Cinquinho falsificado adquirido pelo Museu de Dinheiro

Fale aqui sobre moedas falsas ou viciadas

Moderador: Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4718
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Cinquinho falsificado adquirido pelo Museu de Dinheiro

#11 Mensagem por fernanrei » quarta ago 07, 2019 9:16 am

"O selênio é encontrado muito distribuído na crosta terrestre. Na maioria das rochas e solos é encontrado em concentrações entre 0,1 e 2,0 ppm. Raramente é encontrado em estado nativo, obtendo-se principalmente como subproduto da refinação do cobre, já que aparece nos lodos (resíduos) de eletrólises junto com o telúrio (5–25% Se, 2–10% Te). A produção comercial se realiza pela queima dos lodos com cinzas de soda ou adição de ácido sulfúrico."https://pt.wikipedia.org/wiki/Selênio

Se por acaso as concentrações apuradas são superiores, algo de estranho se passa :think: Quero crer que com o tempo o valor dessa presença diminui e não o contrário, mas posso estar enganado :think:


:D FMMRei :D

MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8218
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Re: Cinquinho falsificado adquirido pelo Museu de Dinheiro

#12 Mensagem por MCarvalho » quarta ago 07, 2019 11:38 am

Só agora consegui ler o artigo da Nova.
É uma baldada, realmente. Mas não foi por falta de suspeitas que as "moedas" foram compradas. Que sirva de exemplo, não só para quem compra, como para quem autoriza a compra.

Muito interessante também esta questão das penteadas. São caras conhecidas de outras andanças, aparecem várias vezes e terão saído todas da mesma mão. Para quem não as sabe diferenciar, aqui está um belo lote para treinar o olho.

Esta questão do selénio é interessante... pelo que depreendo, terá sido usado como adstringente, tanto para lubrificar o entalhamento, como para o mascarar (daí serem todas iguais).

A observação do Fernando é muito pertinente, porque se se confirma que a concentração de selénio tem tendência a diminuir, com jeitinho conseguimos datar os "trabalhinhos" de cosmética. Não sei se confirmará, mas, pessoalmente, só comecei a ver disso, como o mesmo estilo, nos últimos 10 anos (15 máximo).
MCarvalho

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15418
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Re: Cinquinho falsificado adquirido pelo Museu de Dinheiro

#13 Mensagem por doliveirarod » quinta ago 08, 2019 12:02 am

Código: Selecionar todos

pelo que depreendo, terá sido usado como adstringente
Sim, toda peça penteada/burilada passa por um polimento para disfarçar a mudança de tonalidade e textura no ponto mexido e uniformizar o aspecto. Vi várias restaurações de 6.400 réis feitas aí em Portugal, algumas eram até convincentes numa primeira análise, mas todas, sem exceção, tinham passado por "limpeza" abrasiva, apresentado os "clássicos" risquinhos (hair lines).
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

josix
Reinado D.Pedro V
Mensagens: 217
Registado: domingo out 30, 2011 11:38 pm

Re: Cinquinho falsificado adquirido pelo Museu de Dinheiro

#14 Mensagem por josix » terça ago 13, 2019 10:33 pm

numisiuris Escreveu:
terça ago 06, 2019 7:03 am
Finalmente está cá fora o estudo sobre as moedas de prata, feito na Universidade Nova:
Portuguese silver from the 15th to the 17th century,
the 11 dinheiros silver coins

https://run.unl.pt/bitstream/10362/5705 ... s_2018.pdf
É uma dissertação muito interessante, obrigado pela divulgação.

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2254
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Cinquinho falsificado adquirido pelo Museu de Dinheiro

#15 Mensagem por numisiuris » quarta dez 04, 2019 11:23 pm

Tenho andado de volta do artigo para o tentar usar, como ciência que supostamente é. Constato com muita pena minha que o apêndice 4 (onde figuram os resultados da análise química das moedas) não foi disponibilizado online. Alliás, cumprirá fazer uma resenha do que se passou com o artigo.

Em 2016 é colocado online um póster da ciência viva:
Imagem

Depois é disponibilizado um "sub-artigo", que foi este:
https://www.sciencedirect.com/science/a ... 5X16303368

E só em 2019 aparece online esta tese, datada de 2016.

Só que o apêndice 4, nem vê-lo...

Há uns dois anos, à conversa com um cientista aqui do fórum, conectado ao "meio", que andou de volta de mim para me conhecer (sem eu nunca ter andado de volta dele para o conhecer), foi-me dito que "eles" não iam divulgar os resultados, senão começavam por aí a aparecer falsificações indetectéveis. E foi-me dito que me faziam análises na nova, mas que o interesse deles era publicar. Ao que eu disse que já tinha começado as minhas análises há muito tempo e que não ia começar o trabalho de novo. Mas que se podia fazer um artigo para comparar os resultados das análises, usando em especial uma moeda cujo resultado correcto seria de fulcral importância, por ser exemplar único na amostra.

Pronto, e por aqui se ficou a minha interacção com o dito cientista, que naturalmente não me contactou mais, porque "eles", artigos a validar estudos de outros, não querem fazer.

Eu não sou cientista. Ai de mim. Mas quero crer que ciência é uma coisa e mercearia é outra. No final de tudo isto, esta gente dos metais, que anda de volta do traço como se fosse algum santo graal, talvez se esqueça de certas regras básicas da arquitectura. Mas não há drama. Temos um chinfrão que não encaixa no traço, logo deve ser resultante de fundição de metais antigos. E pronto, isto sim é ciência e são certezas e o raio que os valha.
Imagem

Avatar do Utilizador
NVMVS
Reinado D.João VI
Mensagens: 429
Registado: segunda out 29, 2018 1:38 pm

Re: Cinquinho falsificado adquirido pelo Museu de Dinheiro

#16 Mensagem por NVMVS » quinta dez 05, 2019 9:50 am

numisiuris Escreveu:
quarta dez 04, 2019 11:23 pm
... como ciência que supostamente é...
Comparar a composição atómica sem refletir no estilo das moedas é uma ciência e pêras :erofl:
Cumprimentos
Diogo

Responder

Voltar para “Falsas ou Viciadas”