O Córdoba - Nicaragua

Moderadores: Netfobia, Moderador de Honra

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15012
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

O Córdoba - Nicaragua

Mensagempor doliveirarod » sábado nov 25, 2017 12:58 am

A SÉRIE DO CÓRDOBA (em prata):

Imagem

Nicaragua: Colombo atingiu a costa nicaraguense em 1502, em sua última viagem às Américas. Em 1522 os conquistadores do Panamá, sob o comando de Gonzales Davila, começam a ocupar a região, sendo os primeiros assentamentos realizados dois anos depois, com a fundação de Leon e Granada. Durante a colonização espanhola, esteve esse território ligado à Capitania Geral da Guatemala, que abarcava os territórios do que hoje são Panamá, Guatemala e Nicaragua. Em 1821, com a independência da América Espanhola, o território passou a integrar o Império do México, do gen. Inturbide, de onde se separou em 1823, passando a então integrar a República da América Central. Em 1838, com a dissolução e fragmentação desta República, a Nicaragua surge como país independente.

A NUMÁRIA:

Conforme se vê pela história do país, ali circulavam as velhas moedas espanholas e coloniais espanholas, as mexicanas e as da República da América Central, todas dividindo espaço com o Peso nicaraguense, que existia na prática apenas na figura de umas poucas moedas fracionárias, de 20, 10 e 5 centavos (em prata 0,800).
Assim, em 1912, na presidência de Aldolfo Díaz, surge o Decreto de Conversão Monetária, para uniformizar e regularizar de vez esse meio circulante. Nascia aí o Córdoba, dividido em 100 centavos. O novo Córdoba valia 1 Peso Fuerte, que equivaleria a 12 1/2 pesos nicaraguenses, o equivalente aos velhos 8 reales. Criou-se a moeda teórica (não chegou a ser cunhada) de 1 Córdoba de ouro, que pesaria 1,672 gramas do metal, em liga 0,900. Era assim uma moeda forte, 5 Córdobas valiam uma libra esterlina em ouro.
Em 1931, 1,10 unidade da moeda valiam 1 dólar americano, situação que perdurou até 1940, face ao fato de que o Banco da Nicaragua tinha participação de vários banqueiros americanos como acionistas. Até 1936, as cunhagens permaneceram em prata. Em 1939, com o início da desvalorização da moeda face ao dólar, começam as cunhagens em níquel.

As primeiras moedas surgiram logo em 1912, foram cunhadas em Heaton (letra "H"), Inglaterra, pela Ralph Heaton e Sons. A série faz uma homenagem ao "fundador" do país, Francisco Hernadez de Córdoba, cuja efígie ilustra todos os valores.
A "coroa" do Córdoba era de prata 0,900, pesando 25 gramas. Os demais valores foram feitos em liga 0,800. O decreto previu a cunhagem dos seguintes valores: 1 e 5 centavos em bronze; 10, 20, 50 centavos e 1 Córdoba em prata.
A série é inspirada nas moedas da República da América Central, que também possuíam o sol nascente atrás de 5 montes. As peças trazem o valor facial e as inscrições "EM DIOS CONFIAMOS" e "REPÚBLICA DA NICARAGUA"
Vamos a elas:

Imagem
10 centavos
1912-H
prata 0,800
2,5 gramas
230.000 exemplares
KM 13


Datas cunhadas e quantidades:
1912H - 230.000
1914H - 220.000
1927 - 500.000
1928 - 1.000,000
1930 - 150.000
1935 - 250.000
1936 - 250.000.


Imagem
25 centavos
1936
prata 0,800
5,0 gramas
100.000 exemplares cunhados
KM 14


Datas cunhadas e quantidades:
1912H - 320.000
1914H - 100.000
1928 - 200,000
1929 - 20.000
1930 - 20.000
1936 - 100.000.


Imagem
50 centavos
1912-H
prata 0,800
12,4 gramas
260.000 exemplares
KM 15


Datas cunhadas e quantidades:
1912H - 260.000
1929 - 20.000


Imagem
Córdoba
1912-H
prata 0,900
24,8 gramas
35.000 exemplares cunhados
KM 16


Datas cunhadas e quantidades:
1912H - 35.000


A moeda de 1 Córdoba é a mais rara da série, sendo mesmo difícil de achar um exemplar em boas condições no mercado.

A Efígie:

Imagem

Imagem

Francisco Hernadez de Córdoba: partiu da ilha de Cuba, onde era um dos colonizadores mais ricos, para explorar terras da atual América Central, em 1517.
Assim, descobriu a península do Iucatã, entrando em contato com os Maias, sendo o primeiro europeu a ter conhecimento dessa civilização. Continuando as explorações, entrou em conflito com nativos, quando a maioria dos espanhóis saiu vítima de flechadas, inclusive Córdoba, havendo algumas baixas.
De volta a Cuba, passou seus relatos de uma avançada civilização indígena, de estranhos costumes, que possuiam ouro. Foram esses relatos que despertaram a cobiça dos espanhóis em Cuba, notadamente a do famoso Hernan Cortez, que viria mais tarde a conquistar as terras da América Central em busca dessas riquezas, proporcionando assim a colonização da área em nome da coroa espanhola.
Fernando levou a reputação de fundador da Nicaragua, pois fundou duas das mais importantes cidades do país: Leon e Granada, em 1524. Córdoba morreu executado em 1526, acusado de traição pelo governador do Panamá, Pedrarias D'ávila. Recentemente, no ano de 2000, seus restos foram localizados justamente na cidade de Leon Viejo, e enterrados embaixo de sua estátua, com honras militares.
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Afonso V
Mensagens: 1232
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: O Córdoba - Nicaragua

Mensagempor silvio2 » sábado nov 25, 2017 9:52 am

Muito interessante (como, aliás, é habitual, nos seus Tópicos). Imagem
Obrigado, mais uma vez. Imagem
Cumprimentos,
Sílvio Silva

soga80
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2591
Registado: sábado dez 20, 2014 6:31 pm
Localização: Leiria

Re: O Córdoba - Nicaragua

Mensagempor soga80 » sexta dez 08, 2017 5:17 pm

:beer:


Voltar para “Américas”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes