-Ouro
-1148-1187
3,2 gramas.
Imitativo do Dinar de ouro do califa Fatímida Al Amir.
Legendas cúficas em pseudo árabe


O termo bezant tem origem na moeda de ouro bizantina, cuja aceitação era ampla e cujo padrão de peso e teor eram também adotados pelos califados.

_________________
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso


Topo
   
MensagemEnviado: domingo jan 21, 2018 7:42 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso Henriques

Registado: sábado dez 20, 2014 6:31 pm
Mensagens: 3441
Localização: Leiria
Boas informações...Obrigado :clap3: :clap3:


Topo
   
MensagemEnviado: domingo jan 21, 2018 8:58 pm 
Desligado
Reinado D.Afonso III
Avatar do Utilizador

Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Mensagens: 1784
Localização: Leiria (Distrito)
Caro doliveirarod
Obrigado, por mais este notável "apontamento numismático". :clap3: :thumbupleft:

_________________
Cumprimentos,
Sílvio Silva


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 3 mensagens ] 

Hora UTC


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 4 visitantes


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal