Cunhos de moedas portuguesas aproveitados para novas cunhagens (datas emendadas) - J. O. de Sousa Nunes (Pdf)

Livros, revistas, folhetos e restantes artigos relacionados com a Numismática, Notafilia e outros tipos de coleccionismo

Moderador: Moderador de Honra

Responder
Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3022
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Cunhos de moedas portuguesas aproveitados para novas cunhagens (datas emendadas) - J. O. de Sousa Nunes (Pdf)

#1 Mensagem por silvio2 » sexta ago 16, 2019 7:06 am



Cumprimentos,
Sílvio Silva

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4065
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Cunhos de moedas portuguesas aproveitados para novas cunhagens (datas emendadas) - J. O. de Sousa Nunes (Pdf)

#2 Mensagem por fernanrei » sexta ago 16, 2019 11:45 am

Excelente trabalho :thumbupleft:
:D FMMRei :D

Avatar do Utilizador
EngTrig
Reinado D.Carlos
Mensagens: 136
Registado: sexta mar 29, 2013 12:11 pm
Localização: Lisboa, Portugal
Contacto:

Re: Cunhos de moedas portuguesas aproveitados para novas cunhagens (datas emendadas) - J. O. de Sousa Nunes (Pdf)

#3 Mensagem por EngTrig » sexta ago 16, 2019 2:04 pm

Boas tardes,

É um excelente exemplo de um estudo especificamente numismático, pois só interessa a coleccionadores e a numismatas. O recurso aos documentos em arquivos históricos é uma ferramenta essencial aos estudos da Numismática, de que este trabalho é um caso paradigmático: da observação das moedas com datas emendadas, consegue-se não só explicar o porquê desse aproveitamento de cunhos com era anterior nas produções dos anos seguintes (uma medida de simples índole económica, praticada quase até ao Euro), como também a própria prática de emendar a era gravada em cunhos já existentes.
Também é um grande exemplo da importância que tem para a Numismática o conhecimento das práticas da produção de moedas, da sua organização fabril e seus hábitos e costumes. O que só é possível através de testemunhos coevos, publicados ou ainda inéditos nos livros de registo da C asa da Moeda. Teixeira de Aragão não deu muita importância a estes aspectos fabris, focou-se mais nas leis e ordenações. Há muito trabalho de pesquisa documental a fazer nesse domínio do estudo da produção industrial das moedas portuguesas e brasileiras.

Sempre admirei o Sr. Sousa Nunes, as lições que dele recebi e o seu legado numismático.
António M Trigueiros

Responder

Voltar para “Bibliografia”