Peso da Guatemala, os "Carrereños".

Moderadores: Netfobia, Moderador de Honra

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 14922
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Peso da Guatemala, os "Carrereños".

Mensagempor doliveirarod » sábado nov 11, 2017 2:39 am

Imagem

Guatemala - O território era ocupado pelos descendentes dos Maias, mas quando os espanhóis aportaram por ali, em 1523, encontraram não mais uma civilização grandiosa, mas um povo decadente, que já não tinha mais o poder dos que construíram as grandes cidades, achadas já em ruínas.
A Capitania Geral da Guatemala teve origem em 1570, e abrangia todo o território do que é hoje a América Central, mas era subordinada administrativamente ao grande Vice Reino da Nova Espanha (Terras do México, mas importante e rico).
Em 15 setembro de 1821 ocorre um importante movimento revolucionário, no qual a Capitania se declara independente da Metrópole, mas a revolução é sufocada pelos espanhóis.
Com a independência mexicana e a criação do Império de Inturbide (Augustin I), em 1822, as terras da Capitania se juntam ao México, separando-se dele após a dissolução desse breve reinado em 1823. Assim, pelas mãos de Filisola (um general de Inturbide), é criada a a Federação dos Estados Unidos da América Central (Federación de Centroamérica), de cunho liberal, que viria a durar por dezessete anos.
Em 1839, o General Rafael Carreras, representando as forças conservadoras, quebra a Federação, afastando dela a Guatemala. Eleito presidente do país em 1844, cria a cisão em 1847, firmando o decreto que criava a República da Guatemala.
Os outros países da Federação, Honduras, El Salvador e Nicaragua, juntam forças e invadem a nova República, mas são derrotados por Carrera, definitivamente, em 1851. Assim, consolida-se a criação da Guatemala e o fim da Federação Centro Americana, que se dissolve, com a independência dos outros membros.

Imagem

Rafael Carrera Turcios.

Nascido em 1814, ainda sob o domínio espanhol, tinha origem mestiça e simples, não sendo homem de posses nem de família influente. Ascendeu por meio de carreira militar, onde obteve grandes sucessos numa época de grande instabilidade política e econômica. Foi o presidente da Guatemala entre 1844-1848, e de 1851 até sua morte, depois de ter sido nomeado presidente vitalício em 1854. Representava as forças conservadoras e a igreja, e lutou com sucesso contra os liberais que construíram a República Centro Americana, quebrando a Federação e declarando a Guatemala independente em 1847. Em 1854, após derrotar os oposicionistas liberais, foi declarado "líder supremo e perpétuo da nação", com direito a escolher seu sucessor. Entrou em acordo com a Igreja, e tentou manter o equilíbrio entre os interesses dos latifundiários e dos índios, conseguindo fechar com a Inglaterra um importante tratado de fronteiras com Belize, apaziguando uma situação muito complicada. Morre em 1864, ganhando o titulo de "Fundador". Era um homem que tinha carisma e inteligência, que lhe permitiram equilibrar interesses e se manter no poder até sua morte.

A NUMÁRIA:

Antes da criação da moeda nacional, circularam as velhas moedas espanholas e latino americanas, algumas já contramarcadas com um carimbo que as nacionalizava, entre 1838-41. Evidentemente circularam também as boas moedas de prata e ouro da Federação, além de moeda americana e libras esterlinas de ouro.

Em 1851, Rafael Carrera promulgou a Constituição da Guatemala, e esse foi justamente o fim das cunhagens da Federação Centro Americana naquele território. Pelo Decreto de 21 de abril de 1853, Carrera determinou que as moedas da nova república deveriam manter as mesmas especificações de liga e peso que as primeiras moedas da Federação, para evitar uma quebra nas relações comerciais. Sabe-se de um ensaio de 1 Peso, pertencente a coleção do Rei Farouk, do Egito, que traz o busto de Carrera e as armas nacionais, datado de 1852. As primeiras moedas deveriam trazer a efígie de Cristóvão Colombo, e alguns ensaios de 8 Reales com esses tipos foram produzidos. Entretanto, Carrera decide substituir o busto de Colombo pelo dele mesmo, e assim, em 1859, começam a aparecer as primeiras moedas da Guatemala, os "Pesos Carrereños" e suas fracionárias. O "peso ouro" corresponderia a 1,61 grama de peso, possuindo 0,875 de fineza.

O Decreto autorizou a cunhagem dos valores de 1/4, 1/2, 1, 2 e 4 reales e 1 Peso (8 reales) em prata, e 4 reales, 1, 2, 4, 5, 8, 10, 16 e 20 Pesos em ouro.
Após as reformas necessárias na antiga Casa da Moeda da Guatemala, que ainda contava com o maquinário colonial espanhol, começam a aparecer as cunhagens da República da Guatemala, em 1859. Todas as peças guatemaltecas sob Carreras foram gravadas pelo ensaiador suíço Johann Baptist Frener, que aliás assina embaixo dos bustos FRENER F(ecit) (feito por Frener).
Conforme já explanado, as peças seguiam o padrão das primeiras moedas da Federação Centro Americana, de maneira que as moedas de prata teriam liga 0,903, e as de ouro 0,875. Os pesos teóricos são os especificados abaixo. Algumas peças tem a letra "R" após a data, outras não.

De 1859 até 1865, data da morte do caudillo , as peças mencionam o título [b]"Presidente da República"[/b], ao passo que as moedas cunhadas postumamente, de 1866 até 1871, trazem a referência ao "Fundador". Todas as numismas desse período trazem as armas nacionais e facial no reverso, e no verso o busto e o título do governante.

