Reino do Egito - Fuad I

Moderadores: Netfobia, Moderador de Honra

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 14904
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Reino do Egito - Fuad I

Mensagempor doliveirarod » domingo nov 12, 2017 3:56 am

Uma série interessante e atrativa.

Imagem

REINO DO EGITO - armas dos Muhammad Ali

O Reino surgia em 1922, como sucessor do Protetorado do Egito, que os ingleses tinham estabelecido desde 1914, durante a primeira guerra, acabando formalmente com o domínio Otomano no país. O novo Reino nasce com muitas obrigações para como os britânicos, que mantinham o controle total do Canal de Suez em troca do reconhecimento da independência egípcia. Mantinham os britânicos, na prática, grande influência política e comercial. A luta interna das três correntes políticas, os Wafd (nacionalistas), os comunistas e a irmandade muçulmana (a precursora do atual radicalismo islâmico), juntamente com a corrupção instalada no seio da monarquia e a frequente interferência britânica, acabaram por minar as bases do sistema, que se desintegra em 1953, com a abolição da monarquia, totalmente desacreditada após a derrota do país na guerra árabe-israelense de 1948.


A NUMÁRIA

As moedas da monarquia continuavam o padrão estabelecido pelos ingleses durante o período do Protetorado. 10 milliemes valiam uma piastra, 100 piastras valiam uma libra egípcia de ouro, que era atrelada a moeda inglesa (libra esterlina = 0,975 libra egípcia). A Lei do Reino autorizou a emissão de moedas de 1/2 e 1 millieme (malleem) em cobre, 5 e 10 millieme em níquel, 2, 5, 10 e 20 piastras em prata e 20, 50, 100 e 500 piastras em ouro.
A libra egípcia ficaria atrelada à britânica ate 1962, quando desvalorizações sucessivas fizeram com que o dólar americano fosse usado como referência.

Aqui vou me ater apenas à série de prata das piastras do reino de Fuad I:

Com o nascimento do novo Reino em 1922, surgem logo as moedas nacionais em ouro, até mesmo como afirmação de autoridade do novo Estado. Em 1923 aparece a primeira série de prata.

As moedas trazem no verso o busto de Fuad à direita, com o tarboosh na cabeça e uniformizado, além da Inscrição FUAD I REI DO EGITO em árabe. No reverso o valor facial e a inscrição REINO DO EGITO, em árabe, além da data, que pode ser vista de acordo com a hegira e também conforme o calendário Gregoriano.

A arte ficou ao encargo de um gravador egípcio, Hamid Effendi Sirry, um pequeno "S" na parte de trás do busto é a inicial que indica este gravador. As moedas foram feitas pela Birmingham Mint, e entre 1929/30, foram cunhadas na Hungria, na Casa da Moeda de Budapest.

Interessante perceber que o peso da coroa egípcia e sua pureza se assemelham ao taler de Maria Teresa (os famosos restrikes de 1780), que circulavam amplamente pela região do Levante, e também por lá.
Todas possuem serrilha normal.

Imagem

2 piastras
peso teórico 2,8 gramas
prata 0,833
KM 52
1923H (Heaton - única data)
2.500,000 exemplares.


Imagem

5 piastras
peso teórico 7 gramas
prata 0,833
KM 53
1923 - 800,000 exemplares.
1923H (Heaton) 1.800,000 exemplares


Imagem

10 piastras
peso teórico 14 gramas
prata 0,833
KM 54
1923 - 400,000 exemplares.
1923H (Heaton) 1.000,000 exemplares


Imagem

20 piastras
peso teórico 28 gramas
prata 0,833
KM 55
1923 - 100,000 exemplares.
1923H (Heaton) 50,000 exemplares


Em 1929 surge a nova série, com designer diferente no verso, mantendo-se o reverso igual. O novo busto à esquerda mantém o tarboosh, o uniforme, mas acrescenta sobre o dorso do rei o colar da Ordem do Nilo. A gravação ficou ao encargo do famoso artista inglês Percy Metcalfe (PM). Por essa época, eram batidas na Casa da Moeda de Budapest (BP).

Imagem

2 piastras
peso teórico 2,8 gramas
prata 0,833
KM 66
1929 BP (única data)
500,000 exemplares.


Imagem

5 piastras
peso teórico 7 gramas
prata 0,833
KM 67
1929BP - 800,000 exemplares.
1933 1.300,000 exemplares


Imagem

10 piastras
peso teórico 14 gramas
prata 0,833
KM 68
1929BP - 400,000 exemplares.
1933 350,000 exemplares


Imagem

20 piastras
peso teórico 28 gramas
prata 0,833
KM 69
1929BP - 50,000 exemplares.
1933 25,000 exemplares


Imagem

FUAD I - Era de origem albanesa, e após a independência da Albânia, tentou, em 1913, obter o trono daquele país, mas sem sucesso, devido à oposição da parte cristã da população. Era irmão de Hussein Kamil, o sultão do Egito dos tempos do Protetorado Britânico, da dinastia dos Muhammad Ali, ou Alawiyya, sucedendo-o após sua morte. de 1917 a 1922, foi sultão do Protetorado, adquirindo o título de rei após o reconhecimento do Reino do Egito pelos ingleses. Exerceu um poder centralizador, dissolvendo o parlamento frequentemente, conforme seus interesses. Morreu em 1939, sendo sucedido por seu filho Farouk.
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Sebastião
Mensagens: 1018
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: Reino do Egito - Fuad I

Mensagempor silvio2 » domingo nov 12, 2017 10:16 am

Mais um notável "Apontamento Numismático" e ... uma lição de História! :clap3:
Obrigado, Amigo doliveirarod :thumbupleft:
Cumprimentos,
Sílvio Silva

jdickson
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2750
Registado: domingo dez 12, 2010 10:27 pm

Re: Reino do Egito - Fuad I

Mensagempor jdickson » domingo nov 12, 2017 11:11 am

Excelente texto de suporte! Torna a numismática uma parte ainda mais integrante da história. Obrigado por estas pérolas. Apetece-me logo ir procurar e comprar... :clap3: :clap3: :clap3:

soga80
Reinado D.Sancho II
Mensagens: 1994
Registado: sábado dez 20, 2014 6:31 pm
Localização: Leiria

Re: Reino do Egito - Fuad I

Mensagempor soga80 » sexta dez 08, 2017 12:25 pm

Sempre a aprender...


Voltar para “África”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante