Tremissis de Recáredo I

Ibéricas, Ibero-Romanas, Visigodas e Árabes cunhadas no território português

Moderador: Moderador de Honra

Avatar do Utilizador
Belard
Senhor Escudo da I República
Mensagens: 35
Registado: quarta fev 23, 2005 5:53 pm
Localização: Lisboa / Parede

Tremissis de Recáredo I

Mensagempor Belard » quarta jan 17, 2018 7:38 pm

Meus caros, alguém me pode dar uma ajudinha com esta?
Tremissis Recaredo.jpg

Gostava de saber as opiniões de quem sabe sobre:
- Estado de Conservação (sei que é subjectivo, mas opinem!)
- Valor

Isto aparece tão pouco na net e em leilões que me é difícil fazer uma estimativa.

Muito obrigado!
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.
Luís Belard da Fonseca
A partir de amanhã vou deixar de procrastinar ;)

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.João I
Mensagens: 1326
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Tremissis de Recáredo I

Mensagempor numisiuris » quarta jan 17, 2018 11:06 pm

Eu não percebo nada destas moedas, nem sei avaliar a autenticidade ou o preço justo das mesmas, embora as ache fascinantes! Parece-me um mbc. A porosidade que se vê no anverso é habitual? Julgo ler "EMERITA", logo deverá ser uma moeda batida no actual território espanhol, em Mérida.

Avatar do Utilizador
Belard
Senhor Escudo da I República
Mensagens: 35
Registado: quarta fev 23, 2005 5:53 pm
Localização: Lisboa / Parede

Re: Tremissis de Recáredo I

Mensagempor Belard » quinta jan 18, 2018 4:39 pm

Numisiuris, obrigado pela resposta. Por acaso eu podia ter indicado as legendas: +RECCAREDVS REX / +EMERITA VICTOR e sim, claramente cunhada em Mérida.
Quanto à porosidade ou granulação, é também um mistério para mim. Não tenho visto assim tantas visigóticas que possa ter uma noção sobre se é uma coisa que possa suceder ou se é invulgar. O que sei da história da moeda pode trazer alguma luz: esta estava, nos anos 40 ou 50 do século passado, num ourives, junto a restos de ouro velho para derreter. Não sei se terá chegado a levar com o maçarico... ou se lhe terá sido feito algum teste químico para avaliar a pureza do metal. Foi nessa altura resgatada pelo meu avô, que a comprou por 800$00, creio.
Eu também gostaria de a considerar um MBC. Não sei se o aspecto do anverso o permite.
Obrigado pelos comentários!

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.João I
Mensagens: 1326
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Tremissis de Recáredo I

Mensagempor numisiuris » quinta jan 18, 2018 8:02 pm

Ainda bem que foi salva do cadinho! Talvez então seja uma qualquer reacção química provocada por algum reagente. Mas não tenho conhecimentos sobre essa questão. De qualquer modo, o reverso está claramente num excelente mbc e penso que a avaliação das duas faces, feita a média, dará também esse estado de conservação no cômputo geral! Boa partilha!

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15012
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Re: Tremissis de Recáredo I

Mensagempor doliveirarod » sexta jan 19, 2018 10:17 pm

Qto às legendas e origem, tudo dito. O estilo me parece conforme, essa porosidade não é típica de fundição, já vi ocorrer em peças antigas de ouro, lembrando que essas ligas levam 10% ou pouco mais de cobre.
Qto ao estado, daria um BC+
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso


Voltar para “Pré-Nacionalidade”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes