França 1914 - a série de cêntimos de franco de Dupuis

Moderadores: Netfobia, Moderador de Honra

Responder
Mensagem
Autor
MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8327
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

França 1914 - a série de cêntimos de franco de Dupuis

#1 Mensagem por MCarvalho » segunda mai 11, 2020 4:01 pm

Uma das colecções que faço é das moedas que circulavam entre os países da Entente Cordiale e da Tríplice Aliança em 1914, ou seja, no início da I Guerra Mundial.

É uma colecção que (e apenas pela questão da especificidade da data) apresenta quatro ou cinco exemplares muito raros, que seriam relativamente comuns noutros anos, como 1913 ou 1912, por exemplo.
Independentemente disso, a maior parte das moedas são comuns e relativamente fáceis de encontrar em estados superiores.

Na última quinta-feira, por exemplo, chegou-me a casa (finalmente – após uma loucura de semanas de “pesquisas” nos CTT – chegou a Lisboa, vinda de França, no dia 23 de Abril e desapareceu do sistema, tive que pressionar os CTT e ela lá apareceu e felizmente chegou) a última peça dos exemplares de bronze de França.

São os 10 cêntimos (centimes) de franco da autoria de Daniel-Dupuis, que, em conjunto com as moedas de 1, 2 e 5 centimes fazem a série completa.

A série foi projectada pela Monnaie de Paris em 1898, tendo como objectivo reformar todo o material circulante da III República (1870-1940). O objecto base era lançar as novas peças de prata concertadas com um novo internacional assinado no quadro da União Monetária Latina, em 1897.
O primeiro objectivo era, claro, reformar o circulante de prata. Foi, aliás, nesse momento, que Oscar Roty, abridor responsável pelas emissões de prata (Jules Chaplain gravava os cunhos para o ouro) criou a célebre La Semeuse (com o anverso com a Marianne em pé a semear os campos, modelo que foi recuperado na década de 1960, em níquel, quem tenha estado em França antes de 2001 lembra-se de usar essas moedas de 1 e 2 francos).

Para além do objectivo de reformar e padronizar a prata, o governo aproveitou para lançar novos exemplares nos outros metais, e é aí que entra o abridor dos bronzes, Daniel-Dupuis.

Imagem

Dupuis, que estudou escultura nas Beaux Arts de Paris (frequentou as aulas, ainda que na turma de outro ano, na mesma altura em que um português também estudava lá escultura – Soares dos Reis), especializou-se em gravação de medalhas. Em 1897 tinha já feito imensa coisa, nomeadamente numerário colonial (para a Indochina), medalhas para as grandes exposições, tinha até aberto uma das chapas para notas de franco. Mas nunca tinha tido oportunidade de gravar moedas do dia-a-dia, para o público francês.

E foi neste contexto que utilizou alguns dos esboços e trabalhos prévios para abrir os cunhos da série de 1, 2, 5 e 10 centimes:
Imagem Imagem
(esboços de Dupuis de 1896; foram desenhados originalmente para os bronzes coloniais, mas depois reaproveitados para a série da metrópole, de 1898)

As moedas de 5 e 10 centimes, com o reverso ornamentado com a República a guiar e instruir uma criança que representa o povo e o trabalho, são, porventura, das peças mais belas que se fizeram naquele momento. Foram, no entanto, algo criticadas. São temas muito sobrecarregados, demasiado sensíveis para serem usados em moedas (e nota-se isso nos desgaste dos cunhos). Os 1 e 2 cêntimos, muito mais simples e objectivos, foram considerados mais adequados.

Não obstante, as séries foram feitas e cunhadas entre 1898 e 1921 (os 1 e 2 centimes foram suspensos no ano anterior).
Era, pois, este o numerário que circulava em 1914, quando rebentou a I Guerra Mundial.
Imagem

Dupuis podia, finalmente, ver o seu trabalho no bolso do povo francês. Uma satisfação particularmente especial por serem moedas de baixo valor, circulando literalmente na mão de todos.

Infelizmente, não foi durante muito tempo que Dupuis pôde ver o seu trabalho reconhecido. Em 1899, tragicamente, seria assassinado pela própria mulher (a senhora já havia sido diagnosticada por problemas psíquicos graves).
O último trabalho conhecido de Dupuis foi a medalha para a exposição numismática de 1900, lançada já depois da sua morte.
Imagem


Para além da série das moedas, o restante material de estudo, os esboços inéditos que mostro aqui, estão disponíveis no blogue de Cristina Rodriguez, uma autora (sobretudo romance histórico) e estudiosa francesa que também é apaixonada pelas moedas: Les Dessins Inédites de Jean-Baptiste Daniel Dupuis


MCarvalho

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2545
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: França 1914 - a série de cêntimos de franco de Dupuis

#2 Mensagem por numisiuris » segunda mai 11, 2020 6:06 pm

Boa resenha mestre Carvalho! Acho que fez bem em publicar aqui no fórum, se bem que também não ficasse mal na revista M, ao lado dos artigos de outros ilustres. Não lhes fica atrás. Os meus parabéns!

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 6670
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: França 1914 - a série de cêntimos de franco de Dupuis

#3 Mensagem por fernanrei » terça mai 12, 2020 8:18 am

Excelente trabalho caro Mário, como aliás seria de esperar. Obrigado pela partilha do mesmo. :clap3:
"Quod erat demonstrandum"

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 6258
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: França 1914 - a série de cêntimos de franco de Dupuis

#4 Mensagem por silvio2 » terça mai 12, 2020 9:15 am

Obrigado, caro Mário, pela disponibilidade e partilha deste interessante apontamento. :thumbupleft:
Cumprimentos,
Sílvio Silva

Avatar do Utilizador
carlos47
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4547
Registado: terça jul 26, 2011 2:04 pm
Localização: olhão
Contacto:

Re: França 1914 - a série de cêntimos de franco de Dupuis

#5 Mensagem por carlos47 » terça mai 12, 2020 9:34 am

Outros tempos,tempos em que a arte tinha outra definição,não era abstracta
Muito boa e interessante apresentação

Avatar do Utilizador
LSalema
Reinado D.António
Mensagens: 935
Registado: quarta mai 09, 2018 1:16 am

Re: França 1914 - a série de cêntimos de franco de Dupuis

#6 Mensagem por LSalema » quarta mai 13, 2020 12:31 am

Que venham outros tópicos como este.
Parabéns, Carvalho. :thumbs:
Cumprimentos,
Lincoln Salema
Rio de Janeiro, RJ - Brasil
O que amar o dinheiro nunca se fartará de dinheiro (Ec 5.10a)
https://www.delcampe.net/en_GB/collecta ... incoln2307
http://lsalema-sdumont.blogspot.com/

Responder

Voltar para “Europa”