Os "Carrereños", tal como os antigos Reales espanhóis nos quais se inspiravam, eram uma moeda forte, de bom peso e liga, e portanto, tiveram uma boa aceitação em toda a região, circulando até mesmo no comércio com o Oriente movido por nações europeias, pois se equiparavam aos peso mexicano de prata. Por conta disso, a maioria das moedas acabou exportada, como sempre ocorre quando países de economia fraca produzem moedas fortes de bom metal precioso. Assim, apesar da boa quantidade de moedas de ouro e prata cunhadas, a população acabaria por sofre a falta de numerário. Os bustos de Carrera duraram até 1871. Em 1872 surge um novo padrão monetário, com fineza de 0,900 para as moedas de prata.

Cunhagem em Prata:

Imagem
(imagem retirada da internet, não é de minha coleção)

1/4 de Real
-peso teórico 0,85 grama
-Prata 0,903
-KM 1

Datas cunhadas e quantidades:
1859
1860
1861
1862
1863
1864
1865 - 23.000
1866 - 205.000
1867 - 169.000
1868 - 148.000
1869 - 242.000



Imagem

1/2 de real
peso teórico 1,65 grama
Prata 0,903


Datas cunhadas e quantidades:

Incrição: RAFAEL CARRERA PE DE LA R(epública) DE GUATEMALA com letras grandes (KM 2):

1859 -
1860R - 191.000
1861

Incrição: RAFAEL CARRERA PTE DE LA R(epública) DE GUATEMALA (KM 8):

1862R
1863R
1865R (emendada sobre 3) - 57.000
1865

Incrição: RAFAEL CARRERA FUNDADOR DE LA R(epública) DE GUATEMALA - Póstumas (KM 20)

1867R - 92.000
1868R - 102.000
1869 -117.000



Imagem

-1 real
-peso teórico 3,25 gramas
-Prata 0,903

Incrição: RAFAEL CARRERA PE DE LA R(epública) DE GUATEMALA com letras grandes (KM 3):

1859 -
1859R
1860R - 177.000


Incrição: RAFAEL CARRERA PTE DE LA R(epública) DE GUATEMALA (KM 8):

1861R
1862R
1863R
1864R
1865R (2 tipos; com e sem a assinatura embaixo do busto)

Incrição: RAFAEL CARRERA FUNDADOR DE LA R(epública) DE GUATEMALA - Póstumas (KM 20)

1866R - 385.000
1867R - 199.000
1868R - 335.000
1869 -131.000

Imagem

[b]-2 reales
-peso teórico 6,50 gramas
-Prata 0,903

Incrição: RAFAEL CARRERA PE DE LA R(epública) DE GUATEMALA com letras grandes (KM 4):

1859 -

Incrição: RAFAEL CARRERA PE DE LA R(epública) DE GUATEMALA com letras finas (KM 5):

1860R
1861R
1862R
1863R
1864R
1865R - 410.000


Incrição: RAFAEL CARRERA PTE DE LA R(epública) DE GUATEMALA (KM 10):

1861R
1862R
1863R
1864R
1865R (2 tipos; com e sem a assinatura embaixo do busto)

Incrição: RAFAEL CARRERA FUNDADOR DE LA R(epública) DE GUATEMALA - Póstumas (KM 23)

1866R - 334.000
1867R - 293.000
1868R - 267.000
1869 - 124.000
[/b]

Imagem

4 reales
peso teórico 13 gramas
Prata 0,903


Incrição: RAFAEL CARRERA PTE DE LA R(epública) DE GUATEMALA (KM 6):

1860R - 4,760
1861R
1863R
1865R

Incrição: RAFAEL CARRERA FUNDADOR DE LA R(epública) DE GUATEMALA - Póstumas (KM 24)

1867R - 54.000
1868R - 36.000
1869R -


Imagem

-Peso (8 reales)
-peso teórico 0,85 grama
-Prata 0,903

Incrição: RAFAEL CARRERA PE DE LA R(epública) DE GUATEMALA com letras grandes (KM 7):

1859 -
1859R


Incrição: RAFAEL CARRERA PTE DE LA R(epública) DE GUATEMALA (KM 12):

1862R
1863R
1864R
1864.R
1865R - 119.000

Incrição: RAFAEL CARRERA FUNDADOR DE LA R(epública) DE GUATEMALA - Póstumas (KM 25)

1866R - 109.000
1867R - 173.000
1868R - 60.000
1869 (sem o "L" antes de 10Ds. 20Gs) - 186.000
1869R -117.000

1870 (sem o "L" antes de 10Ds. 20Gs)
1870R - 283.000
1871R
[/b]
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Sebastião
Mensagens: 1030
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: Peso da Guatemala, os "Carrereños".

Mensagempor silvio2 » sábado nov 11, 2017 9:29 am

Caro doliveirarod
Mais uma vez, o Amigo partilha, com todos nós, as belas moedas da sua colecção (e, como sempre, acompanhada
de notáveis apontamentos, contextualizando a época a que se referem ...)
Muito obrigado, pelo seu trabalho e pela generosidade com que vai partilhando, com o Fórum, a sua "paixão" pela Numismática, para enriquecimento cultural (não apenas, numismático) de todos nós! :D
Bem haja. :clap3: :clap3: :clap3:
Cumprimentos,
Sílvio Silva


Voltar para “Américas”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante