Morabitinos de D. Afonso Henriques

Moderadores: palves, LMACHADO, numisiuris, crislaine, Jacinto Silva, Praça, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2123
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Morabitinos de D. Afonso Henriques

#21 Mensagem por numisiuris » terça abr 09, 2019 3:20 am

Continuando a análise da putativa moeda de ouro do Fundador, serão as três falsificadas?
Imagem



MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8151
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Re: Morabitinos de D. Afonso Henriques

#22 Mensagem por MCarvalho » terça abr 09, 2019 3:21 pm

Supostamente, esta história do morabitino B é uma criação do séc. XIX (Toro?), portanto, o que podemos ter em mãos são já falsificações da falsificação.
MCarvalho

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2123
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Morabitinos de D. Afonso Henriques

#23 Mensagem por numisiuris » terça abr 09, 2019 6:45 pm

MCarvalho Escreveu:Supostamente, esta história do morabitino B é uma criação do séc. XIX (Toro?), portanto, o que podemos ter em mãos são já falsificações da falsificação.
Porque que são falsificações do Toro do séc. XIX? Vamos fazer um post em que se passem os argumentos a pente fino, assim à antiga? ;)

Supostamente a primeira e a segunda são as originalmente apresentadas pelo Amaral do Toro. E a terceira será a que apresentou na caderneta 10. Conheces mais alguma?

MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8151
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Re: Morabitinos de D. Afonso Henriques

#24 Mensagem por MCarvalho » terça abr 09, 2019 9:41 pm

Pelo que me lembro, serão apenas 3.
Não estou em casa, mas para pentearmos isto (;)) tenho ideia que se pode começar pelos resultados da única analisada, penso que está numa das actas dos congressos de Sintra (III?), num texto do eng. Magro (estou a falar de cor, Iúri, tenho andado ausente e neste momento até longe da biblioteca)
MCarvalho

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2123
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Morabitinos de D. Afonso Henriques

#25 Mensagem por numisiuris » terça abr 09, 2019 10:46 pm

Sem drama. Vamos lá então ao desporto! ;)

As analisadas foram a m2 e a m3. Segundo o Eng. Magro estarão as três actualmente no mnp.

Eu já as coloquei por ordem. M1,m2 e m3.

Imagem
Imagem
Imagem

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2123
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Morabitinos de D. Afonso Henriques

#26 Mensagem por numisiuris » quarta abr 10, 2019 1:44 am

Nova foto do exemplar m2, vendido no leilão 80 da Casa Schulman, em Março de 1929. Atenção que estas fotos da Schulman são muito enganadoras, as moedas aparentam sempre ter poros que não têm na realidade e mesmo os elementos ficam disformes. Apenas a posto para se ter uma outra perspectiva.
Imagem

MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8151
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Re: Morabitinos de D. Afonso Henriques

#27 Mensagem por MCarvalho » quarta abr 10, 2019 9:57 am

Sim, o estudo é esse.
Não consigo perceber se é ouro brasileiro, como se disse.

A foto de 1929 é enganadora porque é feita segundo técnicas da altura (usadas inclusivamente pelo British Museum). Aoeda era moldada em argila e o que fotografavam era o molde :)
MCarvalho

Avatar do Utilizador
numisiuris
Reinado D.Afonso II
Mensagens: 2123
Registado: sexta abr 11, 2014 7:07 am

Re: Morabitinos de D. Afonso Henriques

#28 Mensagem por numisiuris » quarta abr 10, 2019 2:19 pm

MCarvalho Escreveu:A foto de 1929 é enganadora porque é feita segundo técnicas da altura (usadas inclusivamente pelo British Museum). Aoeda era moldada em argila e o que fotografavam era o molde
Essa não sabia eu! Sempre a aprender! :) Daí os poros então.
MCarvalho Escreveu:Não consigo perceber se é ouro brasileiro, como se disse.
Pois, corria essa ideia, mas é totalmente errada. Como também corria a ideia de que eram as três do mesmo cunho (também errada). O Toro apresenta duas moedas inicialmente, de cunhos diferentes (m1 e m2). Depois apresenta mais tarde a m3, do mesmo cunho que a m1. Ora, a m3 é de ouro paladiado (brasileiro). Mas a m2 não é. E a m1 não foi analisada, porque na altura o mnp estava fechado e não houve permissão.
Há cerca de meio ano, à conversa com o Eng. Magro, ele dizia-me que tinha conseguido provar que a m2 era verdadeira. Bem, não sei se provou que era verdadeira, mas pelo menos conseguiu levantar uma dúvida muito séria, em que pouca gente tem reflectido. A ideia do Eng. Magro é a de que o Toro encontra um morabitino original (m2) e logo manda fazer uma cópia ao ourives Granadeiro. Ficando com o cunho dessa cópia e mais tarde apresentando um novo exemplar do mesno cunho. E, agora que olho melhor para os exemplares, fico a pensar nessa hipótese.... Se o Toro tivesse mandado fazer dois cunhos ao mesmo tempo, porque raio o ouro usado seria brasileiro numa e não-brasileiro noutra? Depois o estilo "afrancesado" da epigrafia de m1 e m3 vs o estilo mais tosco de m2, com epigrafia muito próxima do que seria expectável em amoedações portuguesas no século xii. O aparecimento de um novo exemplar de m1 vs o não aparecimento de um novo exemplar de m2. A circunferência, que parece copiada de m2 para m1. Os besantes em número e dispostos de modo irregular em m2.
Só que há outros argumentos. A suposta concessão de Braga seria de 1128. Ora, morabitinos nessa fase seriam um anacronismo evidente. Mas é preciso traduzir aquele latim. Muito recentemente o Eng. Magro vem defendendo que a amoedação seria de 1176. É preciso pesar o início dos maravedis castelhanos. E perceber se seria possível um "design" europeu anterior ao "design" árabe adaptado dos primeiros maravedis castelhanos.
Enfim, acho que temos pano para mangas para pesar a autenticidade do morabitino m2, ao contrário do que sempre se disse. :)

Responder

Voltar para “D. Afonso I”