Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Moderadores: smertola, Moderador de Honra

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15050
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor doliveirarod » segunda set 19, 2011 3:33 am

Imagem

Em 1762, no reinado de D. José I, no tempo do ministério do Marquês de Pombal, surgem as macutas em cobre e prata, para suprir as necessidades de circulação no comércio local, cujo forte da economia era à época o tráfico de escravos, principalmente p/ o Brasil colonial. O nome "macuta" deriva da palavra "makuta", plural de "likuta", palavra da língua dos nativos do Congo, significava um determinado pano de fibra vegetal que circulava como "moeda" local, em regime de escambo.

Os valores em cobre consistiam originariamente em 1/4, 1/2 e 1 macuta. Os de prata em 2, 4, 6 8, 10 e 12 macutas.
A cunhagem em prata durou de 1762 até o reinado de de Dna. Maria I, findando em 1796.

REINADO DE D. JOSÉ I

Imagem

Série de valores completa:

Imagem

2 macutas 1762
prata 916,6
2,5 gramas
AG - 09.01

Datas:
1762 (tiragem desconhecida)
1763 - 20.002


Imagem

4 macutas 1763
prata 916,6
5,8 gramas
AG - 10.02

Datas:
1762 (tiragem desconhecida)
1763 (tiragem desconhecida)
1770 - 10.000


Imagem

6 macutas 1770
prata 916,6
8,8 gramas
AG - 11.03
Datas:

1762 (tiragem desconhecida)
1763 (tiragem desconhecida)
1770 - 10.000



Imagem

8 macutas 1762
prata 916,6
11.6 gramas
AG - 12.01

Datas
1762 (tiragem desconhecida)
1763 (tiragem desconhecida)
1770 - 5.000


Imagem

10 macutas 1763
prata 916,6
14.5 gramas
AG - 13.02

Datas
1762 (tiragem desconhecida)
1763 (tiragem desconhecida)
1770 - 6.000


Imagem

12 macutas 1763
prata 916,6
17.5 gramas
AG - 14.02

Datas
1762 (tiragem desconhecida)
1763 (tiragem desconhecida)
1770 - 13.330



O que mais me encanta nessas peças é a estreita ligação com a história da minha terra e do Brasil Colonial como um todo:

Imagem
(Luanda Colonial)

Angola foi descoberta pelo navegador portuguÊs Diogo Cão, em 1482, mas a colonização só começaria no século XVI, mais precisamente em 1575 com a chegada de uma centena de famílias de colonos apoiadas por 400 soldados. Luanda conseguiu o estatuto de cidade em 1605. Os interesses eram o marfim, alguns minérios, mas sobretudo escravos. Iniciava-se assim a cristianização dos nativos do Congo. No momento da chegada dos portugueses, ao sul do reino do Congo existiam alguns reinos, governados por um "rei", o "Ngola" (daí "Angola").
Os negros obtidos pelos portugueses nessas terras eram vitais para a economia açucareira do Brasil. Durante o período da União Ibérica, Pernambuco, grande produtor de açucar no nordeste do Brasil, de foi tomado pelos holandeses.
Em 1641, apoiados pela rainha local, Jinga Mbandi, conhecida como Rainha Jinga, os batavos ocuparam também Luanda, para que o tráfico não fosse interrompido para a agora "nova colônia" holandesa no nordeste brasileiro. Cortava-se também o fornecimento de negros p/ o resto do Brasil e colônias espanholas da América do Sul, numa tentativa de sufocar a economia dos ibéricos no novo mundo.
A situação era de tal gravidade que em 1648, ainda com os holandeses no Brasil (em Recife, Pernambuco), parte uma expedição de terras brasileiras, chefiada por Salvador Correia de Sá, que consegue retomar Luanda, dando assim continuidade ao vital tráfico negreiro.
Morta a rainha Jinga, o novo rei do Congo usa de toda a sua força p/ tentar expulsar os portugueses de Luanda, em 1663, mas é derrotados pelos lusos, consolidando-se o domínio definitivo da Coroa naquela área.

Daquelas terras saíram boa parte dos negros que desembarcaram como escravos para as plantações de cana do Brasil. A maioria deles desembarcava no Rio de Janeiro, no porto do Valongo, outra parte em Salvador e Recife:

Imagem

O porto do Valongo tem um recorde sombrio: foi o maior ponto de trafico de escravos negros nas colônias de todas as Américas (talvez do mundo inteiro). Nele teriam desembarcado como mercadoria mais de 1 milhão de almas, o que alguns consideram um dos grandes genocídios cometidos contra a humanidade:

Imagem

Imagem

Nos tempos do Brasil Império, o Valongo foi totalmente reformado para receber a imperatriz Teresa Cristina, que iria se casar com Pedro II, jogando-se sua história e suas finalidades p/ "debaixo do tapete".

Curiosamente, agora há pouco, nas reformas do porto do Rio de Janeiro, devido à Copa do Mundo de 2014, o velho "fantasma" reapareceu:

Imagem

Imagem

Ei-lo agora, se suas pedras falassem...
Achou-se ferros diversos, grilhões quebrados, cachimbos, botões e claro: umas moedinhas...

A partir de 1764, a economia angolana começa a voltar-se um pouco mais p/ o mercado interno, com a produção de gêneros agrícolas e matérias primas, e em 1836, o comércio de escravos é legalmente abolido. Mesmo após a independÊncia, o Brasil continuou a receber negros de lá, traficados por baixo dos panos por brasileiros e portugueses, tal como tradicionalmente ocorria. Negros obtidos das guerras entre as tribos locais, eram pagos por meio de mercadorias, às vezes até mesmo trocados por tonéis de cachaça.

Imagem

Certamente não é uma história bonita, mas é a verdadeira história, gosto muito de ter essas peças comigo, um "pedacinho" dela.
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
josape
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 6076
Registado: quarta dez 17, 2008 11:21 pm
Localização: Ponte-Guimarães

Re: Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor josape » segunda set 19, 2011 10:37 am

E é de estar feliz por esta série completa, são moedas bem bonitas e com muita história. Parabéns.
José Pereira

MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 7742
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Re: Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor MCarvalho » segunda set 19, 2011 10:44 am

É uma série magnífica e um texto interessantíssimo.

Não sei se é da foto, mas fiquei particularmente maravilhado com as 12 macutas.
MCarvalho

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10276
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor tm1950 » segunda set 19, 2011 10:49 am

Fabiano, divinal. :clap3: :clap3: :clap3:
É um lote excepcional e termina com uma beleza extrema. O texto e as imagens alusivas são requintados. :thumbs:
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Avatar do Utilizador
jmilheiro
Reinado D.José
Mensagens: 503
Registado: quarta nov 05, 2008 12:27 pm
Localização: coimbra

Re: Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor jmilheiro » segunda set 19, 2011 11:13 am

Moedas simplesmente magnificas, acompanhadas por um texto muito interessante.
Cumprimentos
jmilheiro


Os meus Leilões:

http://vendedor.coisas.com/jmilheiro/

Avatar do Utilizador
palves
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2253
Registado: segunda jan 11, 2010 11:02 am

Re: Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor palves » segunda set 19, 2011 11:14 am

Parabéns, é uma colecção muito interessante e repleta de história. As 12 macutas estão de facto muito bonitas!

miguelkosta
Reinado D.João I
Mensagens: 1346
Registado: sexta nov 05, 2004 10:23 pm
Localização: Gondomar-Porto
Contacto:

Re: Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor miguelkosta » segunda set 19, 2011 11:23 am

Sem dúvida. Está de parabéns. Uma série de moedas fantástica!
MoedaMania

Miguel Costa

amorim mora
Reinado D.Henrique
Mensagens: 961
Registado: quinta out 02, 2008 7:40 pm
Localização: Mora Alentejo
Contacto:

Re: Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor amorim mora » segunda set 19, 2011 1:38 pm

Excelentes moedas amigo Fabiano ,e estão num bom estado de conservação . :D

Cump-Amorim Mesquita

Avatar do Utilizador
Nascimento
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2690
Registado: domingo set 09, 2007 5:07 pm
Localização: Marinha Grande

Re: Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor Nascimento » segunda set 19, 2011 2:31 pm

Essencialmente a moeda de 12 Macutas, está Brutal!...talvez por ser um valor mais elevado, circulava menos!
Obrigada pela partilha Fabiano.

O que se compraria naquele tempo em Angola ou Brasil com 12Macutas....?
Nascimento

cargil48
Reinado D.Henrique
Mensagens: 976
Registado: sábado fev 26, 2011 4:51 pm
Localização: Cidade Invicta

Re: Série completa das MACUTAS de prata, D. JOSE I

Mensagempor cargil48 » segunda set 19, 2011 3:04 pm

Excelente texto, belíssima colecção! Ficamos assim mais enriquecidos a nível de cultura geral. Obrigado, Fabiano!


Voltar para “Angola”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante